Em conferência de imprensa, Fernando Sampaio, o principal rosto de uma Comissão Administrativa composta por mais 13 pessoas, deu a conhecer o regresso do futebol sénior (notícia avançada em primeira mão pelo JB, a 19 de março) e do escalão de juniores ao Sporting Clube de Fermentelos, a que se juntam aos dois atuais escalões de futebol 7, Petizes e Benjamins A. O atual presidente da mesa da Assembleia Geral, garantiu ainda que Fernando Silva será o treinador, que o clube não tem dívidas, as mensalidades da formação serão grátis e que o Fermentelos já trabalha na 10.ª edição do Pateira CUP, que se realiza em junho.

Cara lavada. Fernando Sampaio historiou um pouco o passado recente do Fermentelos que, depois da brilhante época em 2013/2014, não conseguiu arranjar uma direção, abdicando do futebol sénior, após o título distrital da 2.ª Divisão.
“Em agosto do ano passado vários paraquedistas tentaram encontrar uma solução, não o conseguiram e, eu, para que o clube não encerrasse as portas, pedi a dois amigos (Mário Figueiredo e Artur Condesso) para que mantivéssemos os dois escalões de futebol 7. O futebol sénior era uma realidade mais dura”, anotou o dirigente fermentelense.
A falta de liderança na altura foi um problema, outras coisas havia para resolver, como a situação financeira, que era mais complicada do que muitos pensavam. “O Fermentelos devia 18 mil euros, dos quais cinco mil à Associação de Futebol de Aveiro, única dívida que era pública. Eu e mais três pessoas conseguimos resolver esse problema. Atualmente, o Fermentelos não deve um euro a nenhuma instituição”, afiançou Fernando Sampaio.
Continuando a falar do passado recente, aquele dirigente disse: “A maioria da população de Fermentelos ficou magoada com a interrupção do futebol sénior. Para que houvesse alguém que assumisse a liderança dentro de um prisma que eu considero razoável, arranjei um grupo de pessoas e posso garantir o regresso do futebol sénior, infelizmente na 2.ª divisão, depois de tão brilhante época como campeão distrital, e também o regresso do carismático treinador Fernando Silva.”
Crítico, Fernando Sampaio diria que, “no passado, outras direções acabaram com o futebol juvenil. Os juniores vão regressar”, garantindo que “o clube acabou com as mensalidades”, colocando ainda ao serviço dos jovens uma carrinha e treinadores qualificados.
No mesmo tom crítico, o dirigente falou dos sócios: “Infelizmente, as últimas direções, acabaram com os sócios e o valor das quotas. Isto é uma situação irregular, por isso estamos a trabalhar na reativação dos sócios existentes, tendo comprado uma máquina para imprimir os cartões.”
A 13 de junho, o Fermentelos festeja 85 anos de existência. A Comissão Administrativa quer realizar um jantar de aniversário dentro dos pergaminhos do clube, onde os sócios e simpatizantes sintam regozijo pelo regresso do futebol, numa noite onde será entregue a taça de campeão distrital.
Fernando Sampaio anunciou que a 10.ª edição do Pateira CUP será uma realidade (de 18 a 21 de junho), um evento ao nível dos anteriores, cuja organização irá gastar cerca de 10 mil euros e que o Fermentelos irá organizar, com o apoio da Federação e da Associação de Ciclismo de Aveiro, da última prova da Taça de Portugal de Ciclismo, que será disputada nos concelhos de Águeda e Oliveira do Bairro. “Apostamos nesta iniciativa pela fraca atividade desportiva, cientes também de que a vila de Fermentelos vai ser falada por todo o país”, referiu.
Foi o treinador da subida e do título de campeão distrital da 2.ª Divisão, sem esquecer outros trabalhos de relevo no Fermentelos. Fernando Silva vai, de novo, assumir o comando técnico da equipa e não escondeu o momento: “Depois da época fantástica, foi com grande tristeza e desilusão que vi o Fermentelos desistir do futebol sénior. Ainda bem que surgiu esta Comissão Administrativa que assume um projeto vencedor, que tem mais-valias na sua estrutura. Enalteço também o regresso dos juniores. Será mais uma peça importante, de um escalão que estava afastado do clube há uns anos a esta parte. Subir de novo de divisão? Será difícil. Temos que criar novos alicerces, começar tudo de novo, o que não será fácil.”

COMISSÃO ADMINISTRATIVA

Fernando Sampaio. Mário Figueiredo. Paulo Sérgio Almeida. João Nuno Gomes. José Eduardo Duarte. Artur Condesso. Luís Paiva. António Nolasco “Toninho”. Daniel Pinhal. Nelson Lopes. Carlos Guedelha. Sérgio Nolasco. Hélder Nolasco e Paulo Daniel Duarte.