Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Categoria | Desporto, Futebol

OBSC – Padroense. Recolha de Declarações sobre o protesto apresentado pelo OBSC

Como é do conhecimento geral, a Comissão Administrativa do Oliveira do Bairro Sport Clube (OBSC) protestou o jogo referente à 12.ª jornada, em casa, frente ao Padroense, que os visitantes venceram por 2-1, alegando um erro técnico do árbitro do encontro Ricardo Lourenço, do CA da AFA Portalegre.
Tudo aconteceu na cobrança de uma grande penalidade convertida por Dany aos 86 minutos, que daria vantagem ao Oliveira do Bairro por 2-1. O juiz alentejano mostrou cartão amarelo ao jogador do Oliveira do Bairro e assinalou livre contra a equipa da casa, numa decisão que mesmo que tenha considerado “paradinha”, teria que mandar repetir a grande penalidade, uma vez que a bola entrou na baliza.
Este foi o motivo do protesto. Agora, o Conselho de Disciplina, dando cumprimento ao processo de protesto, em que são protestante o Oliveira do Bairro e o protestado Padroense, marcou as diligências de recolha de declarações com o seguinte plano: Dia 16/1/, às 10h, tomada de declarações ao delegado ao jogo (José Alves) do clube protestante, o Oliveira do Bairro e, uma hora mais tarde, será a vez do delegado ao jogo do clube protestado.
No dia seguinte, dia 17, pelas 10h, será a vez dos três elementos da equipa de arbitragem constituídos pelo árbitro Ricardo Lourenço e seus auxiliares, Luís Tavares e Vítor Silva, prestarem declarações. Às 15h, o observador de árbitros dirá também da sua justiça, pois o jogo contou com um observador.
Estas diligências estão marcadas para a sede da Federação Portuguesa de Futebol, mas todos os declarantes podem requerer a prestação do depoimento por videoconferência na sede das respetivas Associações Distritais/Regionais. Em princípio, os dirigentes do Oliveira do Bairro vão estar presentes em Lisboa.

Deixe um comentário

Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com