A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro arrancou no início do mês de Fevereiro com o Banco Municipal de Emprego (BME).

O novo serviço de apoio aos munícipes vem dar continuidade ao serviço que era prestado pelo Gabinete de Integração Profissional (GIP), apostando no apoio, em proximidade, à população jovem e adulta do concelho, na definição ou desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho e no apoio à procura de emprego.
Segundo Laura Pires, vereadora do pelouro, “o BME pretende estabelecer uma ponte com o tecido empresarial local de forma a identificar as necessidades das empresas para que, triando, o BME possa encaminhar os munícipes inscritos com perfil adequado ao solicitado”.

A autarca explica ainda que “este Banco Municipal de Emprego não se destina apenas a quem anda à procura do primeiro emprego, de novo emprego ou reconversão profissional, mas também às entidades empregadoras que procuram colaboradores e funcionários”.

Recorda que “terminado o período da candidatura do GIP, identificámos como relevante manter a oferta dos serviços de apoio à população do concelho à procura ativa de emprego, reforçando a vertente local. O Banco Municipal de Emprego é um serviço cujo enfoque reside na proximidade, do atendimento ao acompanhamento e orientação técnica, quer para empregadores, quer para desempregados”.

O gabinete presta serviços de apoio à procura ativa de emprego; de divulgação de ofertas de emprego e atividades de colocação e de ofertas de formação e de captação de ofertas de entidades empregadoras.

O atendimento é personalizado, à terça-feira, no edifício dos Paços do concelho, entre as 9h e as 16h30, mas sujeito a marcação prévia, através da Unidade Orgânica de Ação Social, Célia Silva, pelo telefone 234 732 106 ou email: celiasilva@cm-olb.pt.