O Plano Estratégico para a Educação do Município da Mealhada já foi apresentado ao Conselho Municipal de Educação e está em consulta pública, durante 30 dias. O documento define a estratégia educativa do município de uma forma alargada e dá atenção especial aos alunos com Necessidades Educativas Especiais.
O Plano aguarda apenas o parecer final do Conselho Municipal de Educação e, decorrido o prazo de consulta pública, serão incorporadas eventuais sugestões e o documento entra em vigor de imediato, produzindo efeitos já este ano letivo.
Elaborado por António Rochette, professor na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, o Plano procura criar “um sistema formativo integrado” a partir de políticas que facultem “respostas às necessidades dos cidadãos, prevendo as transformações sociais e cívicas da comunidade, envolvendo, não só a comunidade educativa, como as empresas, as associações, as IPSS, a Autarquia e até entidades como o Instituto de Emprego e Formação Profissional. 

 

Ler mais na edição impressa ou digital