No dia 17 de outubro ocorreu, na Escola Básica e Secundária de Anadia, a “VII Mostra de Sopas”, oportunidade sempre apropriada para enaltecer a alimentação saudável, promovendo hábitos e estilos de vida pautados pelo equilíbrio e racionalidade alimentar.

Mais de seis dezenas de sopas. No presente ano estiveram presentes 65 sopas, na sua grande maioria feitas pelos encarregados de educação – que se notabilizaram por uma adesão fantástica a este projeto. As restantes sopas resultaram da confeção de professores e alunos.
De realçar que para fazer estas magníficas sopas foram utilizados produtos caseiros, resultado da produção dos intervenientes.
O Agrupamento de Anadia teve oportunidade de acolher um mar de gente, ao ar livre, na parte exterior da frente do edifício, em que se reuniram os professores, alunos, as famílias (avós, pais), e comunidade em geral – que mostraram o seu apreço e deram o aval a este tipo de iniciativas que são apanágio deste Agrupamento.
Como é, também, habitual, os alunos da Educação Especial disseram “presente” neste evento, contribuindo de uma forma alegre e colorida.

Iniciativa solidária. Obviamente que este evento teve a marca dos responsáveis pelo PES (Projeto de Educação para a Saúde) que, com o seu usual envolvimento, tudo fizeram para que esta iniciativa resultasse em pleno.
Este ano, o Agrupamento associou-se a fins humanitários: a “receita” angariada (que resultou de um pagamento simbólico de todos aqueles que não apresentaram sopa – os alunos não pagaram) foi para a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia, num gesto que denota a sensibilidade de quem tem a preocupação de educar e formar cidadãos ativos, solidários e intervenientes.
De forma emblemática o Agrupamento (através das suas várias Escolas) pretendeu dar um sinal de que a solidariedade e cooperação não são conceitos abstratos e vazios mas, antes, plenos de significado e que devem ser cultivados em prol da sociedade.