Deixa Juniores do Oliveira do Bairro

Amorim assina pelo Oiã

Manuel Zappa

Depois de três anos à frente dos Juniores do Oliveira do Bairro, Amorim decidiu dar novo rumo na sua carreira de treinador, tendo assinado por duas temporadas pelo Oiã.
Apesar de ter recebido um convite por banda da direcção do Oliveira do Bairro para ser o adjunto de Hassan, Amorim, por sentir que tem condições para ser treinador principal, abraçou com ambas as mãos o convite que lhe foi endereçado pelo presidente do Oiã, Armando Pires da Silva. “Quero caminhar pelos meus próprios meios e não me estava a ver de novo na pele de adjunto”, argumentou Amorim sobre os motivos que o levaram a deixar a formação.
Outro dos motivos foi o facto de acreditar no projecto que lhe foi apresentado não só pelas suas infra-estruturas, sempre em crescendo, como também por tratar-se de um clube em crescimento e não estagnado.
Na hora da saída, Amorim ressalva o bom relacionamento que sempre teve com os dirigentes do Oliveira do Bairro e que acredita irá continuar.
No que toca aos objectivos, Amorim foi claro na resposta: “Será tentar fazer o melhor possível e não andar com a corda na garganta como aconteceu na época agora finda. A manutenção é o nosso grande objectivo, sabendo de antemão que o futuro campeonato irá ser muito mais renhido, dado que foi feita a selecção, mais as três equipas que desceram de divisão e os crónicos candidatos”.
Sobre a participação na Taça de Portugal, Amorim afirma sem rodeios que não será uma grande aposta do Oiã: “Se conseguirmos ir o mais longe possível, tudo bem, mas a nossa participação irá incidir mais no aspecto da experiência do que em outra coisa qualquer”.

(3 Jul / 14:13)