Um homem de 29 anos, acusado de furtar mais de 250 raspadinhas em postos de combustíveis de Águeda, foi condenado a cinco anos de prisão, com pena suspensa.

O acórdão do Tribunal de Aveiro, na passada segunda-feira, dá conta que o valor dos furtos terá sido de 700 euros, levados a cabo em 2018, em várias gasolineiras do concelho de Águeda.

Para o Tribunal de Aveiro, o agora condenado, terá sido responsável por outros furtos, nomeadamente uma bolsa com 470 euros em dinheiro num café, assaltou duas vezes a mesma residência e um telemóvel a um estudante na via pública. Os crimes não ficam por aqui, pois terá sido o autor também do furto de uma carteira com 110 euros a um homem que estava a levantar dinheiro num multibanco.

O homem em causa tem antecedentes criminais ligados à condução sem carta, condução perigosa, desobediência, furto e roubo.