Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Categoria | Destaque

Sangalhos: Falta de verba só possibilita a realização de pequenas obras

A Junta de Freguesia de Sangalhos só tem dinheiro para fazer face a pequenas necessidades. Por isso, só os melhoramentos de pequena dimensão têm estado a avançar. Quem o admite é o próprio autarca local, António Floro que sublinha: “nos últimos dois anos temos vindo a assistir a sucessivas reduções do FEF. Há dois anos recebemos menos 2500 euros e este ano menos 5 mil euros”.
Assim , não é fácil realizar grandes melhoramentos na freguesia. “Uma coisa é certa, primeiro estão as remunerações mensais dos nossos funcionários, depois os pagamentos aos fornecedores. Mas esta Junta está determinada em não criar dívidas que depois não pode pagar”, adianta o autarca sangalhense. Por isso, as obras são poucas, de pequeno vulto e avançam lentamente. Mesmo assim, é possível assistir a algumas mudanças que vão ocorrendo na freguesia. A autarquia tem estado a proceder à limpeza de vários terrenos da Junta de Freguesia, assim como a limpezas mais cuidadas nos vários lugares da freguesia onde se vão sucedendo festas e arraias de Verão. “As valetas e espaços envolventes aos recintos de festas têm vindo a ser limpos pela Junta”, diz, sublinhando ainda dois arranjos recentes realizados em Sá, junto à capela, e em Sangalhos, perto da Capela de Santa Eufêmea.
“Na zona da capela de Sá – que tem estado em obras de remodelação – colocámos uma árvore onde outrora existiu uma outra e asfaltámos uma parte da via, retirando os caixotes do lixo e ecopontos para um outro espaço”, referiu. Estes recipientes foram deslocados para a Rua Narciso da Marça (Rua da Misericórdia) que também vai sofrer obras. “No início desta rua vamos criar um espaço específico, devidamente arranjado para os contentores”.
De resto, esta é a vontade do actual executivo – criar espaços específicos, em locais estratégicos e mais centrais para a recolha de lixos. Um investimento que vai sendo realizado mediante as disponibilidades orçamentais. “Queremos centralizar a recolha de lixos e ecopontos em toda a freguesia, criando espaços próprios para o efeito”. Ainda próximo à capela de Santa Eufêmea, para além do local para a recolha dos lixos, foi erguido um muro em betão e pavimentado um pequeno recanto, junto a uma frondosa oliveira onde foi colocado também um banco de jardim.

Novas placas. Paralelamente, a autarquia tem vindo a colocar novas placas identificativas das ruas. Foram adquiridas 300 placas para colocar em 190 ruas da freguesia. O investimento, que ronda os 12.500 euros, deverá estar concluído no final deste ano. Contudo, António Floro reconhece ainda a necessidade de substituir vários sinais de trânsito que se encontram degradados e de construir mais lombas redutoras de velocidade, não só em Sangalhos como noutras povoações da freguesia. Melhoramentos que terão de aguardar dada o magro orçamento de que dispões. A JB revelou que o orçamento de 195 mil euros não chega para as necessidades. “Assistimos a uma redução de verbas, mas as despesas aumentam todos os anos: com os combustíveis, luz, reparação de máquinas, pessoal, etc”, confessando que é cada vez mais difícil gerir a autarquia.
A terminar, confirma que se mantem em negociações com os CTT, no processo relacionado com a transferência daquele serviços para competência da Junta de Freguesia, bem como com o proprietário do terreno onde pretende fazer o alargamento do cemitério.

Catarina Cerca

Deixe um comentário

Pergunta da semana

Vai a algum festival de verão este ano?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com