Andebol

Ausência de Aveiro do Mundial provoca demissões no S. Bernardo

A renúncia por parte da Câmara Municipal de Aveiro de participar na organização do Campeonato do Mundo de andebol de 2003 provocou a demissão dos órgãos sociais do Centro Desportivo de S. Bernardo, hoje anunciada.
A demissão deve-se às medidas apresentadas terça-feira pelo presidente da Câmara Municipal de Aveiro, Alberto Souto, tendentes à redução de despesas e que passam pela renúncia da organização de uma sede do próximo mundial de Andebol, que se disputará em várias cidades portuguesas.
No final de uma reunião, que teve a presença dos elementos da Assembleia Geral, Conselho Fiscal e Junta Directiva, foi emitido um comunicado onde está expressa a decisão.
Nos cinco pontos do comunicado fica a saber-se que “a demissão é imediata” e está garantida “apenas até 31 de Julho a gestão corrente do clube”, para além ficar convocada uma Assembleia Geral Extraordinária para 14 de Junho.
A procura de novas parcerias, “incluindo a de outros municípios, que permitam o cumprimento dos contratos celebrados com atletas e treinadores, relativamente à próxima época desportiva”, é outro dos pontos do comunicado.
O comunicado termina com a convocatória de uma Assembleia Eleitoral para 26 de Julho, sem a candidatura de qualquer um dos actuais elementos dos corpos sociais.

(29 Mai / 17:36)