Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "fogo"

Área ardida no distrito de Aveiro até abril é cinco vezes maior do que em 2014


O ano de 2015 vai ser terrível no que diz respeito aos incêndios. Esta é a convicção do Comandante Operacional Distrital (CODIS) de Aveiro, José Bismarck, que prevê um verão complicado para os bombeiros. É que, desde o início do ano, já arderam no distrito de Aveiro 2.282 hectares de mato e floresta, cinco vezes a área ardida em todo o ano passado, segundo dados apresentados, na penúltima quinta-feira, na Câmara Municipal de Águeda, pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Aveiro, no decurso da apresentação do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF) de 2015 para o distrito de Aveiro.
Este aumento, segundo o Comandante Operacional Distrital (CODIS) de Aveiro, José Bismarck, tem a ver com os grandes incêndios que ocorreram no início deste mês, nos concelhos de Sever do Vouga, Albergaria-a-Velha e Arouca.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

Região: Detido suspeito de atear fogo que chegou a Águeda


Foi detido, na segunda-feira, um homem de 60 anos suspeito de atear um incêndio de grandes proporções que atingiu durante vários dias os concelhos de Sever do Vouga, Albergaria-a-Velha e Águeda.
A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, desempregado, suspeito da prática de um crime de incêndio florestal, que colocou em risco várias habitações.
Segundo a PJ, “o homem terá ateado um fogo com o intuito de limpar um terreno de onde tinha vendido a madeira, apesar de o mesmo terreno ser confinante com uma mancha florestal contínua, com largos hectares de extensão, não o podendo fazer, dadas as condições climatéricas que se faziam sentir”.
O fogo, que rapidamente se propagou aos concelhos de Sever do Vouga, Albergaria-a-Velha e Águeda, consumiu, na quinta-feira, mais de mil hectares de floresta, colocou em perigo inúmeras casas que os bombeiros só a muito custo conseguiram proteger, chegando a estar uma aldeia completamente cercada pelas chamas, o mesmo acontecendo com um grupo de bombeiros aquando do combate.
O incêndio chegou a ser combatido por mais de 400 bombeiros, de várias corporações.
Durante o dia de sábado, devido às condições climatéricas, ocorreu um reacendimento que veio a consumir mais umas centenas de hectares de floresta, tendo voltado a colocar em perigo as populações de diversas aldeias.
O detido, de 60 anos de idade, foi presente às Autoridades Judiciárias, na comarca de Aveiro, tendo sido libertado e sujeito a termo de identidade e residência.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: ACIB organiza ação sobre combate a incêndios com extintores


A ACIB (Associação Comercial e Industrial da Bairrada) vai promover, em parceria com os Bombeiros Voluntários de Anadia, no próximo dia 22 de junho, das 14h às 18h, uma ação de sensibilização subordinada ao tema: Combate a incêndios com extintores – Equipas de 1.ª Intervenção.
O artigo 20.º da Lei n.º 102/2009 de 10 de setembro diz que as empresas devem formar em número suficiente, trabalhadores responsáveis pela aplicação de medidas de combate a incêndios, tendo em conta as dimensões da empresa e os riscos nela existentes, bem como facultar todos os materiais necessários para tal.
Esta ação destina-se a todos os colaboradores das empresas e público em geral e poderá ser realizada na própria empresa ou nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Anadia.
Para mais informações e/ou inscrições, contacte a Delegação de Anadia da ACIB através do e-mail: anadia@acib.pt ou via o telefone: 231 516 761.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Detido suspeito de atear fogos em Cantanhede


A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção, através da Directoria do Centro, de um homem suspeito da autoria de quatro crimes de incêndio florestal em Cantanhede.

“O indivíduo em questão está fortemente indiciado de, nos dias 17, 20 e 21 de Julho do corrente ano, no concelho de Cantanhede, ter ateado quatro focos de incêndio, tendo ardido uma área total de cerca de 5.750 metros quadrados”, revelou a PJ em comunicado.

Segundo uma fonte policial, ao atear os incêndios o homem agiu num “quadro motivacional compatível com um estado alcoólico severo”, em que ele próprio não sabe explicar as razões do crime.

O suspeito tem 58 anos e é reformado.

Os fogos foram ateados na zona de Covões, Cantanhede, em áreas florestais confinantes com terrenos agrícolas e cultivados e com casas, adiantou a mesma fonte à agência Lusa.

A PJ contou com a colaboração da equipa de protecção florestal da GNR de Mira nesta investigação.

Posted in Cantanhede, Por Terras da BairradaComments (0)

Fogo em Vagos mobiliza uma centena de elementos das forças de socorro


Cem elementos de forças de socorro, apoiados por 29 veículos e um helicóptero, estavam hoje às 16:45 a combater um incêndio florestal em Carregosa, no concelho de Vagos.

Segundo informação disponibilizada no site da Protecção Civil, o incêndio deflagrou às 14h49 e tinha duas frentes cerca das 16h, exigindo a mobilização de 88 bombeiros, quatro elementos do grupo de intervenção da GNR e oito elementos não identificados.

Posted in Destaque, Por Terras da Bairrada, VagosComments (0)

Barrô: Armazém destruído pelo fogo


Um violento incêndio destruiu, no último dia do ano de 2010, um armazém industrial em Barrô, Águeda.
O fogo terá começado por volta das 19h, num armazém onde estava guardado material altamente inflamável (napas, tecidos, esponjas, diluentes e vernizes) destinados a peças de mobiliário, produzidas numa fábrica de mobiliário (Jofal) localizada ao lado.
As labaredas de grande intensidade rapidamente se propagaram por todo o armazém “Santos e Gomes”, localizado na zona industrial de Barrô, consumindo-o por completo.
Apesar da resposta pronta dos Bombeiros Voluntários de Águeda, nada havia a fazer, tal era a violência do fogo.
Mesmo assim, as corporações envolvidas no combate às chamas conseguiram proteger a fábrica vizinha e uma habitação próxima do armazém.
Ainda não foi possível avançar as causas que poderão ter estado na origem do incêndio, que está a ser investigado pela Polícia Judiciária.
É que, à hora a que foi dado o alerta, já não se encontrava ninguém a trabalhar no armazém, pois, por ser fim-de-ano, todos tinham deixado o local por volta da hora do almoço.
No entanto, para o local foram deslocados 40 bombeiros e 13 viaturas de cinco corporações – Águeda, Oliveira do Bairro, Albergaria, Anadia e Mealhada.
O fogo demorou duas horas a ser dado com o extinto.

Posted in Águeda, Por Terras da BairradaComments (0)

PJ de Aveiro detém suspeito de atear fogo a fabrica de móveis


Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve um homem suspeito de ter ateado um fogo na fábrica de móveis em que trabalha, em Avelãs de Caminho, Anadia, anunciou hoje aquela força policial.

Segundo a PJ, na tarde da passada quinta feira o detido terá deitado fogo a uma pilha de madeiras existente no interior da fábrica, utilizando um pedaço de desperdício que previamente tinha encharcado em diluente.

“O arguido terá agido daquela forma por, alegadamente, se sentir discriminado no trabalho e pretenderia que o fogo ateado se propagasse às instalações de toda a fábrica face à enorme quantidade de material combustível que, naturalmente, ali se encontrava”, adianta a PJ.

O fogo acabou por ser dominado ainda na fase inicial, face à rapidez com que os seus colegas de trabalho acorreram ao local.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)


SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com