De 20 a 24 de novembro, a Câmara Municipal de Aveiro (CMA), organizou no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro a Nova AGROVOUGA, honrando a sua boa memória e trazendo uma nova vida ao evento, alicerçado nos valores da agrossustentabilidade, dos novos negócios da terra, da gastronomia e do vinho da região da Bairrada, juntando crianças, jovens e adultos.
O presidente da Câmara Municipal de Aveiro, José Ribau Esteves, mostra-se “muito satisfeito com a primeira edição da Nova AGROVOUGA, que nos merece um balanço muito positivo e que nos motiva para trazermos um evento ainda melhor no próximo ano, sempre com esta boa nota que é o convívio e a celebração da vida e da natureza, que trouxe milhares de pessoas de dentro e fora do Município, até ao Parque de Exposições de Aveiro”.
Aproveitando as sinergias e as dinâmicas criadas, a CMA avançará no imediato para a preparação da edição 2020, que já tem data e local marcado: de 18 a 22 de novembro (quarta-feira a domingo), mais uma vez no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro, “com a premissa base de continuarmos a construir um evento agregador, inclusivo e interativo em que o visitante possa experimentar e vivenciar experiências únicas, num ambiente informal onde consiga sentir o que carateriza toda uma Região, aumentando a sua dimensão e a sua qualidade”, frisa Ribau Esteves.

Desta edição podemos destacar a exposição com 60 bovinos de Raça Marinhoa com o seu Concurso Nacional, marcando de forma distintiva o certame, contribuindo assim a Nova Agrovouga para dar a conhecer e promover a Raça Marinhoa e a carne de vaca produzida em bom equilíbrio com o ambiente, realçando a sua importância cultural e de relevante património genético, e ajudando a desmistificar a diabolização ambiental em torno deste animal que alguns tentam alimentar.
Com um cartaz de animação variado, passaram por Aveiro artistas de renome nacional como são Herman José e Aldo Lima.
Ao longo dos cinco dias foi possível assistir a conferências, talks, showcookings e espetáculos equestres. A quem visitou a exposição, foi ainda possível conhecer empresas de sucesso nacional e internacional, sediadas no nosso território e revisitar o passado, com uma perspetiva inovadora e adaptada aos nossos agricultores: os tradicionais e os novos empresários.
O Parque de Feiras e Exposições de Aveiro registou também a presença de 1000 crianças das várias escolas do Município de Aveiro, numa ação de sensibilização e informação junto dos mais novos sobre a agricultura.
Para o presidente da CMA, a Nova AGROVOUGA simboliza assim o sucesso de um novo conceito neste tipo de formato que “juntou, como prometido, a reconhecida dinâmica do evento com as novas tendências nos domínios da inovação, tecnologias amigas do ambiente, energias renováveis, investigação e gestão da floresta, a valorização dos produtos locais e serviços do ecossistema, as novas formas de consumo, os produtos biológicos e a sustentabilidade”.
Ribau Esteves deixou ainda “uma palavra também muito especial para toda a equipa que trabalhou na organização da Nova AGROVOUGA liderada pelo meu Adjunto Dr. Rogério Carlos e a um vasto conjunto de entidades parceiras da maior importância para o êxito do certame, como as que integram as DLBC Rural Aveiro Norte e Aveiro Sul (lideradas pela AIDA), a The Navigator Company/Centro de Investigação Raiz, Fenelac, Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Comissão Vitivinícola da Bairrada e a Associação de Criadores da Raça Marinhoa, que foram muito importantes na conceção deste novo investimento da Câmara Municipal de Aveiro e sem o qual não teria sido possível realizar a Nova AGROVOUGA”, concluiu.