Portugal é o sétimo país da União Europeia (UE) com mais águas balneares de excelente qualidade, o equivalente a 91,5% do total, revelou hoje a Comissão Europeia, pedindo cumprimento das regras neste verão devido à pandemia de covid-19.

Dados da Agência Europeia do Ambiente hoje divulgados pelo executivo comunitário revelam que “quase 85% das zonas balneares de toda a Europa monitorizadas em 2019 respeitavam as normas de qualidade mais elevadas e mais rigorosas da UE, sendo classificadas como excelentes”.

Com uma percentagem de 91,5%, Portugal é o sétimo país europeu com mais praias com esta classificação, a seguir ao Chipre (99,1%), Áustria (98,5%), Malta (97,7%), Grécia (95,7%), Croácia (95,6%) e Alemanha (92,5%).

Estes dados divulgados hoje em relatório permitem dar “aos banhistas uma boa indicação dos locais onde podem encontrar as águas balneares de melhor qualidade”, aponta a Comissão Europeia, pedindo, ainda assim, prudência dado o surto de covid-19 na UE.