Uma retrospectiva ao longo do séc. XX, do rádio enquanto privilegiado meio difusor de comunicação. É esta a viagem que podem fazer os visitantes da recém-inaugurada exposição temporária do Museu de Etnomúsica da Bairrada, no Troviscal (Oliveira do Bairro).
A mostra, de 15 peças (a que acresce uma introdutória), resulta de uma selecção entre as muitas dezenas existentes nas Reservas do Museu. “Trata-se de uma viagem desde os anos 20 aos anos 70, do séc. XX, por várias marcas, fabricos e nacionalidades”, explicou o responsável do Museu, Sérgio Dias, agradecendo “aos muitos amigos do Museu que aqui têm as suas peças, nomeadamente ao bustoense Manuel Silva, hoje aqui presente”.
A exposição inicia-se com uma peça francesa, um Rádio Receptor de Galena, “dos anos 20 ou até anterior”, seguindo-se uma cronologia desde 1600 (primeiros estudos sobre relação do magnetismo com a electricidade estática) até 1996 (primeiros passos para o D.R.M., sistema que prevê a digitalização da AM – Onda Média, Onda Longa e Onda Curta), e as peças propriamente ditas.
Presente na inauguração, o presidente da Câmara de Oliveira do Bairro felicitou Sérgio Dias e Cristina Calvo (Chefe de Divisão de Bibliotecas e Museus da Câmara) “por tornarem este espaço num local digno de ser divulgado e visitado”. “Estou orgulhoso do trabalho que está aqui”, afirmou ainda Mário João Oliveira.

Oriana Pataco