Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Categoria | Destaque

Sangalhos: Falta de verba só possibilita a realização de pequenas obras

A Junta de Freguesia de Sangalhos só tem dinheiro para fazer face a pequenas necessidades. Por isso, só os melhoramentos de pequena dimensão têm estado a avançar. Quem o admite é o próprio autarca local, António Floro que sublinha: “nos últimos dois anos temos vindo a assistir a sucessivas reduções do FEF. Há dois anos recebemos menos 2500 euros e este ano menos 5 mil euros”.
Assim , não é fácil realizar grandes melhoramentos na freguesia. “Uma coisa é certa, primeiro estão as remunerações mensais dos nossos funcionários, depois os pagamentos aos fornecedores. Mas esta Junta está determinada em não criar dívidas que depois não pode pagar”, adianta o autarca sangalhense. Por isso, as obras são poucas, de pequeno vulto e avançam lentamente. Mesmo assim, é possível assistir a algumas mudanças que vão ocorrendo na freguesia. A autarquia tem estado a proceder à limpeza de vários terrenos da Junta de Freguesia, assim como a limpezas mais cuidadas nos vários lugares da freguesia onde se vão sucedendo festas e arraias de Verão. “As valetas e espaços envolventes aos recintos de festas têm vindo a ser limpos pela Junta”, diz, sublinhando ainda dois arranjos recentes realizados em Sá, junto à capela, e em Sangalhos, perto da Capela de Santa Eufêmea.
“Na zona da capela de Sá – que tem estado em obras de remodelação – colocámos uma árvore onde outrora existiu uma outra e asfaltámos uma parte da via, retirando os caixotes do lixo e ecopontos para um outro espaço”, referiu. Estes recipientes foram deslocados para a Rua Narciso da Marça (Rua da Misericórdia) que também vai sofrer obras. “No início desta rua vamos criar um espaço específico, devidamente arranjado para os contentores”.
De resto, esta é a vontade do actual executivo – criar espaços específicos, em locais estratégicos e mais centrais para a recolha de lixos. Um investimento que vai sendo realizado mediante as disponibilidades orçamentais. “Queremos centralizar a recolha de lixos e ecopontos em toda a freguesia, criando espaços próprios para o efeito”. Ainda próximo à capela de Santa Eufêmea, para além do local para a recolha dos lixos, foi erguido um muro em betão e pavimentado um pequeno recanto, junto a uma frondosa oliveira onde foi colocado também um banco de jardim.

Novas placas. Paralelamente, a autarquia tem vindo a colocar novas placas identificativas das ruas. Foram adquiridas 300 placas para colocar em 190 ruas da freguesia. O investimento, que ronda os 12.500 euros, deverá estar concluído no final deste ano. Contudo, António Floro reconhece ainda a necessidade de substituir vários sinais de trânsito que se encontram degradados e de construir mais lombas redutoras de velocidade, não só em Sangalhos como noutras povoações da freguesia. Melhoramentos que terão de aguardar dada o magro orçamento de que dispões. A JB revelou que o orçamento de 195 mil euros não chega para as necessidades. “Assistimos a uma redução de verbas, mas as despesas aumentam todos os anos: com os combustíveis, luz, reparação de máquinas, pessoal, etc”, confessando que é cada vez mais difícil gerir a autarquia.
A terminar, confirma que se mantem em negociações com os CTT, no processo relacionado com a transferência daquele serviços para competência da Junta de Freguesia, bem como com o proprietário do terreno onde pretende fazer o alargamento do cemitério.

Catarina Cerca

Deixe um comentário

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com