A Câmara de Águeda promove, este sábado, dia 19, a partir das 10 horas, o Dia Aberto do Laboratório Vivo para a Descarbonização (LVpD), que pretende apresentar este laboratório criado no âmbito do Águeda Sm@art City Lab.

Este projeto tem por objetivo mobilizar toda a comunidade aguedense para, em conjunto com a autarquia e outros parceiros, desenvolver e implementar ações inovadoras que promovam a redução da emissão de Gases com Efeito de Estufa (GEE) e a adoção de medidas de mitigação de alterações climáticas, englobando quatro áreas temáticas: Mobilidade, Energia, Edifícios e Economia circular e Ambiente.

“Pretendemos incutir na comunidade uma consciência cívica para as implicações ambientais dos nossos atos do quotidiano, nomeadamente nas nossas opções de transporte, escolhendo os meios suaves de mobilidade nas nossas deslocações, ou ainda no aumento dos níveis de reciclagem e na gestão eficiente do uso da água”, afirmou Edson Santos, vice-presidente da Câmara de Águeda.

Amanhã, no Dia Aberto, entre as 10 e as 11h45 horas, na sede do LVpD (no n.º 44 da Rua Luís de Camões), terá lugar uma formação, intitulada “Literacia em Carbono”. A par desta ação, será feito o enquadramento e contextualização do projeto URBACT C-CHANGE, que pretende mobilizar, em Águeda, os setores da arte e da cultura para contribuir com ações locais que visam a redução das emissões de CO2 e a sensibilização da demais comunidade para as alterações climáticas.

Às 12 horas, será feita a apresentação do LVpD, nomeadamente das diversas medidas e soluções implementadas na cidade, com uma breve abordagem às próximas intervenções e à importância para a comunidade, após o que será feita uma visita à “Materialoteca” existente no espaço do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) e uma ação de controlo de espécies invasoras, junto ao açude insuflável do Rio Águeda.

Depois de almoço, entre as 14h30 e as 16 horas, na sede do LVpD, haverá uma demonstração de diversos equipamentos que funcionam recorrendo a energia solar e eólica, que será realizada pelo Departamento de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores da Universidade de Coimbra (DEEC – UC).

Seguir-se-á, entre as 16 e as 17h30, um workshop de detergentes ecológicos (pela Verde Naif), que consiste na demonstração de diversas alternativas ecológicas e amigas do ambiente para cuidar do lar. Será possível ainda ver uma exposição, no LVpD, de alternativas aos produtos de limpeza nocivos ao ambiente.

Até dia 31, na sede do LVpD, está patente uma exposição intitulada “Segredos escondidos do fundo do mar”, do Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) de Matosinhos, alertando para a problemática do lixo no oceano.