A primeira Festa do Emigrante da Casa do Povo de Avelãs de Caminho, intitulada “Filhos da Terra”, pretendeu ser uma homenagem aos que saíram desta terra para procurar noutras paragens estrangeiras melhor sorte. Um salto de coragem, de aventura e de anseio por melhores condições de vida, nem sempre bem acolhido por todos na “terra mãe”.
Mas esta festa não foi exclusiva dos emigrantes. A cerca de meia centena de pessoas que se juntou para conviver no salão de Festas da Casa do Povo, primeiro à volta da mesa e, depois, nas várias horas de música e dança que duraram até de madrugada, riram, pularam e reviveram músicas da sua juventude e meninice, a convite do conjunto “prata da casa” designado de “TV5 dos Pobres”.
Esta realização, por ser a primeira, pode considerar-se um sucesso pois conseguiu tirar de casa várias famílias habituadas a ver a novela da noite, ou da dependência da internet ou de outros afazeres. A experiência da equipa promotora – direcção da Casa do Povo – diz-nos que o futuro criará uma tradição duradoura e uma adesão com maior impacto.
A organização espera que, no próximo ano, os habitantes de Avelãs de Caminho não considerem esta festa como exclusiva dos emigrantes, pois todos são “Filhos da nossa querida Terra”, avelanenses de alma e coração.
Os interessados podem ver um pequeno filme desta festa e de outros eventos feitos ao longo do ano, tais como dos vestidos de noiva com mais de 20 anos, passeio cicloturístico, passeio do ciclismo a Fátima, entre outros, na página do Facebook da Casa do Povo.
O produto da festa reverte para as despesas decorrentes do funcionamento regular da Casa do Povo.
Segundo a organização, a partir de Setembro, estará em curso a divulgação dos novos estatutos aprovados em Assembleia-geral de sócios, através do Facebook (Casa Povo Avelãs Caminho), e brevemente serão também renovados os quadros dos associados. Oportunamente serão divulgadas as actividades dos restantes meses de 2011.

Pedro Negrão