A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro aprovou mais um apoio financeiro extraordinário para as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do Concelho, no valor total de 40.100 euros, com o objetivo de salvaguardar os gastos adicionais que estas entidades têm tido com a aquisição de equipamentos de proteção individual.

“Entendemos que existe uma pressão acrescida sobre as IPSS, quer do ponto de vista financeiro, quer dos recursos humanos disponíveis, para que assegurem a devida proteção à população vulnerável que servem, sejam eles idosos, pessoas com deficiência ou crianças”, explicou Lília Ana Águas, Vereadora responsável pelos pelouros da Ação Social e da Idade Maior.

Desde o início de 2020, o Município de Oliveira do Bairro já atribuiu mais de 144 mil euros em apoios financeiros às IPSS do Concelho, sendo 45 mil euros relativos ao subsídio anual de apoio ao movimento associativo local e 99.100 euros em apoios extraordinários no âmbito do combate à pandemia da COVID-19.

O apoio agora aprovado, de 40.100 euros, foi atribuído à ABC Bustos, AMPER, Centro Ambiente Para Todos, Centro Social de Oiã, Centro Social da Palhaça, Recanto da Natureza, Santa Casa da Misericórdia de Oliveira do Bairro, SóBustos, SOLSIL, Casa Povo da Mamarrosa e Infantário Frei Gil.

“As nossas IPSS têm demonstrado ao longo destes momentos de grande incerteza, um grande empenho, discernimento e a serenidade necessárias para tomarem as melhores decisões e orientarem e motivarem os seus colaboradores que, com grande espírito de sacrifício e solidariedade, têm conseguido proteger da melhor forma os seus utentes e as populações mais vulneráveis”, concluiu Lília Ana Águas, justificando assim o “acompanhamento e o apoio incondicional que a Câmara Municipal tem dado a estas instituições”.

Desde o início da pandemia, para além dos apoios financeiros, o Município tem também distribuído equipamentos de proteção individual (EPI) pelas IPSS. Até ao momento, foram já entregues cerca de três mil EPI, desde viseiras, fatos, máscaras cirúrgicas e sociais, batas, toucas, luvas e proteções para calçado, para além de mais de 160 litros de álcool gel.