A Câmara Municipal de Anadia vai apoiar mais sete famílias do concelho com a atribuição de incentivos à natalidade, no valor de mil euros cada, no âmbito da medida “Nascer Anadiense”, prevista no Regulamento Geral de Ação Social do Município de Anadia (RGASMA). A deliberação foi aprovada, na última reunião de executivo, no passado dia 8 de outubro.

De salientar que, desde que esta medida entrou em vigor em agosto de 2018, o Município de Anadia já apoiou 196 famílias, representando um esforço financeiro que ronda os 200 mil euros.

De acordo com a autarquia, a medida “Nascer Anadiense” tem como propósito incentivar a natalidade, através da atribuição de um apoio pecuniário destinado a compensar os custos com a realização de despesas, em bens e serviços considerados indispensáveis ao desenvolvimento da criança, sendo elegíveis aquelas que respeitem, nomeadamente, a vacinas não contempladas no Plano Nacional de Vacinação, assistência médica e medicamentosa, artigos de puericultura e mobiliário, equipamentos de segurança, higiene e conforto, vestuário e calçado, em adequação com a idade da criança.

O apoio é destinado a crianças, que sejam registadas como naturais do concelho de Anadia ou adotadas por famílias com residência há mais de um ano e com recenseamento no concelho de Anadia.

De acordo com o Regulamento, metade do montante do incentivo atribuído terá de ser despendido em estabelecimentos comerciais sitos na área do concelho de Anadia.