Começou por ser em Sangalhos, passou por Vale de Avim e finalmente instalou-se em Avelãs de Caminho. Criou equipamentos, aumentou valências, expandiu-se para além do concelho de Anadia, foi crescendo em número de utentes. Vinte e cinco anos depois, a APPACDM de Anadia é uma instituição de referência no distrito de Aveiro, com edifícios em Avelãs de Caminho e Casal Comba (Mealhada) e Lares Residenciais em Vilarinho do Bairro e Avelãs de Caminho; apoia cerca de 150 utentes, nas valências de CAO, Lar Residencial, SAD e formação profissional.

Aquando da sua fundação, a preocupação prendia-se com a criação dos equipamentos. Criados os espaços, como salientou a presidente da direção, Madalena Cerveira, “importou construir tempos e dinâmicas que permitem dar corpo a uma política inclusiva, integrada e transversal de prevenção, de habilitação, de reabilitação e de participação das pessoas com incapacidade”.

Na apresentação, na sexta-feira, 10 de abril, daquele que será um ano de comemorações, a presidente lembrou aos presentes no auditório do Museu do Vinho, em Anadia, que “os seres humanos apenas se realizam em comunidade” e que “a sua qualidade de vida será tanto maior quanto maior for o seu envolvimento na comunidade”. E é nesta base de confiança mútua “que construímos juntos a APPACDM de Anadia”, agradecendo a todos os que ajudaram e contribuíram para este caminho.

De forma a assinalar a efeméride, foi constituída uma comissão de honra dos 25 anos da APPACDM.

No decorrer da cerimónia, seria ainda apresentado o novo logotipo da instituição, que deixa de ter uma vela acesa e outra apagada e passa agora a ter “duas velas e uma só chama”.

Foi ainda dado a conhecer o programa de comemorações ao longo deste ano, que visa essencialmente sensibilizar a comunidade para os direitos da pessoa com incapacidade intelectual, terminando com um vídeo ilustrativo dos principais marcos da APPACDM de Anadia, ao longo destes 25 anos.

Programa de comemorações
28 abril: Ação de sensibilização / informação sobre “Regimes de interdição, inabilitação e tutela da pessoa com incapacidade intelectual – Dilemas Éticos” (Museu do Vinho)
1 maio: Caminhada Solidária – no Ecoparque e outros espaços do concelho de Anadia
26 junho: Apresentação dos novos espaços – edifício sede
10 outubro: Jantar de Gala comemorativo dos 25 anos
3 a 5 dezembro: Festival D’Arte (Cineteatro de Anadia e Museu do Vinho)