O advogado Óscar Santos apresentou demissão do cargo de presidente da direção da Associação de Beneficiência e Cultura (ABC) de Bustos, alegando falta de ética e de lealdade dos retantes membros daquele órgão.

O causídico, que diz ter ficado responsável por todos os atos relacionados com advocacia da associação, a custo zero para a mesma, logo que tomou posse, acusa agora que houve atos semelhantes praticados por colegas para a associação sem que tenha tido conhecimento e, por tal, sem ter opinado e votado sobre o assunto.

Em resposta, os restantes elementos daquele órgão fizeram chegar ao JB um esclarecimento sobre a situação, começando por considerar que Óscar Santos “lamentavelmente confunde a sua profissão de advogado com o cargo que exerceu na ABC”.
Os três elementos da direção alegam que Óscar Santos “foi sempre um presidente muito ausente, dedicando pouco tempo à Associação”.

Conheça todas as razões que estiveram na origem da demissão e as resposta da atual direção na edição impressa de 6 de agosto. Entretanto, já pode ler aqui.