O Tribunal da Relação confirmou a decisão do Tribunal de Propriedade Intelectual, que dava ao Licor Nacional, das Caves da Montanha (Anadia) toda a legitimidade para estar no mercado, contrariando a intensão do Licor Beirão de afastar o concorrente.

Após um lançamento de sucesso em 2012, o licor das Caves da Montanha viu-se confrontado com uma providência cautelar por parte do Licor Beirão que tentava impedir as Caves da Montanha de fabricarem, comercializarem e distribuírem o seu novo produto Licor Nacional. O Licor Beirão alegava ser detentor do título “Licor de Portugal” e que o nome “Licor Nacional” poderia ser confundido pelo consumidor.