Estão de regresso as lendárias garrafas de vidro que foram a imagem de marca dos Sumos Bussaco durante décadas.

Quase a completar 100 anos de vida, esta empresa familiar do Luso, paredes meias com a nascente de uma das mais famosas águas do país, tem tido a capacidade de se reiventar e dar sumo à sua atividade.

Esta clara aposta no mercado da nostalgia, ensaiada desde o início do ano mas que a pandemia atirou para o final do verão, está a dar frutos – e de que maneira – fazendo a empresa voltar ao corropio de anos idos. Isso mesmo garante João Carvalho, rosto atual da empresa, que deu seguimento ao sonho do avô e do pai para a produção de um néctar que fez as delícias dos meninos do antigamente, que hoje têm a oportunidade de olhar para uma réplica da garrafinha de emoções que veio do passado para lhes saciar a saudade.

Contamos-lhe tudo na edição impressa de 15 de outubro. Entretanto, já pode ler aqui.