Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Destaque

Anadia: Concelhia do PSD retira confiança política a vereador

Anadia: Concelhia do PSD retira confiança política a vereador

 

A Comissão Política do PSD Anadia retirou a confiança política ao seu vereador Jorge São José, eleito nas últimas autárquicas. Em carta enviada ao vereador, a Concelhia, liderada por Henrique Fidalgo, tece uma série de considerações e acusações para justificar esta tomada de posição.
Na última reunião pública de executivo, o vereador social-democrata deu a conhecer o conteúdo da missiva recebida na véspera, deixando a indicação de que tornava o conteúdo da carta público “porque foi enviada ao vereador” e que, “por uma questão de coerência, seriedade, transparência e solidariedade” com o executivo, se sentia na obrigação de a dar a conhecer a toda a vereação.
Jorge São José [membro da Comissão Política Permanente da Distrital do PSD] revelou que a retirada de confiança política reuniu a unanimidade da Comissão Política (13 votos). Por isso, mostrou-se “surpreso e triste”, até porque diz que, no seio da Comissão Política Concelhia do PSD, “existem pessoas por quem tenho muita estima e consideração”.
Certo é que irá permanecer no executivo, como vereador do PSD: “fui eleito e cumprirei o meu mandato até ao fim”, “votando sempre de acordo com a minha consciência e sempre tendo em conta o que são os superiores interesses do município”, disse a JB, ainda que tenha rejeitado tecer qualquer comentário ou alimentar polémicas.
Da leitura da carta, percebe-se que o vereador é acusado, por Henrique Fidalgo, de ter, em diversas reuniões, mostrado que não comunga dos ideais do partido, assim como não terá acatado as indicações da Comissão Política Concelhia, seja relativamente à indicação de voto, seja, por exemplo, na defesa das suas posições para o concelho.
Perante a atenção dos restantes vereadores, Jorge São José avançou ser também acusado de votar de forma contrária às indicações transmitidas e previamente definidas e que, “apesar de contactado via mail, nunca teve a amabilidade de acusar a receção dos mesmos, nem disponibilidade para dar qualquer contributo, sugestão ou comentário, nunca assumindo qualquer intenção de voto que pudesse antecipadamente informar”, assim como as poucas vezes que o fez, “fê-lo minutos antes da reunião de câmara, defendendo meramente as suas posições políticas pessoais.”
Henrique Fidalgo, que sucedeu a José Manuel Ribeiro (atual vereador do PSD, na Câmara Municipal de Anadia) na liderança da Concelhia, diz na carta que todas as reuniões de Câmara são preparadas e acompanhadas por si e que “é usual pedir os contributos, sugestões e comentários para a discussão das matérias”.
Sem querer entrar em polémicas, o vereador diz aguardar com serenidade a marcação de um plenário que acredita poderá realizar-se em breve, onde falará então abertamente sobre o conteúdo desta carta, refutando, ponto por ponto.
Após a leitura da missiva, apenas a edil anadiense Teresa Cardoso comentou o facto, dizendo que Jorge São José continuará a ser incluído e considerado por parte do executivo que lidera, como até aqui.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada, Região0 Comentários

Vagos/Sto António: Perda de mandato confirmada pelo Supremo

Vagos/Sto António: Perda de mandato confirmada pelo Supremo

Está confirmado: presidente e secretária da União de Freguesias de Vagos/Santo António perderam mesmo o mandato. A sanção consta do acórdão do Supremo Tribunal Administrativo (STA), datado de 30 de setembro último, face ao recurso, interposto pelos referidos autarcas, à decisão de perda de mandato, do Tribunal Central Administrativo (TCA) do Norte.
A sentença refere, concretamente, que “não é de admitir o recurso excecional de revista” interposto pelos arguidos. Contudo, tanto Fernando Julião como Maribel de Jesus, ainda podem recorrer para o Tribunal Constitucional (TC), com efeito suspensivo da pena aplicada.

Eduardo Jaques

Ler notícia completa na edição impressa ou digital do Jornal da Bairrada de 23 de outubro de 2014

Posted in Destaque, Por Terras da Bairrada, Vagos0 Comentários

“Mata do Buçaco tem de ter outra ambição”, afirma António Gravato

“Mata do Buçaco tem de ter outra ambição”, afirma António Gravato

Com a intenção de manter o objetivo de tornar a Mata património Mundial da UNESCO, acompanhada da perseguição a uma candidatura a Bruxelas para recuperar o património edificado, António Gravato, presidente da Fundação Mata do Buçaco deixa, também, nesta primeira entrevista ao JB, o desejo de reforçar os laços entre o Luso e Buçaco e promete novidades a este respeito.

João Paulo Teles

Ler entrevista completa na edição impressa ou digital do Jornal da Bairrada de 23 de outubro de 2014

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Expo-Ave abre portas dia 30 com mais de um milhar de aves

A 19.ª edição da Exposição de Aves Canoras e Ornamentais do COBL (Centro Ornitológico da Beira Litoral), vulgarmente conhecida por Expo-Ave, realiza-se de 30 de outubro a 2 de novembro, no Espaço Inovação, em Vila Verde, Oliveira do Bairro.
A grande quantidade de espécies de aves (mais de 1000) e animais e o bom ambiente em torno da bicharada são sempre fatores de atração do público. Os infantários, escolas e instituições da 3.ª idade podem visitar, gratuitamente, a Expo-Ave no dia 31 de outubro, sexta-feira.

Novidades. José Carvalho, presidente do COBL, mantendo algum secretismo, refere que, “este ano, as novidades vão ser muitas. Aliás, como já é habitual todos os anos, mas não vou divulgar porque será surpresa”. “Esta Expo-Ave vai ser muito superior aos outros anos, dado ser uma referência a nível nacional”, garante, acrescentando que, “numa altura em que ainda não fecharam as inscrições, já temos mil aves só a concurso”. Ou seja, “de longe que vamos superar o número de inscrições do ano passado. Vamos, neste momento com 60 expositores”.

Notoriedade. José Carvalho diz sentir que a Expo-Ave atingiu um patamar de grande notoriedade, pois “é a exposição com maior palmarés a nível nacional, daí termos expositores de todo o país e visitas de muitos criadores espanhóis”.
Relativamente ao impacto que a crise económica tem tido no comportamento do comprador e do produtor de aves, este dirigente associativo explica que “nós criamos aves com uma finalidade desportiva e não económica”. No entanto, “em todo o país, muitos criadores, com muita tristeza e mágoa, abandonaram a criação, porque economicamente não tinham possibilidades de alimentar as aves”.

Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

“Diversidade é o desafio mais sério da Educação em Portugal”

“Diversidade é o desafio mais sério da Educação em Portugal”

Foram duas horas de conversa, mas poderiam ter sido muito mais, dado o entusiasmo e interesse suscitado pelo tema e pelo convidado. “Aprender ao longo da vida” foi, na sexta-feira, dia 17 de outubro, o mote para mais uma edição de “Conversas de Café”, a primeira na Cafetaria do Quartel das Artes Dr. Alípio Sol e organizada pelo Jornal da Bairrada, em parceria com a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro (com o apoio da Província FM).

Júlio Pedrosa, Reitor da Universidade de Aveiro entre 1994 e 2001, altura em que interrompeu estas funções para assumir a missão de Ministro da Educação com responsabilidades sobre o Ensino Superior, mais do que respostas, deixou questões à reflexão.
Um dos desafios a que deu enfoque foi o da diversidade: “é o desafio mais sério da Educação em Portugal”. “Somos um país extremamente diversificado, desigual em termos do uso do território, do seu desenvolvimento, temos gente com níveis de educação superior comparáveis a qualquer país, mas temos hoje um problema sério: como é que a escola lida com a diversidade de crianças? Sim, porque essas desigualdades intensificaram-se nos últimos tempos. Temos de ter capacidade de olhar para este problema, de forma a que todas as crianças, qualquer que seja a sua condição, possam chegar o mais longe que puderem.”

Toda a reportagem na edição impressa ou digital do Jornal da Bairrada de 23 de outubro de 2014

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

“Estou a ser amesquinhado  na praça pública”, diz Alcides Branco

“Estou a ser amesquinhado na praça pública”, diz Alcides Branco

O empresário Alcides Branco, administrador da empresa do Luso que tem sido alvo de protestos da população e da Câmara da Mealhada, decidiu reagir e escolheu o JB para contestar o que se tem dito e feito nos últimos dias. Diz ser vítima de “perseguição”, de “vingança” e de “achincalhamento público”.

Para ele é tudo “uma orquestra” e o presidente da Câmara é o “maestro”, que acusa de falta de colaboração e disponibilidade. Os outros fumos e cheiros da Mealhada são abordados pelo empresário da “baganha”, que até fala na prostituição no concelho como sendo mais nefasta do que os fumos da sua empresa.

João Paulo Teles

Entrevista completa na edição de 16/10/2014 do Jornal da Bairrada.

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Anadia: Cor e alegria invadem cidade

Anadia: Cor e alegria invadem cidade

Cerca de mil alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico ( CEB ) e do Ensino Secundário dos estabelecimentos de ensino do concelho de Anadia, participaram na passada sexta-feira, dia 10, na corrida “Colorir Anadia”.
Tratou-se de uma iniciativa destinada a fomentar o convívio entre os elementos da comunidade educativa do concelho, ao mesmo tempo que converge para a promoção de hábitos de vida saudáveis através da prática desportiva e da atividade física, indo, aliás, ao encontro da política da autarquia em matéria de desporto e saúde.
Teresa Cardoso, presidente da autarquia, deu as boas-vindas a todos os participantes na praça Visconde Seabra, antes do início da corrida.
A prova decorreu num trajeto urbano com cinco quilómetros, percorrendo alguns dos principais espaços públicos da cidade de Anadia.
A organização montou cinco pontos de cor, nos quais os alunos eram pintados, terminando a corrida no anfiteatro do Vale Santo, junto ao Centro Cultural de Anadia, com música e muita animação.
A Câmara Municipal de Anadia agradece o apoio e colaboração dos Bombeiros Voluntários de Anadia, GNR, Associação de Ciclismo de Aveiro e a empresa Afonso Oliveira Costa & Filhos, Ldª, que disponibilizou os meios mecânicos.

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada0 Comentários

O.Bairro: Premiados o mérito, a disciplina, a dedicação e a vontade de 16 alunos do concelho

O.Bairro: Premiados o mérito, a disciplina, a dedicação e a vontade de 16 alunos do concelho

O Quartel das Artes Dr. Alípio Sol serviu de palco, pela primeira vez, a mais uma edição dos Prémios Escolares Jornal da Bairrada 2013/2014, desta feita a 11.ª. E tão importante e significativo evento não poderia ter sido acolhido em melhor local. Este novo espaço vocacionado para a cultura e para as artes, único na região e recentemente inaugurado, foi assim, na tarde da última sexta-feira, dia 10, também a casa da Educação, recebendo a comunidade educativa oliveirense, que viu ser premiado “o mérito, a disciplina, a força de vontade, o dever cumprido e o exemplo”, como destacou, no momento de abertura do evento, Oriana Pataco, diretora do Jornal da Bairrada.

Lamentável ausência da tutela. A responsável deste semanário regional não deixou de lamentar que, pela primeira vez, em 11 anos, não tenha marcado presença na cerimónia um representante do poder central.
De facto, os Prémios Escolares já foram, no passado, presididos – dada a sua importância e significado – por Isabel Alçada (2010) e Nuno Crato (2008), altura em que era presidente da Associação Portuguesa de Matemática. “Hoje, muito nos honraria recebê-lo enquanto ministro da Educação, convite que vimos reiteradamente fazendo, desde que iniciou funções em 2011. Três anos volvidos, ainda não foi possível, sendo que este ano, não está sequer presente um Secretário de Estado nem mesmo um representante da DGEstE – Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares”, diria a diretora do Jornal da Bairrada em jeito de desabafo.
Na presença de Manuel Nunes e Mário João Oliveira, respetivamente presidentes da Assembleia Municipal e da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, de Joana Abrantes, neta do Comendador Almeida Roque (presente em sua representação) e do orador convidado, (Professor Doutor) Carlos Fiolhais, Oriana Pataco destacou ainda a importância do prémio que este ano “fica na história do Jornal da Bairrada”, não só porque este semanário foi, no decorrer deste ano, reconhecido com o Prémio Gazeta (galardão de maior prestígio na área da comunicação social), mas porque esta 11.ª edição distribuiu 5 mil euros pelos 16 melhores alunos de Português e de Matemática, do 9.º e 12.º anos, dos estabelecimentos de ensino do concelho de Oliveira do Bairro (Escola Secundária de Oliveira do Bairro, EB 2/3 Dr. Fernando Peixinho de Oiã e Instituto de Promoção Social de Bustos). Uma atribuição possível graças àquele que é o mais importante mecenas da região, o Comendador Almeida Roque que, ano após ano, tem acarinhado e apadrinhado a cerimónia. Pena que em dia de festa e numa tarde em que tantos alunos não têm aulas no concelho, os estabelecimentos de ensino local não tenham ainda conseguido despertar aos alunos interesse por esta cerimónia. Poderiam, com a sua presença, dar um outro brilho à entrega de prémios, assim como mostrar que estão ao lado dos colegas e companheiros de estudo numa hora tão importante para os premiados, que são também um exemplo para os seus pares, ao nível do comportamento moral e cívico.

Um exemplo para os jovens. Na ocasião e perante a plateia, que integrou alunos premiados, pais e familiares e alguns docentes, Manuel Nunes frisou que esta é já uma data marcante e histórica no concelho, “que distingue o mérito, a dedicação e o trabalho dos jovens do concelho ao longo de cada ano escolar” e salientou a importância de demonstrar e deixar exemplo do que cada um pode fazer no ensino e na educação. Por isso, é seu entendimento que “devemos, enquanto comunidade local, continuar a privilegiar este tipo de iniciativas que promovam o mérito. Temos de ser capazes de transmitir aos jovens que o bom pode surgir no futuro, e ser alicerçado nas premissas do trabalho, da dedicação e do empenho em prol da aquisição de mais conhecimento.” Ao JB agradeceria ainda por manter viva esta iniciativa, mas também por estar a ter, uma vez mais, uma intervenção decisiva na qualidade dos oliveirenses que se continuam a destacar no país e no mundo. “Jovens, continuem nesse rumo pois é ele que vos vai levar ao ponto mais alto a que podem aspirar, neste futuro cada vez mais exigente e difícil”, concluiria.

Divertida aula de Física. Carlos Fiolhais, professor catedrático no Departamento de Física da Universidade de Coimbra, deu uma brevíssima aula sobre física, ou melhor dizendo, sobre a relação da eletricidade com o magnetismo (séculos XVIII e XIX) .
“Se hoje somos o que somos, é porque no passado houve outros que contribuíram para isso”, disse salientando que “o avanço científico teve consequências enormes e mudou a vida de todos”, e hoje somos beneficiários da tecnologia do passado que envolveu a criatividade e o esforço humano.
O tema apresentado, “O casamento da eletricidade com o magnetismo: das pernas de rã de Galvani à rádio de Marconi”, permitiu à plateia ficar com uma noção da evolução da eletricidade e a sua relação com o magnetismo.
De uma forma lúdica, desfiou o nome de vários cientistas que marcaram esta evolução: Luigi Galvani, Alessandro Volta, Hans Oersted, Faraday, James Maxwell, Thomas Edison, Heinrich Hertz, Guglielmo Marconi e ainda Albert Einstein.

“Apostar na Educação é sempre uma aposta vencedora”. A encerrar, o autarca Mário João Oliveira recordou o grande pilar e aposta do município na Educação, aplaudindo as iniciativas realizadas neste âmbito, com especial enfoque para o apoio do Comendador Almeida Roque, que “tanto tem feito por este município.” E ciente de que, ao premiar-se o mérito se nivela por cima, defendeu que ninguém pode ficar indiferente, sobretudo neste concelho que tem “excelentes estabelecimentos de ensino, diretores de escolas muito bons e ótimos profissionais a lecionar”, que “moldam, são exemplo e orgulho para muitos alunos”. Para o autarca oliveirense, tal esforço e dedicação de todos “está à vista”, apontando para o grupo de jovens excecionais acabados de premiar: “apostar na Educação é sempre uma aposta vencedora para uma autarquia”. Deixou ainda uma palavra de reconhecimento aos pais “pelo empenho e dedicação”, mas também pelo facto de alguns estarem agora a materializar nos filhos, com satisfação e orgulho, a formação a que não conseguiram aceder.
Durante a cerimónia subiram ao palco, para dois apontamentos culturais, alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro, que frequentam o ensino articulado na Escola de Artes da Bairrada (Beatriz Direito e Ana Pereira) e um grupo de alunos do IPSB (António Diogo; Marta Cruz; Beatriz Lourenço; Cláudia Guedes e Gustavo Ferreira).

Premiados

9.º ano

Escola Secundária de Oliveira do Bairro

1.º Beatriz Correia Rodrigues – 300 euros (Português/Matemática)

2.º José Bernardo da Silva Belo Zeferino – 200 euros (Português/Matemática)

3.º Ana Margarida Nunes Araújo – 125 euros (Português/Matemática)

3.º Inês Seabra Ferreira – 125 euros (Português/Matemática)

EB 2/3 Dr. Fernando Peixinho – Oiã

1.º Milene Martins Marques – 300 euros (Português/Matemática)

2.º Márcia Jesus Pires – 200 euros (Português/Matemática)

3.º Bruno Miguel da Silva Henriques – 125 euros (Português/Matemática)

IPSB

1.º João Pedro Vieira Pinhal – 300 euros (Português/Matemática)

2.º Henrique Rafael Freitas Tavares – 200 euros (Português/Matemática)

3.º Francisca Maniés Henriques Silva – 125 euros (Português/Matemática)

12.º ano

Escola Secundária de Oliveira do Bairro

1.º Elodie Morais Oliveira – 500 euros (Matemática)

2.º Andreia Filipa Campos dos Santos – 500 euros (Português)

IPSB

1.º Ana Gaio Pereira – 500 euros (Matemática)

1.º Sara Vanessa Mota Vida – 500 euros (Matemática)

1.º Roberto Silva Carvalho – 500 euros (Matemática)

1.º Marta Miguel Costa Abrantes – 500 euros (Português)

Catarina Cerca

Posted in Bustos, Destaque, Mamarrosa, Oiã, Oliveira do Bairro, Palhaça, Por Terras da Bairrada, Região, Troviscal0 Comentários

Águeda: Cartaz de qualidade preenche programação das Sextas Culturais

Águeda: Cartaz de qualidade preenche programação das Sextas Culturais

O cartaz completo da temporada de 2014/2015 das Sextas Culturais foi apresentado no dia 10 de outubro, antes do espetáculo “Abril”, de João Paulo Santos, que abriu a programação desta oferta cultural da Câmara Municipal de Águeda.

Na apresentação, marcaram presença Elsa Corga e Edson Santos, vereadores do Município de Águeda, bem como João Aidos, o coordenador da Incubadora Cultural do concelho.

A vereadora assumiu que “nesta edição, esta oferta surge com uma imagem renovada e com um cartaz de espetáculos de elevada qualidade e diversidade, procurando abranger diferentes públicos. Este evento é uma aposta do Município na área da cultura, que constitui uma referência nacional, tendo trazido anualmente à sala do Cineteatro S. Pedro, largas centenas de pessoas, gerando externalidades positivas para o nosso concelho”.

O cartaz completo das Sextas Culturais está ordenado da seguinte forma:

– 14 de novembro (22h): ROCK SINFÓNICO ORFEÃO DE BARRÔ – O Orfeão de Barrô apresenta a sua mais recente produção musical onde serão interpretados alguns dos temas mais célebres do rock português, numa versão para Coro, Combo Jazz e Quarteto de Cordas.

– 12 de dezembro (22h): RICARDO RIBEIRO (Fado)

– 9 de janeiro (22h): MAFALDA VEIGA (“Todas as Palavras Tocam”)

– 13 de fevereiro (22h): A VIAGEM –  A Viagem aborda o modo como as manifestações populares se conjugam com a modernidade, originando novos significados e permitindo uma nova apropriação e um novo entendimento do seu papel. Será realizado por Filipa Francisco, em parceria com associações locais.

– 13 de março (22h): NAYARA & BALLET FLAMENCO DE SEVILLA

– 10 de abril (22h): D.A.M.A. – Francisco M. Pereira (Kasha), Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho são o núcleo central dos D.A.M.A., banda oriunda de Lisboa que se destaca pelas suas canções contagiantes, empatia com o público e energia das atuações ao vivo.

– 8 de maio: TRÊS DEDOS ABAIXO DO JOELHO – Resulta de uma intensa pesquisa na Torre do Tombo, para consultar o arquivo da censura durante a ditadura salazarista. É uma peça de teatro com Isabel Abreu e Gonçalo Waddington.

Posted in Águeda, Destaque, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Câmara da Mealhada corta água à empresa Alcides Branco

Câmara da Mealhada corta água à empresa Alcides Branco

A Câmara da Mealhada cortou o fornecimento de água à empresa Alcides Branco & Companhia SA por suposto atraso no pagamento deste serviço, confirmou ao JB o presidente da Câmara, Rui Marqueiro. Esta unidade industrial, que tem sido alvo de queixas da autarquia e da população por alegada poluição, está agora privada de água da rede pública e dentro de dias deverá ser alvo de uma ação popular.

João Paulo Teles

Leia a notícia completa na edição impressa ou digital do JB de 9/10/2014

Posted in Destaque, Mealhada, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com