O presidente da direcção da AEA, Ricardo Abrantes, escreveu ao presidente do Conselho de Administração Portugal Telecom e ao Provedor do Cliente a dar conta do “mau” serviço na Zona Industrial de Raso de Paredes, no concelho de Águeda, “onde há 5 dias não há acesso telefónico nem acesso à internet, nem qualquer previsão para o restabelecimento destes serviços”.

Para os empresários, facto grave “é a inexistência de informação prestada aos clientes porque ninguém da PT dá informação relativa ao restabelecimento do serviço”.

Recorda que “os colaboradores da PT referem não estarem autorizados a dar informação e comunicam que a reparação e o restabelecimento dos serviços não é com eles, mas sim com a VIATEL”.ÁGUEDA
Empresários