ASAE

Empresário de restauração condenado por não respeitar ordem de fecho da ASAE

Um empresário do ramo de restauração, de Oliveira do Bairro, foi condenado, na última sexta-feira, a uma pena de 80 dias de multa à taxa de 7 euros, ou 53 dias de prisão subsidiária, pela prática de um crime de desobediência. A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), por motivos higiénicos, fechou uma empresa […]

Newsletter Jornal da Bairrada

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.