Oliveira do Bairro é a cidade que mais cresceu na Região Centro do país nos últimos 5 anos, tendo por base os Censos de 2011 e segundo o estudo “Cidades Portuguesas: Um Retrato Estatístico” do Instituto Nacional de Estatísica. Ou seja, Oliveira do Bairro foi a cidade da Região Centro que, proporcionalmente, mais população de fora do concelho atraiu nos cinco anos anteriores ao Censos 2011 (cerca de 15%), sendo este um dos maiores crescimentos proporcionais de todo o país.

A informação foi divulgada no documento do Instituto Nacional de Estatística “Cidades Portuguesas: Um Retrato Estatístico”, de 31 de outubro de 2014, elaborado com base nos resultados definitivos dos Censos 2011, que indica ainda que Oliveira do Bairro teve um crescimento superior às cidades com maior atração de população das Regiões Norte, Alentejo e Autónoma dos Açores.
Para o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira, “trata-se de um indicador oficial que valida a nossa estratégia, implementada desde 2005, e que espelha a capacidade de atratividade do nosso território, a que não são alheios todos os recursos que o Município dispõe e um conjunto de respostas sociais, educativas, culturais e de serviços que fazem do nosso concelho um local atrativo, capaz de fixar e atrair famílias”.

O autarca oliveirense acredita que este crescimento, relativo a dados de 2011, é extensível ao município e tem tido continuidade nos últimos anos. “As estatísticas comprovam que Oliveira do Bairro é um concelho de futuro”, asseverou Mário João Oliveira.
Das 159 cidades portuguesas, onde residem 42% da população em Portugal, 43 estão localizadas na Região Centro, onde se insere Oliveira do Bairro, 54 na Região Norte, 17 na Região de Lisboa, 21 na Região do Alentejo, 11 na Região do Algarve, 7 na Região Autónoma da Medeira e 6 na Região Autónoma dos Açores.