A Polícia de Segurança Pública (PSP), através do Comando Distrital de Aveiro, deteve esta segunda-feira um homem de 40 anos, residente no concelho de Águeda, para que cumprisse uma pena de cem dias de prisão subsidiária, isto porque não acatou a pena inicial de 150 dias de multa à taxa diária de 6Euros, a que havia sido condenado por decisão transitada em julgado em fevereiro de 2018.

Perante a situação, a PSP deu cumprimento a um mandado de detenção, emanado pelo Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, estando na sua origem a prática de um crime de burla simples, consumado em julho de 2015, envolvendo o aluguer de um imóvel no sul de Portugal.

O detido, por ter entretanto efetuado o pagamento da referida multa, no valor de 900 euros, acabaria por ser libertado, informou a PSP.