Num investimento de cerca de 37 mil euros, a Escola Profissional de Anadia (VITI) acaba de adquirir 95 computadores portáteis para que os alunos de quatro turmas, dos 1.º e 2.º anos possam estudar em casa.
Adriano Aires, diretor da VITI, explica que “o investimento foi inteiramente suportado pela Escola Profissional”, tendo sido atribuído a cada aluno um subsídio extra para a aquisição de computadores portáteis.
A aquisição acabou por ser feita pela escola tendo a opção recaído nos 95 alunos que frequentam os dois primeiros anos, uma vez que são aqueles que vão passar mais tempo na escola, já que estão a iniciar os cursos de formação. “Foi a forma que encontrámos para que pudessem tirar maior partido dos equipamentos informáticos ao longo da sua vida académica”, avançou o responsável, dando nota de que em atenção esteve também a situação de carência económica de cada um dos estudantes.
“Todos os alunos do 1.º e 2.º ano (cursos de Gestão, Auxiliares de Saúde, Moldes, Restaurante/Bar e Cozinha/Pastelaria) que manifestaram possibilidade de transição de ano, ou seja, que vão prosseguir estudos, que tinham boa assiduidade e que não manifestam intenção de abandonar os cursos, foram contemplados”.

Ler mais na edição impressa ou digital