Com o novo ano letivo prestes a começar, saber o calendário escolar é um aspeto muito importante para organizar a vida familiar, sobretudo no que diz respeito aos períodos de estudo e de avaliações.
Fique a conhecer os momentos mais importantes do calendário escolar 2019/2020.

O calendário escolar para o ano letivo 2019/2020 tem início entre 10 e 13 de setembro (apresentações), com as aulas a começarem em força no dia 16.
Ainda que algumas novidades possam marcar o calendário letivo deste ano (semestres letivos), regra geral, ele está estruturado da forma habitual, ou seja, com o modelo de três períodos de aulas, sendo o 1.º e o 2.º mais longos e o 3.º mais curto. Períodos que são interrompidos pelas habituais férias: Natal, Carnaval e Páscoa.
Assim, o dia 17 de dezembro (terça-feira) será o último dia de aulas do 1.º período, retomando o 2.º período no dia 6 de janeiro (segunda-feira). Isto porque, como o dia 1 de janeiro de 2020 é uma quarta-feira, esta foi a forma de evitar que o reinício das aulas acontecesse a uma sexta-feira. Contudo, comparando ao ano letivo transato,  o calendário escolar terá os mesmos 11 dias de férias no período do Natal.
O 2.º período letivo termina a 27 de março de 2020 (sexta-feira), sendo retomadas as aulas, para o último período letivo, no dia 14 de abril de 2020 (terça-feira).
O final deste período decorre entre 4 e 19 de junho de 2020, devido a provas e exames.
Uma nota ainda para os alunos que terão de prestar provas. Para estes, o calendário escolar é também uma importante ferramenta, por forma a que possam planificar o estudo atempado e preparação para cada prova.
Assim, se o início das aulas é para todos os ciclos igual (de 10 a 13 de setembro), o terminus varia consoante os níveis de ensino, entre os dias 4 e 19 de junho de 2020.
Para os alunos dos 9.º, 11.º e 12.º anos as aulas acabam a 4 de junho, pois os exames a isso obrigam.
Depois, mais tarde, a 9 de junho de 2020, são os alunos dos 5.º, 6.º, 7.º, 8.º e 10.º anos, a entrarem em férias. Os últimos são os mais novos do ensino pré-escolar e do 1.º CEB que ficam de férias a 19 de junho.
 
Ler mais na edição impressa ou digital