A Ponte de Macinhata do Vouga, que está interdita ao trânsito há cerca de duas semanas, devido a fissuras num dos pilares de suporte, vai permanecer encerrada ao trânsito nos próximos anos.

deverá abrir à circulação pedonal, revelou, na penúltima quinta-feira, durante a reunião de Câmara, o presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais.

Segundo o autarca, a circulação ao trânsito automóvel vai ficar interdita nos próximos anos, não se vislumbrando uma data de abertura, já que “a obra necessita de intervenções “pesadas” e a cerca de 100 metros existe uma outra ponte alternativa”.

“Aquilo que fizemos foi impedir a passagem de viaturas pela ponte. As pessoas vão passar por aquela ponte sem problemas”, reforçando que “não haverá é circulação de viaturas nos próximos anos”, disse.
Gil Nadais diz que se trata de um assunto que preocupa o executivo, no entanto, “não será resolvido de forma imediata”.