Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Anadia

“Trapos e Farrapos” e Mascote vencem Concursos de Montras de Natal da ACIB

“Trapos e Farrapos” e Mascote vencem Concursos de Montras de Natal da ACIB

A loja de roupa infantil Trapos e Farrapos e a papelaria Mascote Portuguesa foram as vencedoras dos Concursos de Montras de Natal em Oliveira do Bairro e Anadia, respetivamente, que a ACIB – Associação Comercial e Industrial da Bairrada promoveu, em parceria com as respectivas Câmaras Municipais, de 15 a 25 de dezembro.
O resultado do concurso de montras foi o seguinte:
Oliveira do Bairro:
1.º classificado – Trapos e Farrapos
2.º classificado – Ginóflorista
3.º classificado – Katem

Anadia:
1.º classificado – Papelaria Mascote Portuguesa
2.º classificado – Sapataria Salto Alto
3.º classificado – Papelaria Lita

Participaram no concurso de montras os seguintes estabelecimentos:
Anadia: Aliópticas, Bairrinformática, Boutique Nely, Casa das Meias, Central Ópticas, Farmácia Agrícola, Faz-me Festas, Florista Floral de Anadia, Lojas M. Silva, Maria Louro Cabeleireiros, Padaria Abílio Ribeiro, Papelaria Cesário, Papelaria Lita, Papelaria Mascote Portuguesa, Perfumaria Pó D’ Arroz, Salto Alto, Sweet Sugar, Vei-Gás e Yeap Store
Oliveira do Bairro: Atelier de Moda, ElectroSilvério, Óptica Pereira, Retrosaria Mãos Sábias e Retrosaria Rosel em Bustos; Ginóflorista, Glam, Katem, Naturadélia, Óptica Ruivo, Papelaria Saimeiro, Trapos e Farrapos em Oliveira do Bairro; Glorys, OiãKids e Supermercado Super Poupança em Oiã; e Lucyartes no Troviscal.

Além dos Concursos de Montras, encontra-se ainda a decorrer o Sorteio de Natal, até 31 de dezembro, com prémios aliciantes para os consumidores do comércio tradicional.
O sorteio de Natal do Comércio Local consiste na entrega de uma senha, ao cliente, por cada 10 euros de compras efetuadas durante esse mês, nas lojas aderentes, que o habilitará ao sorteio de vários prémios.
As senhas, depois de devidamente preenchidas e carimbadas pelas lojas, deverão ser depositadas nas caixas, devidamente lacradas, que serão distribuídas aos comerciantes.

Posted in Anadia, Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Prémios Rodrigues Lapa: Município de Anadia distingue os melhores alunos do básico e secundário

Prémios Rodrigues Lapa: Município de Anadia distingue os melhores alunos do básico e secundário

Os alunos das escolas do concelho de Anadia com melhor aproveitamento no ano letivo 2013-2014 foram os grandes protagonistas da cerimónia de entrega do Prémio Escolar Professor Doutor Rodrigues Lapa, uma iniciativa da Câmara Municipal de Anadia, que decorreu no Cineteatro Anadia, no passado dia 17 de dezembro.
Nesta 19.ª edição, muito participada por pais, familiares e amigos dos premiados, manteve-se o regulamento aprovado em 2013, que aumentou o número de galardões a atribuir aos alunos que concluíram, no passado ano letivo, os 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e o ensino secundário nas escolas do concelho.

À semelhança das anteriores edições, também o Lions Clube da Bairrada, sob a égide de Rodrigues Lapa, se associou a esta cerimónia para fazer a entrega do prémio a alunos que no 12.º ano se destacaram no domínio da Língua Portuguesa, propostos pelos estabelecimentos de ensino secundário de Anadia e Oliveira de Bairro com o “Prémio Lions Clube da Bairrada/Prof. Doutor Rodrigues Lapa”.

Assim, foram distinguidos Marta Miguel da Costa Abrantes (1.º prémio), do Colégio Frei Gil, do Instituto de Promoção Social de Bustos, pelos 19 valores que obteve nesta disciplina e três menções honrosas: Tânia Alexandra Mineiro Lopes (18 valores), da Secundária de Anadia; Inês de Melo Marçal (18 valores) do Colégio de N.ª Senhora da Assunção e Andreia Filipa Campos dos Santos (17 valores), da Secundária de Oliveira do Bairro.

Prémios Rodrigues Lapa: Alunos premiados

O Prémio distinguiu três alunos por escola e por ciclo de ensino (1.º prémio e duas menções honrosas).
2.º Ciclo
Colégio N.ª S.ª Assunção:
1.º Maria Manuel Martins; 1.º Maria Luís Rodrigues; MH: Tomás Américo Miguel e Diogo Coelho Semedo.
Escola Básica e Secundária de Anadia:
1.º Francisca Almeida Melo; MH: Marta Ribeiro Mariz e Henrique Seabra Ferreira.
EB n.º2 de Vil. do Bairro:
1.º Bárbara Soares Sousa; MH: Catarina Mendes Faria e André Miguel Almeida Silva.
Salesianos de Mogofores:
1.º Dinis Tavares Costa; MH: Tomás Cerca Rodrigues e Luís Pedro Maia Seco.
3º Ciclo
Colégio N.ª S.ª Assunção:
1.º Francisco Manuel Gonçalves; MH: Joana Louzado e Nuno Francisco Lourenço.
Escola Básica e Secundária de Anadia:
1.º Francisco Manuel Melo; MH: Ana Sofia Monsanto e João Pedro Rocha.
EB n.º2 Vil. do Bairro:
1.ª Joana Costa Santos; MH: António Paulo Loureiro e Jéssica Almeida Portovedo.
Salesianos de Mogofores:
1.ª Filipa Marques Cerca; MH: Ana Miguel Amorim e Pedro Manuel Neto.
Ensino Secundário
Colégio N.ª S.ª Assunção:
1.º João Pedro Oliveira; MH: Inês de Melo Marçal e Ana Gabriela Verdade.
Escola Básica e Secundária de Anadia
1.ª Catarina Sampaio Alves; MH: Beatriz Almeida Rodrigues e Francisca Moura Rodrigues.

Reportagem completa na edição de 23/12/2014 do Jornal da Bairrada

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada0 Comentários

ANADIA: Bombeiros “recrutam” novos elementos

ANADIA: Bombeiros “recrutam” novos elementos

Os Bombeiros Voluntários de Anadia estão a recrutar novos elementos.
Esta iniciativa tem como objetivo iniciar na corporação anadiense uma Escola de Estagiários, já no início de 2015.
Na “rua” estão a ser colocados cartazes alusivos à campanha, que visa angariar novos elementos para a corporação.
Podem inscrever-se jovens entre os 17 e os 45 anos, sendo possível que, após a formação, encontrem aqui uma carreira profissional.
Todos os interessados, de ambos os sexos, podem contactar a corporação através do 231512122 ou do 231512133.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Concerto de Ano Novo e Reis no Cineteatro de Anadia

Concerto de Ano Novo e Reis no Cineteatro de Anadia

É com um Concerto de Ano Novo e Reis, a cargo da Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB), que a Câmara Municipal de Anadia recebe o ano 2015, em espetáculo agendado para o próximo dia 10 de janeiro, sábado, no Cineteatro Anadia, pelas 21h30.
Neste regresso a Anadia, a orquestra clássica dirigida pelo Maestro António Vassalo Lourenço interpretará, como manda a tradição, “as mais conhecidas Valsas, Polcas e Marchas de Strauss, selecionadas para fazer entrar o Novo Ano de 2015 em ritmo festivo”.
Mas o alinhamento do concerto contempla ainda uma homenagem ao compositor e cantor Carlos Paião, um dos maiores artistas da música ligeira portuguesa do séc. XX, desaparecido precocemente. Assim, a Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB) e “e os cantores Daniela Araújo, Teresa Pereira, Raquel Garcia e André Lacerda, farão uma viagem pelas canções mais conhecidas do cantor, num espetáculo que, com toda a certeza, fará do público mais um dos intervenientes neste concerto”.
A OFB, sediada em Aveiro, “foi criada no âmbito de um programa governamental para a constituição de uma rede de orquestras regionais, tem como fundadores diversas instituições e municípios da região das beiras, associados da Associação Musical das Beiras”, tendo dado o seu primeiro concerto em 1997. É constituída por músicos “de diversas nacionalidades e com uma média etária jovem”.
Os bilhetes para este concerto já se encontram à venda e podem ser adquiridos no Cineteatro Anadia às sextas-feiras e aos sábados, das 20h às 22h. No dia de espetáculo, a bilheteira abrirá às 14h.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Club de Ancas completa 110 anos

Club de Ancas completa 110 anos

O Club de Ancas esteve em festa. As comemorações deste evento prolongaram-se por mais de uma semana com um programa repleto de iniciativas que muito dignificaram esta Associação centenária e preencheram os mais variados gostos de quem teve a oportunidade de as frequentar.
De salientar o momento alto de toda a programação – o almoço de gala que aconteceu no dia 8 de dezembro (dia do aniversário do Club) e que contou com representação da Câmara Municipal de Anadia, na pessoa da presidente Teresa Cardoso e dos vereadores Lino Pintado e Jorge São José, assim como de todo o elenco do executivo da União de Freguesias.
É oportuno relembrar os seus fundadores e primeiros sócios, homens com uma visão social acima da média para aquela época. As suas preocupações sociais levaram-nos ao grande desafio de criar um espaço onde as gentes da sua terra pudessem evoluir social e culturalmente e se divertissem de maneira sadia, evitando assim muitos conflitos familiares e também sociais.
Ao fundarem este Club, tiveram em mente os objetivos mais prementes para aquele tempo: Bem-Fazer, Instrução e Recreio. Bem-Fazer porque a pobreza grassava pela aldeia e atingia a maior parte das famílias. Instrução, porque a percentagem de analfabetos era significativa. Um pormenor interessante é que eram os que tinham o privilégio de saber ler e escrever que liam e escreviam as cartas aos familiares das pessoas analfabetas, num gesto de solidariedade digno de registo. Recreio, porque proporcionava às pessoas formas de passarem as longas noites de inverno e as tardes de domingo divertindo-se e ao mesmo tempo cultivando-se.

Missão e objetivos atuais. Objetivos esses que os atuais corpos sociais do Club de Ancas fazem questão de manter e valorizar, na medida em que dispõem de outras ferramentas que a nova tecnologia lhes oferece e de que, evidentemente, os seus antepassados não dispunham.
A luta é diária e o caminho é árduo porque a ambição, no bom sentido, leva esta IPSS a querer sempre mais e melhor.
A prova disso está no leque de atividades que diariamente se praticam nesta Associação e não só, porque está continuamente a interagir com outras IPSS’s e também outras entidades. Os seus Seniores são incansáveis na participação de todas as atividades propostas pela Rede Social, pela Câmara Municipal e por outras que eventualmente aparecem, contagiando os outros Seniores com a sua alegria e boa disposição.
Por todo o trabalho desenvolvido e pelos resultados obtidos, o Club de Ancas acha que vale a pena continuar a lutar, até porque este é um dos últimos baluartes da Solidariedade, Cultura e Recreio da nossa terra.
Parabéns Club de Ancas, por tudo o que foste, és e continuarás a ser!
Natália Seabra

Posted in Anadia, Ancas, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Autocaravanistas celebram Natal em Sangalhos

Cerca de 140 pessoas, distribuídas por 65 autocaravanas escolheram o Parque de Pernoita para Autocaravanas de Sangalhos, em espaço contíguo à Junta de Freguesia, para celebrar o Natal.
À semelhança de anos anteriores, esta foi a terceira vez que este numeroso grupo passou um final de semana, de 6 e 7 de dezembro, em Sangalhos.
Oriundos de vários pontos do país, autocaravanistas, pertencentes ao Clube Português de Autocaravanismo aproveitaram para conhecer a freguesia e o concelho.
Os almoços e jantares decorreram no salão de festas da Junta de Freguesia, mas o grupo, dadas as magníficas condições do parque inaugurado em maio de 2010 pela autarquia local, acabou por ficar neste local entre duas e três noites.
O autarca António Floro mostrou-se muito satisfeito com a preferência por este espaço disponibilizado pela autarquia, sublinhando que o mesmo tem sido bastante procurado, ao mesmo tempo que revela que, em 2015, já está previsto o regresso deste grupo para mais duas estadias em Sangalhos.
O autarca de Sangalhos reconhece que o espaço tem sido muito procurado e que ao longo de todo o ano se podem ver autocaravanas naquele local, sendo uma mais-valia para a freguesia.

Posted in Anadia, Sangalhos0 Comentários

Sangalhos: “Calinas” recebe prenda de Natal antecipada

Sangalhos: “Calinas” recebe prenda de Natal antecipada

Nesta quadra natalícia, os gestos solidários e a boa vontade assumem uma maior importância, acabando por tocar mais corações.
Em Sangalhos, um grupo de amigos e conhecidos decidiu abraçar uma causa solidária a favor de um filho da terra.
Sob o lema “ Unidos por uma causa”, no passado sábado, dia 13 de dezembro, entregaram a Manuel Fernandes, mais conhecido por “Calinas” uma scooter adaptada à sua mobilidade reduzida, que lhe possibilitará agora uma maior autonomia.
A iniciativa de angariação de fundos decorreu durante o último mês e envolveu amigos da terra e fora dela que, conhecendo “Calinas” há vários anos – alguns andaram na escola primária com ele -, se uniram por forma a ajudá-lo.
Com graves problemas de saúde (diabetes) teve, em 2013, de se submeter à amputação de uma perna, ficando bastante limitado em termos de locomoção. Como reside sozinho, dependia das suas canadianas para todas as deslocações.
Pessoa bastante humilde e de parcos recursos económicos, pode agora deslocar-se com extrema facilidade para vários pontos, já que o veículo, orçado em 2 mil euros, lhe permite essa mobilidade.
Na ocasião, bastante sensibilizado com o gesto, “Calinas” agradeceu a todos aqueles que contribuíram com donativos para a aquisição deste veículo.
Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Sangalhos0 Comentários

Tanoaria e espumante em fotografia no Museu do Vinho

Tanoaria e espumante em fotografia no Museu do Vinho

A fotografia estará em destaque no novo ciclo de exposições do Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, cuja inauguração está marcada para o próximo sábado, 20 de dezembro, pelas 16h, com entrada livre.

Na ocasião, abrirão portas ao público as mostras “A arte da tanoaria – os últimos”, de José Fangueiro, e “Bairrada, a musa do espumante”, de Pedro Nóbrega. Serão ainda apresentados um Espumante Bairrada em homenagem a José Luciano de Castro e o documentário “A Arte da Tanoaria” do realizador Roger Nicolau, num evento onde estará presente Carlos Alberto Moniz, que interpretará alguns temas do seu último trabalho discográfico “O Vinho dos Poetas”.

Neste novo ciclo expositivo, o Vinho continua a dar o mote para a criação artística, sendo a fotografia a técnica escolhida para revelar dois novos conjuntos de perspetivas sobre o universo vinícola da Bairrada. José Fangueiro traz-nos “A arte da tanoaria – os últimos”, uma mostra concebida para o Museu do Vinho Bairrada, contemplando uma vasta coleção de imagens resgatadas de algumas tanoarias portuguesas, homenageando os homens que dão vida a esta arte ancestral. Resgatam-se expressões, habilidades e saberes do passado, culminando com imagens captadas nalgumas caves emblemáticas da Bairrada. A exposição é complementada pelo documentário “A Arte da Tanoaria”, realizado por Roger Nicolau, e tem como pano de fundo uma trilha sonora da autoria de Fernando Alves, jornalista da TSF. Será ainda exposto, pela primeira vez, um vasto conjunto de equipamentos e de ferramentas de associados à tanoaria, que o Museu do Vinho Bairrada tem vindo a integrar nas suas coleções e que não haviam sido ainda apresentados ao público.

Bairrada, a musa do espumante”, de Pedro Nóbrega, foi igualmente idealizada a pensar no Museu do Vinho Bairrada. Trata-se de um conjunto de fotografias dedicado aos Espumantes Bairrada, e que, segundo o seu autor, “recria um círculo entre o espumante e a sua musa”, sendo sua intenção “mostrar, em cada peça, uma fase distinta da sua produção em que a sua musa a influencia”.

Para além deste tributo ao Espumante Bairrada, que, no próximo ano celebra o seu 125º aniversário, esta inauguração dá ensejo a uma outra homenagem. No ano em que se completa o primeiro centenário da morte de José Luciano de Castro (n. 1834 – m. 1914), a Câmara Municipal de Anadia tem vindo a promover uma série de atividades evocativas da vida e da obra desta influente personalidade da história de Portugal, que deixou profundas na história de Anadia e da região, nomeadamente no que respeita às origens do próprio Espumante Bairrada. Estadista, deputado, chefe do Partido Progressista, por várias vezes ministro e em três ocasiões presidente do conselho de ministros, jurisconsulto e jornalista, José Luciano de Castro é recordado pelos anadienses como grande benemérito. Ligado à criação da Escola de Viticultura e Pomologia da Bairrada (atual Estação Vitivinícola da Bairrada), acabou por ser um dos pioneiros no fabrico de vinhos espumantes em Portugal, na qualidade de associado da “Associação Vinícola da Bairrada”, fundada no seu palacete de Anadia. Esta sucessão de efemérides justificou, no entender da Câmara Municipal de Anadia, a criação de um Espumante Bairrada em homenagem ao estadista, contando, na concretização deste projeto, com a colaboração da Comissão Vitivinícola da Bairrada.
A tarde encerra com a atuação do maestro e compositor Carlos Alberto Moniz, que traz à Bairrada o seu disco “O Vinho dos Poetas”, que, segundo João Paulo Guerra, “tem castas, tem canções frutadas, tem canções com regiões demarcadas, tem aromas, elegância, perfil, equilíbrio, estrutura, complexidade e definição. Um disco com bouquet”.
As exposições estarão patentes até 10 de maio de 2015, de terça a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h às 18h, e aos fins-de-semana, das 10h às 19h.

Programa do evento:

Inauguração da exposição de fotografia “A Arte da Tanoaria – Os últimos”. Autoria: José Fangueiro

Inauguração da exposição de fotografia “Bairrada, a Musa do Espumante” – Autoria: Pedro Nóbrega

Apresentação oficial do Espumante Bairrada José Luciano de Castro – projeto da Câmara Municipal de Anadia em parceria com a Comissão Vitivinícola da Bairrada

Apresentação do documentário “A Arte da Tanoaria”. Autoria: Roger Nicolau.

Atuação de Carlos Alberto Moniz – interpretação de temas do seu último trabalho discográfico “O Vinho dos Poetas”

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Arcos: Concerto de Natal na Igreja Matriz

Arcos: Concerto de Natal na Igreja Matriz

Decorreu no passado sábado dia 13 de dezembro, pelas 21h15, na Igreja Paroquial S. Paio de Arcos, em Anadia mais um concerto de Natal, promovido pela Associação “O Coral da Bairrada”.
Este evento contou com a participação do grupo Coral Stella Maris (Colégio Nossa Senhora da Assunção), dirigido pelo maestro Celestino Ortet, o grupo Coral de Santa Marinha da Costa (Guimarães), dirigido pelo maestro Ricardo Frade e o grupo Coral da Bairrada (Anadia), dirigido também pelo maestro Celestino Ortet.
Foram centenas de pessoas que encheram quase por completo a igreja matriz de Anadia, para ouvirem e apreciarem os seis temas que cada grupo coral interpretou maravilhosa e melodiosamente, muito do agrado de todos os presentes, pela forma como aplaudiram entusiasticamente os coralistas e as suas vozes.
Esperamos que mais concertos aconteçam ao longo do ano na nossa região, pois felizmente, verifica-se que existe qualidade e público.
Paulo Cardoso

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Anadia recebe o escritor António Vilhena

Anadia recebe o escritor António Vilhena

A Praça da Juventude, em Anadia recebe, no próximo dia 21 de dezembro (domingo), pelas 16h, a sessão de apresentação de obras da autoria de António Vilhena.
O evento, inserido no programa de animação natalícia promovido pelo Município de Anadia, dará a conhecer a mais recente obra poética deste escritor alentejano radicado em Coimbra: “Cartas a um amor ausente”. Trata-se de um conjunto de 40 cartas de amor, com prefácio de Nair de Nazaré Castro Soares, que o autor descreve como “textos poéticos que remetem para um diálogo amoroso entre duas pessoas que não se conhecem e que cultivam a relação através da leitura”.
Na ocasião, António Vilhena apresentará também o seu 12.º livro e mais recente trabalho. Trata-se de uma obra para crianças – “A Orquestra da Formiga Barriguda e os Sons da Água” – a terceira aventura do simpático inseto que, desta vez, resolve aprender música e formar uma orquestra com os seus amigos, para imitar os sons da natureza. O livro foi ilustrado por Inês Massano e traz consigo um CD de canções (músicas de José Luís Madeira e letras de António Vilhena).

 

 

 

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com