Em 2020, Anadia quer ser “Cidade Europeia do Desporto”. A revelação foi feita pelo vice-presidente da autarquia anadiense, Jorge Sampaio, durante a cerimónia inaugural da Feira do Desporto, Saúde & Bem-Estar – Anadia 2017 que decorreu nos dias 1 e 2 2 de abril, no Pavilhão dos Desportos, no Complexo Desportivo de Anadia. Uma mostra destinada à promoção da atividade física e de estilos de vida saudável, que serviu ainda para divulgar o que o concelho tem em matéria de serviços, indústrias, infraestruturas e atividades desportivas e onde foi igualmente publicitada a oferta turística, com ênfase nas áreas do Termalismo, do Lazer e Bem-Estar, do Turismo de Desporto, e do Turismo de Saúde.
Candidatura para vencer. E porque nos últimos anos Anadia tem vindo a preparar uma série de infraestruturas para servir as associações locais mas também servir aqueles que vêm de fora, numa clara aposta no turismo desportivo, o vice-presidente da autarquia, Jorge Sampaio, reforçaria que “ hoje,  o município apresenta-se com boas e importantes infraestruturas desportivas e com uma  atividade desportiva ímpar das suas associações”, ao que acresce o facto de pelo município já terem passado, desde que o Velódromo foi inaugurado, representações de 70 países diferentes, em  estágios nas mais diversas modalidades.
“Hoje, Anadia é um dos principais e mais importantes centros de estágio do país”, disse destacando ser chegada a hora de continuar a preparar o futuro, através desta candidatura, “não para colocar Anadia no mapa nacional, mas no mapa europeu”. Daí ter sido já entregue à Aces Europe e à Aces Portugal a sua intenção de se candidatar a Cidade Europeia do Desporto em 2020. “Queremos que esta não seja apenas uma candidatura do concelho de Anadia, mas da região e acima de tudo dos nossos clubes e das nossas associações”, reforçou o vice da autarquia anadiense.
 
Ler mais na edição impressa ou digital