Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Oliveira do Bairro"

Respeitar os Sinais é Sinal de Civismo


A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro e a SUMA (Serviços Urbanos e Meio Ambiente), dando seguimento a investimentos conjuntos no âmbito da educação ambiental, concluíram no dia 6 de novembro a implementação da mais recente campanha “Respeitar os Sinais é Sinal de Civismo!”. Estima-se que, em 2 dias de ação no terreno, a campanha, dirigida à população do pré-escolar, tenha atingido cerca de 300 sujeitos.
De acordo com a SUMA, “o principal objetivo da campanha – reforçar os procedimentos de correta utilização de espaços e equipamentos públicos – foi difundido através da realização de sessões de formação em contexto de sala de aula”. “Como complemento e forma de disseminar os conteúdos da ação, foram ainda distribuídos pelas crianças e educadores cadernos de atividades com jogos pedagógicos e mensagens de sensibilização”, acrescenta em comunicado a SUMA, sublinhando que “a universalidade dos símbolos utilizados para ilustrar as principais obrigações e proibições, sobretudo no âmbito da limpeza urbana e do acondicionamento e deposição de resíduos, resultou numa fácil leitura e apreensão das informações que se pretendiam veicular, transversal às várias faixas etárias”.
Para este ano, está ainda prevista a concretização de uma ação, versando sobre as temáticas de redução de resíduos na origem.

SUMA. Com quase duas décadas de experiência consolidada ao serviço do Ambiente e das populações, a SUMA detém, desde a sua origem, a posição de liderança no setor, e mais de três dezenas de empresas dedicadas a assegurar a excelência na gestão integrada do ciclo de vida dos Resíduos. A sua estratégia de crescimento sustentado e de implantação geográfica dentro e fora de Portugal materializa-se num ambicioso projeto de internacionalização, já iniciado nos mercados da Europa Central e África. Reconhecida publicamente como “Empresa de Gestão Exemplar”, a SUMA reinventa-se numa Política de compromisso para a Sustentabilidade, estruturando-se num sólido percurso de investimento em Qualidade Incremental, Formação Profissional, Dignificação do Setor de Atuação, Responsabilidade Social e Educação para a Cidadania.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Os segredos do Comandante Bastos


Na última sexta-feira, decorreu mais uma das previstas entrevistas do ciclo “Tem a Palavra”, uma organização conjunta da Junta de Freguesia de Oliveira do Bairro e da ANOB. O início ficou em suspenso até que chegasse o fim do jogo Portugal-Arménia. Até aí, o público não era muito, mas com uma vitória no coração, começaram a chegar mais pessoas e a Cafetaria do Quartel das Artes compunha-se.

O entrevistado da noite foi o ex-comandante dos Bombeiros, António Mário Bastos, com rico e imenso currículo. A entrevista foi conduzida por Armor Pires Mota, durante 90 minutos. Falou de um longo percurso como comandante, 31 anos, e 35 de bombeiro, e já havia chegado à conclusão de que deveria ter saído mais cedo, há sempre um tempo certo. Confidenciou que um dos Inspectores do Porto lhe chamava “o comandante sorridente”, dado que se criara uma grande empatia e amizade entre ambos nos primeiros anos e, sendo assim, quando se lhe dirigia, tinha sempre a porta aberta. Efectivamente, António Bastos tem o ADN do sorriso, desde muito novo, assim sempre foi. Quanto a boas recordações, disse que as melhores, que guarda, são do tempo do primeiro quartel.

Além de empresário e sócio do grupo RECER, fundador do Núcleo da Cruz Vermelha de Oliveira do Bairro e do Rotary, foi também político. Fez quatro mandatos na Assembleia Municipal, três no tempo de Alípio Sol e um no tempo de Acílio Gala. Lembrou o respeito como decorriam as assembleias no tempo de Alípio Sol por quem, confessou, nutria muita admiração, porque, disse, era um “homem que amava o concelho” e que as duas maiores obras que deixou foi a criação (no papel) da Zona Industrial de Oiã e a criação da Comarca de Oliveira do Bairro. Reconheceu que estudava sempre muito bem os dossiers e era muito esforçado e trabalhador, sempre em defesa de Oliveira do Bairro, concelho. Mas fez uma revelação: quem primeiro foi convidado pelo deputado do PSD, o inesquecível Dr. Antídio Costa, foi ele próprio que recusou o convite, para se candidatar ao lugar nas primeiras eleições livres, porque sempre reconheceu que não tinha vocação política”, sobretudo para aquele cargo. E mais, confessou que jamais se arrependera de ter assumido essa posição, num tempo em que havia pouco dinheiro. Que faria mais de que Alípio, confessou não saber. Era tempo de pouco dinheiro…
APM

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Secretário de Estado e Embaixador Espanhol visitam concelho empresarial


O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Luís Campos Ferreira, e o Embaixador de Espanha, Eduardo Junco, visitaram, na penúltima quinta-feira, o concelho de Oliveira do Bairro e algumas das suas principais empresas, a Kiwicoop, a Modicer e a Recer. A iniciativa, denominada “Embaixadoria”, terminou com um jantar no Quartel das Artes, reunindo mais de três dezenas de empresários do concelho com interesse no mercado espanhol. Com a iniciativa “Embaixadorias”, Luís Campos Ferreira pretende levar Embaixadores acreditados em Lisboa a visitar diversas regiões nacionais, realçando a diversidade cultural e as potencialidades do tecido empresarial do nosso país, de modo a promover as exportações e a internacionalização das empresas portuguesas.

Crescimento. No Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, começou por fazer uma breve caraterização do concelho de Oliveira do Bairro. “Este é um concelho com uma localização geográfica privilegiada e dos que mais cresce em termos populacionais – cerca de 10%. De acordo com dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), Oliveira do Bairro é uma das cidades que mais cresceu a nível nacional (15%), facto que espelha a capacidade de atratividade do nosso território.”
“O aumento da população e do tecido empresarial fazem de Oliveira do Bairro um concelho em franco crescimento, moderno, dinâmico, empreendedor, com empresas sólidas e com uma taxa de desemprego que rondará os 8%, percentagem muito inferior à média nacional”, disse Mário João Oliveira, afirmando que “é um concelho que apetece visitar, onde apetece viver e onde vale a pena investir”. Até porque, no concelho “temos empresas sãs, económica e financeiramente equilibradas que promovem emprego estável, salários justos e condições de trabalho seguras, assegurando uma economia local dinâmica e empreendedora”.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

3.º Encontro de antigos Bombeiros


O 3.º Encontro de antigos Bombeiros de Oliveira do Bairro realiza-se, no próximo dia 8 de dezembro.
Trata-se de um evento sem qualquer fim lucrativo, destinando-se apenas a promover a confraternização entre os elementos do atual Corpo de Bombeiros e antigos elementos, que terá o seguinte programa: 10h – Receção no Quartel; 10h30 – Porto de Honra; 11h – Exercício/Demonstração no Quartel; 12h15 – Escadaria da Igreja de Oiã para Foto de Grupo e pelas 12h30 – Almoço no Restaurante Garden (Parque do Vieiro) em Oiã.
As inscrições poderão ser feitas até ao dia 3 de dezembro, através dos seguintes contactos: 915 277 180, 910 031 015 e 915 255 087.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Oliveira do Bairro é a cidade que mais cresceu na Região Centro do país nos últimos 5 anos


Oliveira do Bairro é a cidade que mais cresceu na Região Centro do país nos últimos 5 anos, tendo por base os Censos de 2011 e segundo o estudo “Cidades Portuguesas: Um Retrato Estatístico” do Instituto Nacional de Estatísica. Ou seja, Oliveira do Bairro foi a cidade da Região Centro que, proporcionalmente, mais população de fora do concelho atraiu nos cinco anos anteriores ao Censos 2011 (cerca de 15%), sendo este um dos maiores crescimentos proporcionais de todo o país.

A informação foi divulgada no documento do Instituto Nacional de Estatística “Cidades Portuguesas: Um Retrato Estatístico”, de 31 de outubro de 2014, elaborado com base nos resultados definitivos dos Censos 2011, que indica ainda que Oliveira do Bairro teve um crescimento superior às cidades com maior atração de população das Regiões Norte, Alentejo e Autónoma dos Açores.
Para o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, “trata-se de um indicador oficial que valida a nossa estratégia, implementada desde 2005, e que espelha a capacidade de atratividade do nosso território, a que não são alheios todos os recursos que o Município dispõe e um conjunto de respostas sociais, educativas, culturais e de serviços que fazem do nosso concelho um local atrativo, capaz de fixar e atrair famílias”.

O autarca oliveirense acredita que este crescimento, relativo a dados de 2011, é extensível ao município e tem tido continuidade nos últimos anos. “As estatísticas comprovam que Oliveira do Bairro é um concelho de futuro”, asseverou Mário João Oliveira.
Das 159 cidades portuguesas, onde residem 42% da população em Portugal, 43 estão localizadas na Região Centro, onde se insere Oliveira do Bairro, 54 na Região Norte, 17 na Região de Lisboa, 21 na Região do Alentejo, 11 na Região do Algarve, 7 na Região Autónoma da Medeira e 6 na Região Autónoma dos Açores.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Dois anos e nove meses de prisão para agressor de violência doméstica


Fernando H., residente em Oliveira do Bairro, foi condenado, na última sexta-feira, a dois anos e nove meses de prisão, suspensa pelo mesmo período, pela prática de um crime de violência doméstica na forma agravada. Agiu, segundo o Tribunal, com dolo direto. O Tribunal deu como provado que o arguido agrediu a mulher física, verbal e sexualmente durante vários anos. Dez dias antes de morrer, vítima de um enfarte, a mulher de Fernando H. foi ouvida em sede de inquérito pelo Ministério Público, onde deu conhecimento das agressões de que era alvo dentro de casa, no espaço temporal entre finais de 2012 e até à data do seu falecimento.
De acordo com a sentença, o arguido “obrigava a mulher a deitar-se e forçava-a a ter relações sexuais. O arguido nunca deixava a mulher estar sozinha e impedia-a de falar com outras pessoas, proibindo-a, desta forma, na sua liberdade de movimentos, e violando os direitos de respeito e de liberdade.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Consumidores confirmam em tribunal identidade de mulher que vendia droga


Um rol de testemunhas confirmou, na penúltima quinta-feira, a identidade de uma mulher que está acusada de um crime de tráfico de droga. A mulher vive, atualmente, em França, onde foi mãe recentemente, pelo que só estará no Tribunal em dezembro. A mulher foi detida em março de 2011, na estrada da Murta, em Oliveira do Bairro, onde terá atirado para o chão duas caixas com droga.
De acordo com um militar da GNR, Cátia S. foi avistada na Zona Industrial de Barrô, na companhia de um indivíduo referenciado por tráfico de estupefacientes. “Estavam dois carros parados lado a lado e resolvemos efetuar o seguimento discreto da viatura da Cátia, tendo esta sido abordada na estrada da Murta”, afirmou o militar, explicando que a arguida, que seguia sozinha, “ao abrir a porta do lado do pendura, largou uma caixa para o chão”.
Um outro militar referiu que “no carro também foi encontrado um panfleto de droga, debaixo do banco” e que “a arguida estava nervosa”.
Já Fábio O., de Avelãs de Caminho, disse em Tribunal que foi namorado de Cátia. “Foi um namoro colorido”, afirmou a testemunha, sublinhando que “nunca viu nada de estranho”. “Eu fumava com os meus amigos e ela era contra isso”, acrescentou, justificando que “a Cátia era vendedora de aspiradores”.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Núcleo de Combatentes honrou os que tombaram pela Pátria na I Guerra Mundial


Poucos foram os que se deslocaram ao Monumento dos Mortos da Grande Guerra, no centro da cidade de Oliveira do Bairro, para assistir à cerimónia evocativa do Centenário da Primeira Guerra Mundial.
Organizada localmente pelo Núcleo de Combatentes de Oliveira do Bairro, a cerimónia decorreu naquele mesmo momento, por todo o país. Naquela cinzenta manhã de sábado, dia 8 de novembro, foram pois lembrados os milhares de portugueses que se dispuseram a dar a vida pela pátria, nos campos de batalha da Flandres, de Angola e de Moçambique, “sem esquecer os que pereceram no flagelo do cativeiro, num quadro de extrema miséria e completo esquecimento”. Palavras de uma mensagem, lida na ocasião, do Presidente da República e comandante supremo das Forças Armadas, Aníbal Cavaco Silva. Fazendo uma contextualização do conflito mundial, o Presidente da República lembrou que “o início do conflito ocorreu num período de forte instabilidade em Portugal, com uma profunda crise política e económica que levara a descurar, de forma comprometedora, a capacidade militar do país”. Realidade que “não impediu que se assumissem compromissos sem que estivessem reunidas as condições necessária à preparação e ao apoio das Forças Militares, decisão que se veio a revelar dramática para o país e para milhares de portugueses.” Da História desta guerra fica, sublinhou Cavaco Silva, “o exemplo extraordinário da coragem e do amor à pátria do soldado português”, bem como “a dura lição da incapacidade do país para assumir tão exigente compromisso, de que resultou a impreparação e o abandono dos nossos militares, com trágicas consequências e custos humanos elevados”.

 

Leia mais na versão digital do seu JB.

Oriana Pataco
oriana@jb.pt

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Noite de Fados reverte a favor das obras da Igreja


Vai realizar-se no próximo dia 22 de novembro, uma Grande Noite de Fados, que visa a angariação de fundos para restauro e reabilitação da Igreja Matriz de Oliveira do Bairro.
O evento terá lugar no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, às 21h30.
Conta com a participação das fadistas Mónica Jesus e Maria do Rosário, acompanhadas, à Guitarra portuguesa, por João Mário Grave e à viola por Armando Lopes.
Pode comprar o seu bilhete antecipadamente no Centro Paroquial, ou reservar através dos contactos 965263136 / 916942117.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Amílcar Pereira toma posse na Concelhia do PSD


Amílcar Pereira é novo presidente da Comissão Política (CP) do PSD. Tomou posse, na última sexta-feira, numa cerimónia num restaurante de Oliveira do Bairro, que contou com a presença dos mais altos representantes do PSD Nacional.
Amílcar Pereira referiu que “o primeiro objetivo desta CP será defender, dentro das regras democráticas e ideário social-democrata, o bem-estar dos oliveirenses, numa estratégia de franca, leal e desinteressada cooperação com todos os que ajam nessa conformidade”.
O presidente enalteceu o investimento nas pessoas e seu bem-estar, feito pelos órgãos autárquicos, sob a gestão social-democrata nos últimos anos, deixando um alerta “para a necessidade de alterar, a nível da Assembleia da República, algumas leis iníquas existentes”.
Amílcar Pereira apelou ao bom senso e à união dos sociais-democratas, prometendo trabalho e dedicação de forma desinteressada.
A cerimónia de tomada de posse contou com dezenas de militantes e simpatizantes e teve como figuras principais o secretário-Geral do PSD, Matos Rosa e o Líder da Bancada Parlamentar do PSD, na AR, Luis Montenegro. Além destes, a tomada de posse contou com a presença do presidente da Comissão Distrital do PSD de Aveiro, Ulisses Pereira; da presidente da Comissão Regional da JSD de Aveiro, Catarina Pereira; vários deputados da AR; presidente da AM de Oliveira do Bairro, Manuel Nunes; autarcas da AM e das Juntas de Freguesia do concelho de Oliveira do Bairro, bem como de presidentes e representantes de outras Comissões Políticas Concelhias do Distrito de Aveiro.
O anterior presidente da Comissão Política Concelhia, António Mota, agradeceu a todos, e principalmente à JSD, todo o apoio e colaboração que deram à sua equipa no trabalho realizado ao longo do último mandato.
Ulisses Pereira e o secretário-Geral do Partido, Matos Rosa, manifestaram todo o apreço pelo trabalho realizado pela CP cessante e deixaram uma mensagem de motivação e de incentivo à nova CP para todos os desafios que se avizinham para o PSD a nível local e nacional.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com