Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Arquivo | Oliveira do Bairro

Oliveira do Bairro: Intercâmbio escolar com Lamballe vai continuar

Oliveira do Bairro: Intercâmbio escolar com Lamballe vai continuar

Uma comitiva do concelho de Oliveira do Bairro deslocou-se à cidade francesa de Lamballe, geminada com a cidade, sede deste município bairradino, para uma reunião de preparação dos próximos intercâmbios escolares, iniciativa que já decorre há aproximadamente 17 anos.
A comitiva liderada pela Presidente do Comité de Geminação português, Elsa Pires, que é também vereadora da Educação na autarquia oliveirense, incluiu os diretores e alguns professores do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Bairro e do Instituto de Promoção Social de Bustos, que estiveram por terras francesas entre 30 de março e 1 de abril. A comitiva bairradina reuniu-se com o Comité de Geminação de Lamballe e com os diretores e professores das quatro escolas francesas envolvidas na iniciativa.
Na reunião foram definidas as datas de realização dos intercâmbios, os temas de trabalho para as escolas em função do nível de escolaridade, a idade dos alunos que vão participar em cada projeto e as visitas a realizar, entre outros assuntos pertinentes.
De acordo com Elsa Pires, “foi uma reunião muito produtiva, em que se deram passos importantes para o sucesso deste projeto, pois prevaleceu a ideia partilhada de que estes intercâmbios são muito profícuos para os alunos de ambos os municípios.” O trabalho de preparação de cada projeto vai continuar agora em cada uma das escolas envolvidas até à realização do próximo intercâmbio, que terá lugar no mês de novembro.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Horóscopo

tita_horoscopo

PREVISÕES SEMANA 16

SIGNO DO MÊS – CARNEIRO

Nascidos entre 21/3 a 20/4

Elemento: Fogo Governado por Marte

Os nativos de carneiro tem a fama de serem extremamente frontais e diretos e com reacções instantâneas, agem quase sempre no impulso. Reagem primeiro e pensam depois. São pessoas dotadas de uma impaciência que chega a testar todos os limites de quem com eles convive. Porém, para tomarem decisões é totalmente o oposto. Indecisos até à exaustão. São nativos dotados de uma energia fora do comum, são considerados os guerreiros do zodíaco. Pessoas dotadas de um temperamento muito forte, são capazes de se chatearem ferozmente só para fazer valer os seus pontos de vista. No que toca a amores estes nativos apaixonam-se facilmente mas também com a mesma facilidade se desligam e partem para outra. São pessoas orgulhosas e dificilmente dão o braço a torcer, também tem tendência para gerir a família em regime tipo militar.

 

CARNEIRO  | TOURO  | GÉMEOS  | CARAGUEJO  | LEÃO  | VIRGEM | BALANÇA  | ESCORPIÃO | SAGITÁRIO | CAPRICÓRNIO | AQUÁRIO  | PEIXES


carneiro_certo
CARNEIRO
CARTA: O ÁS DE ESPADAS SIGNIFICA SUCESSO
AMOR – Situações menos agradáveis podem repetir-se pondo cada vez mais à prova a sua capacidade de resistência a conflitos.
DINHEIRO – Determine objectivos concretos, não deve gerir a sua vida sem planos bem definidos.
SAÚDE – Deve verificar como anda a sua saúde oral.


Touro_certo
TOURO
CARTA: O LOUCO SIGNIFICA EXCENTRICIDADE
AMOR – Se estiver só, terá o desejo de encontrar alguém, mas terá a ideia errada de que não está à altura. Valorize-se acima de tudo.
DINHEIRO – Preocupações a nível financeiro, vão deixá-lo instável. Preveja soluções com fundamento, para dar conta do recado.
SAÚDE – Deve evitar que o nervosismo afete o seu dia a dia.


gemeos_certo
GÉMEOS
CARTA: O REI DE OUROS SIGNIFICA ESPÍRITO PRÁTICO
AMOR – Será abençoado com momentos de partilha. Terá a sensação real de que o seu par lhe dá muito mais do que amor.
DINHEIRO – Vai encontrar tarefas difíceis. Concentre todo o seu tempo de forma  aum ou a outro
SAÚDE – Sem problemas de ordem maior.


caranguejo_certo
CARANGUEJO
CARTA: O NOVE DE ESPADAS SIGNIFICA ANGÚSTIA
AMOR – Andará mais virado para si próprio e parece que ainda não é desta que vai acertar com alguém. Tome uma atitude para alcançar o que deseja.
DINHEIRO – vai sentir necessidade de recolhimento. Respeite e verá que dará facilmente a volta por cima.
SAÚDE – Cuidado com esforços que possam prejudicar a sua coluna.


Leao_certo
LEÃO
CARTA: O MUNDO SIGNIFICA FELICIDADE
AMOR – Poderá surgir uma viagem ou escapadinha para usufruir de momentos românticos com o seu par.
DINHEIRO – Os seus desejos de mudança estão por fim a acontecer. Faça algumas mudanças na orientação financeira do seu orçamento.
SAÚDE – Não há problemas de maior a registar.


virgem_certo
VIRGEM
CARTA: RAINHA DE COPAS  SIGNIFICA AMIGA SINCERA
AMOR – Poderá contar com uma amizade especial para superar momentos de maior solidão e confusão afetiva.
DINHEIRO – Não deixe que flutuações de humor prejudiquem o seu desempenho profissional.
SAÚDE – Tendência par o aumento de peso. Contra ataque com exercício.

balanca_certo
BALANÇA
CARTA:  O PAPA SIGNIFICA SABEDORIA
AMOR – Por vezes é necessário sair de cena para clarificar os sentimentos. Não seja impulsivo.
DINHEIRO – Evite envolver-se em disputas e confusões. Mantenha uma postura extremamente íntegra e profissional.
SAÚDE – Possíveis problemas a nível de visão. Consulte o oftamologista.


escorpiao_certo
ESCORPIÃO
CARTA:  O CAVALEIRO DE COPAS SIGNIFICA BOA PROPOSTA
AMOR – Pode ainda estar preso a alguém do seu passado e enquanto não se libertar desses sentimentos, não conseguirá viver em pleno o que aparece no seu caminho.
DINHEIRO – Sentirá necessidade de refletir sobre os gastos e de reorganizar a sua economia familiar para se sentir seguro.
SAÚDE – Estará na altura de fazer alguns exames de rotina.

sagitario_certo
SAGITÁRIO
CARTA: O MAGO SIGNIFICA HABILIDADE
AMOR – Poderá estar na altura de fazer um balanço da sua vida. Eventualmente deverá definir novas metas e saber se está preparado para novos desafios.
DINHEIRO – Se determinadas propostas não o satisfazem, deve rejeitá-las para dar lugar a outras mais vantajosas.
SAÚDE – Tendência para enxaquecas.


capricornio_certo
CAPRICÓRNIO
CARTA: O 10 DE OUROS SIGNIFICA PERÍODO DE SORTE
AMOR – uma amizade terá tendência para evoluir para o amor, esta semana continua nessa vibração espontanea. Deve agir consoante as coordenadas do seu coração.
DINHEIRO – A sua capacidade de negociação estará em alta. Não receie ansiar por novos voos.
SAÚDE – Poderá surgir algum desconforto de ordem nervosa.

aquario_certo
AQUÁRIO
CARTA: A FORÇA SIGNIFICA DOMÍNIO
AMOR – Vai sentir-se feliz por conseguir alcançar os seus objetivos. a altura é para festejar.
DINHEIRO – Perspetiva-se uma fase positiva em que irá receber o retorno do esforço encetado no passado.
SAÚDE – Deve evitar cometer excessos alimentares e outros que possam prejudicar a sua saúde.


Peixes_certo
PEIXES
CARTA: O CARRO SIGNIFICA VITÓRIA
AMOR – Esta semana irá viver momentos de grande carinho e cumplicidade. Declare-se sem receios.
DINHEIRO – Tudo o que fizer com paixão e entrega total, só poderá trazer resultados positivos.
SAÚDE – Tendência para alguns problemas de ordem muscular.

CARNEIRO | TOURO | GÉMEOS | CARAGUEJO | LEÃO | VIRGEM | BALANÇA | ESCORPIÃO | SAGITÁRIO | CAPRICÓRNIO | AQUÁRIO | PEIXES

Posted in Horóscopo, Oliveira do Bairro0 Comentários

Corrida de carrinhos de rolamentos de regresso a Oliveira do Bairro

Corrida de carrinhos de rolamentos de regresso a Oliveira do Bairro

A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, em parceria com as Juntas de Freguesia do concelho, vai promover a III Corrida de Carrinhos de Rolamentos, que será disputada no dia 17 de maio, integrada no programa do VIVA as Associações 2015.
Esta corrida, que tem como particularidade a utilização de veículos desenhados e construídos para serem propulsionados pela força da gravidade, pretende trazer à cidade a emoção das brincadeiras dos velhos tempos, dando a possibilidade a todos os apaixonados pela velocidade e pelas “aventuras de antigamente” de demonstrarem a sua criatividade e habilidade através da construção e condução das suas viaturas.
A III Corrida de Carrinhos de Rolamentos de Oliveira do Bairro contará com três modalidades – velocidade, perícia e criatividade – num trajeto de cerca de 900 metros, desde o Quartel das Artes Dr. Alípio Sol até à antiga Cerâmica Rocha. Na prova de velocidade, o objetivo é competir pela melhor classificação em corrida, disputada em eliminatórias, enquanto que a prova de perícia vai premiar o melhor tempo, passando pelo maior número possível de obstáculos ao longo do percurso. O terceiro prémio em disputa será atribuído aos três carrinhos mais originais, que surpreendam pela sua criatividade. A concentração dos veículos está marcada para as 8h de dia 17 de maio, junto ao edifício dos Paços do Concelho, estando o início das provas marcado para as 9h30.
Os interessados em participar devem entregar a sua ficha de inscrição na Câmara Municipal ou nas Juntas de Freguesia do concelho, ou então enviar a mesma via e-mail para o endereço carrinhosrolamentos@cm-olb.pt. A data limite para receção das fichas de inscrição é dia 11 de maio às 15h.
Podem participar nesta prova todos os que, individualmente ou organizados em grupos de empresas, associações, escolas, freguesias e amigos, tenham mais de 13 anos, sendo que os menores devem fazer-se acompanhar por uma autorização dos encarregados de educação.
O regulamento da corrida pode ser consultado no site da Câmara Municipal em www.cm-olb.pt.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Santa Casa de Oliveira do Bairro inicia ciclo de conferências na sexta-feira, dia 17

Santa Casa de Oliveira do Bairro inicia ciclo de conferências na sexta-feira, dia 17

A Santa Casa da Misericórdia do Concelho de Oliveira do Bairro está a organizar um ciclo de conferências com o objetivo de promover momentos de partilha de experiencias e de debate, sobre temas que preocupam as organizações sem fins lucrativos em particular e as organizações em geral, independentemente da sua tipologia e área de intervenção.
A primeira é já esta sexta-feira, dia 17 de abril, às 19h, e será sobre “Gestão de pessoas nas organizações / Capital humano nas OSFL como fator de sustentabilidade”. Terá como orador o Professor da Universidade de Aveiro, Arménio Rego. Uma organização para crescer tem de cativar e manter os seus “talentos” (numa perspetiva lata, considerando talentos como todos os profissionais que são bons e têm competências pessoais e técnica que são mais valias para a organização) e deve proporcionar também o seu crescimento e satisfação pessoal e profissional. Neste sentido, a gestão de pessoas é uma fator crítico de sustentabilidade. Que desafios as organizações enfrentam, no contexto atual, na gestão de pessoas ao nível da motivação, do desempenho, da produtividade e da organização e como isso pode ser foco de felicidade e crescimento é o tema em debate esta sexta-feira.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

“As contas que apresentamos são sãs e com sinais positivos”, acentua presidente da câmara de Oliveira do Bairro

“As contas que apresentamos são sãs e com sinais positivos”, acentua presidente da câmara de Oliveira do Bairro

É “mais um ano de boas contas”. Foi assim que o autarca Mário João Oliveira abriu a sessão de câmara extraordinária de quinta-feira, dia 2 de abril, de apresentação do relatório de gestão e dos documentos de prestação de contas de 2014. “O mais relevante”, acrescentou, “é que são contas que evidenciam a realidade do município, contas sãs e com sinais positivos”.

Uma explanação que, contudo, não acolheu o parecer favorável dos vereadores do CDS-PP, que votaram contra (os documentos seriam aprovados por maioria, com os quatro votos favoráveis dos vereadores do PSD).

Relativamente aos números, Mário João Oliveira começaria por destacar a taxa de execução que mereceu uma decisão formal de cabimentação que ascendeu a quase 90% (89,1%). Já a taxa de compromisso foi de 87,7%.

Após destacar que as contas foram auditadas, pelo terceiro ano consecutivo, por um Revisor Oficial de Contas, o presidente ressalvou as obras que, ao longo do ano, mereceram especial atenção da autarquia, como o Centro de Saúde, a EB 2/3, a Incubadora de Empresas, a Feira da Palhaça, o IPB – Instituto Profissional da Bairrada, assim como o reforço no apoio às associações (mais 120 mil euros comparativamente a 2013). Focou ainda a inauguração do Quartel das Artes e a entrada em funcionamento de mais dois polos escolares: Oiã Nascente e Oiã Poente.

Na sua apreciação do documento, o vereador do CDS-PP, Jorge Pato, começaria por dar a sua visão política, elencando aquilo que teria sido prioridade do seu partido: a Cerâmica Rocha, a zona da estação da CP, que considerou “muito abandonada”; a passagem superior do caminho de ferro, “que continua por resolver”; a piscina de Oiã, o parque de camiões na cidade e o auditório necessário na Escola de Artes, “que ainda não existem”, bem como a questão da Feira de Bustos. Tudo situações que Mário João Oliveira considerou “não fazerem sentido para esta discussão”, frisando ainda que “as nossas prioridades voltariam a ser as mesmas” e que, quanto às referidas pelo vereador da oposição, “serão resolvidas a seu tempo”.

Jorge Pato comentaria ainda que a Câmara poderia aproveitar a folga que tem neste momento “e devolver IRS aos cidadãos, como o CDS sugeriu”. Contrapondo a elevada taxa de execução do cabimentado, focar-se-ia no pago, de cerca de 67% face à 2.ª revisão do orçamento e que seria de 62% “se tivessemos em consideração o orçamento inicial”, taxa que considerou “muito pobrezinha”.

Ressalvou que a receita do IMI voltou a aumentar, “cerca de um milhão de euros nos últimos cinco anos” e que, por isso mesmo, “se justificava que o executivo tivesse aceitado a proposta do CDS-PP, de reduzir a cobrança às famílias mais numerosas”.

Sobre isso, Mário João Oliveira disse apenas que o executivo “votou contra o apoio às famílias mais ricas e não às famílias mais numerosas”.

Leia a notícia completa na edição de 9 de abril de 2015 do Jornal da Bairrada

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Oliveira do Bairro: MOB junta 650 músicos

Oliveira do Bairro: MOB junta 650 músicos

O Quartel das Artes Dr. Alípio Sol vai ser, pelo segundo ano consecutivo, o ponto de encontro da Festa da Música e dos Músicos de Oliveira do Bairro. O MOB vai juntar em três dias, de 17 a 19 de abril, 650 artistas de todo o concelho. Serão 20 concertos e dois espetáculos de folclore, onde não faltarão Bandas, Músicos, Folclore, Promessas e Vozes, unicamente para celebrar, com o público, uma das nossas mais profundas condições, a Música.
Em 2014, circularam pelo QA mais de 3 mil pessoas, número que se espera igualar ou mesmo superar em 2015.
O MOB começa às 21h15 de sexta-feira, dia 17, terminando pelas 00h30. No sábado, das 14h30 às 00h30 e, no domingo, das 10h30 às 20h30.
A entrada é livre em todos os concertos, sujeita à apresentação do bilhete geral e à lotação dos espaços. Levante o seu bilhete no QA, Biblioteca Municipal e Polos de Leitura, Escola de Artes e FUOB. O bilhete MOB dá acesso a todos os espetáculos e deve ser conservado até ao fim do evento.

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Arsélio Pato de Carvalho homenageado em evento internacional de neuroética

Arsélio Pato de Carvalho homenageado em evento internacional de neuroética

O diretor do Instituto de Educação e Cidadania (IEC) da Mamarrosa e professor jubilado do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra, Arsélio Pato de Carvalho, vai ser homenageado no evento internacional de ética das neurociências, ICONE, a ter lugar, nos dias 9 e 10 de Abril, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

A homenagem conta com a participação de conceituadas figuras nacionais e internacionais das neurociências como Catarina Resende de Oliveira do CNC, João Lobo Antunes, Alexandre Castro Caldas, Jean-Pierre Changeux, do Collège de France, e Elkhonon Goldberg, fundador e Diretor do Luria Neuroscience Institute.

O evento, organizado pelo Instituto de Bioética da Universidade Católica Portuguesa, visa debater o papel da ética nos projetos de estimulação e mapeamento do cérebro, de modo a prevenir uma potencial desumanização.

Nascido a 1 de Agosto de 1934, Arsélio Pato de Carvalho foi para os Estados Unidos com 16 anos, onde se licenciou em bioquímica e obteve doutoramento em fisiologia celular na Universidade da Califórnia, em Berkley. O homenageado fundou o primeiro Laboratório Associado Nacional em 1990, o Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) da UC, o qual dirigiu durante 12 anos.

Em 2002-2003 foi Reitor da UC e, em 2007, foi condecorado pelo Presidente da República com o Grau de Grande-Oficial da Ordem Infante D. Henrique.

Atualmente, Arsélio Pato de Carvalho é o Provedor do Bolseiro de Investigação e Diretor do Instituto de Educação e Cidadania, do qual também é fundador, localizado na sua terra natal, Mamarrosa, concelho de Oliveira do Bairro.

Posted in Destaque, Mamarrosa, Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Rotary Club de Oliveira do Bairro: Reconhecimento do Mérito Profissional a Milton Simões da Costa

Rotary Club de Oliveira do Bairro: Reconhecimento do Mérito Profissional a Milton Simões da Costa

O Rotary Club de Oliveira do Bairro está a organizar, para o próximo dia 19 de abril, domingo, às 12h30, uma cerimónia de Reconhecimento do Mérito Profissional ao Professor Doutor Milton Simões da Costa, e que decorrerá no Restaurante “Dois Telheiros”, no Sobreiro, Bustos, sua terra natal.
Milton Costa estudou nos Estados Unidos, para onde foi viver com os pais ainda muito novo, e onde concluiu o Mestrado e posteriormente, o Doutoramento na área da Microbiologia, em 1977. Regressou a Portugal, tendo sido aceite na Universidade de Coimbra, como Professor Auxiliar e onde é atualmente Professor Catedrático e investigador no Departamento de Ciências da Vida.
Do vasto currículo profissional e académico, destacamos algumas notas relevantes:
– É Editor Administrativo ou Membro do Corpo Editorial de várias revistas científicas internacionais de grande prestígio;
– Recipiente de 15 projetos da Fundação para a Ciência e Tecnologia e 9 da Comissão Europeia;
– É membro e líder de algumas prestigiadas instituições científicas nacionais e internacionais, como por exemplo da Sociedade Portuguesa de Microbiologia (atual presidente da Assembleia Geral); Federation of Europian Microbiological Societies (de que já foi Vice-presidente e presidente); Lboratório de Microbiologia, no Biocant, em Cantanhede (atual Diretor) e outras;
– Tem uma obra literária científica muito vasta com mais de 200 artigos, publicados em co-autoria em livros e revistas científicas internacionais. É detentor de 4 patentes resultantes de trabalho científico profícuo.
Mas o prestígio do Professor Milton não fica resumido nesta componente científica. O seu humanismo, humildade, altruísmo e os altos níveis de ética profissional, são também algumas das características que fazem dele uma pessoa conhecida e respeitada por todos os que com ele têm trabalhado e/ou convivido.
Por tudo isto e muito mais, o Rotary Club de Oliveira do Bairro entendeu que era altura de mostrar o reconhecimento ao Professor Milton Costa. O Rotary convida, pois, toda a comunidade a testemunhar esse reconhecimento, estando presentes na referida cerimónia.
As inscrições podem ser feitas pelos telefones 917 530 830 (presidente RC Ol. Bairro) ou 966 923 884 (Secretário) ou 234 753 852 (“Dois Telheiros”) ou pelo email: rotayolbairro.presidente@gmail.com até ao dia 12 de abril.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

O. Bairro: Nova direção da CALCOB está determinada  em manter crescimento sustentável

O. Bairro: Nova direção da CALCOB está determinada em manter crescimento sustentável

A Cooperativa Agrícola dos Lavradores do Concelho de Oliveira do Bairro (CALCOB) tem nova direção. Os novos corpos sociais, encabeçados por João Paulo Seabra, estão empenhados em continuar a estratégia de inovação e encontrar novas soluções e alargar os serviços que já prestam. O triângulo de ação passa por três pilares fundamentais: associado, CALCOB e cliente.

Jornal da Bairrada – Que desafios se colocam a esta nova direção?
Direção da CALCOB – Sabemos que a era em que vivemos é de desafios. Temos consciência de que nenhum momento é igual a outro, porque o tempo, as variáveis e as circunstâncias alteram-se e exigem tomadas de decisão em concordância com esse ambiente.
A CALCOB encontra-se numa situação bastante saudável e pacífica, cujo crescimento queremos que continue a ser pautado pela análise ponderada e pela sustentabilidade. O nosso triângulo de ação passa por três pilares fundamentais: associado, CALCOB e cliente.
Toda a nossa estratégia continuará a passar por alcançar a satisfação do nosso associado, através de uma política de ação baseada na confiança e na lealdade. Assumimos o desafio de procurar aproximar o associado da sua Cooperativa e aumentar o elo de união que liga a CALCOB ao seu Associado.
Vivemos um período ainda com instabilidade económica, e a CALCOB, cujo modelo de governação assenta nos valores económicos, mas também na justiça social, equidade e transparência vê a sua atividade condicionada pelas diversas variáveis externas. A CALCOB continuará a preocupar-se com o incremento da economia e do emprego.

Qual é a estratégia da CALCOB?
A CALCOB pautar-se-á por uma estratégia de racionalização dos custos, eficiência energética e de recursos, mas nunca descurando a responsabilidade social e ambiental. O paradigma económico e social é mutável, por isso assumimos o compromisso de promovermos a identidade cooperativa da CALCOB.
Olhamos para o associado com um olhar de primazia, mas não descuramos o nosso cliente/ consumidor. As cooperativas, nomeadamente a CALCOB, estão inseridas num ambiente operacional altamente competitivo, por isso temos de apostar fortemente em produtos com elevado valor acrescentado; produtos diferenciados, defendendo elevados padrões de qualidade e de rastreabilidade e explorando novos mercados (nacional e externo). Assumimos o desafio de conquistar e fidelizar o nosso cliente/consumidor.
Os desafios de cada um destes pilares serão aliciantes, mas procuraremos trabalhar em sinergia com todos, para que esta seja uma relação benéfica para todos os parceiros.

O que é hoje a CALCOB?
Criada em 1975, a CALCOB, hoje em dia, é uma cooperativa de referência do setor agrícola nacional. Desde há quase quatro décadas temos procurado inovar a cada dia que passa, superando-nos a cada projeto delineado. Começámos com o setor da batata de consumo e a venda de fatores de produção, seguiu-se a aposta na batata de semente, alargámos a nossa área de negócio às hortícolas, sempre com um plano de formação que capacitasse os nossos agricultores e os nossos colaboradores.
Atualmente inaugurámos uma nova unidade que nos permitiu aumentar a capacidade de produção da batata de consumo e das hortícolas de I Gama e simultaneamente apostar numa nova gama de produtos: a IV Gama. E com estes projetos somos já mais de 70 colaboradores. Somos uma organização cooperativa, com uma importante vertente económica e social, procurando ser um impulsionador de emprego, de incentivo à agricultura e de dinamização da região.

A agricultura como está? E para onde caminha?
Na nossa região, a agricultura é, essencialmente, de minifúndio e de cariz familiar, onde grande parte da população ativa está ligada à agricultura, o que, por si, é um fator de vitalidade para o setor. No entanto, também assistimos a um incremento de jovens licenciados que apresentam projeto e se estão a iniciar na agricultura.
As pessoas que se dedicam a esta atividade estão a tornar-se extremamente profissionais naquilo que fazem, pois, contactam com as lides da terra há bastante tempo e temos procurado muni-los com os conhecimentos e as ferramentas necessárias para que possam melhorar os procedimentos e rentabilidades das suas explorações. Notamos, nos últimos anos, uma evolução, em volume, do produto agrícola, mas que tem sido acompanhada de um decréscimo acentuado da sua valorização, refletindo-se em preços bastante baixos, exercendo uma pressão negativa significativa sobre os rendimentos dos agricultores.
Sabemos que, dado a estrutura dos nossos terrenos, há barreiras existentes à inovação, nomeadamente os custos elevados, a indisponibilidade de capitais próprios e a dificuldade de acesso ao crédito, a fraca disponibilidade de recursos humanos que se exponenciam num momento de crise económica como a atual, no entanto acreditamos que o novo PDR2020 traz incentivos para que se viabilize a agricultura e esta se torne mais profissionalizada, mecanizada, com um maior grau de organização e de formação. A agricultura tem futuro e é o nosso futuro, por isso todos temos uma palavra a dizer no seu estímulo. Valorizemos o que é nosso e exijamos que o produto colocado nas prateleiras das grandes superfícies seja nacional. Depende de mim e de si lutarmos pelo que é da nossa Terra! Virgílio, nas suas Geórgicas, disse que “como seriam venturosos os agricultores, se conhecessem os seus bens!”, eu diria “como seriam venturosos os nossos consumidores, se valorizassem os seus bens!”

Que projetos estão previstos para este mandato?
Traçar um conjunto de projetos não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer, mas é uma linha orientadora para raciocinarmos no presente, as ações e medidas que serão necessárias para construirmos um futuro ganhador. Mas o sucesso não se mede apenas pelas metas alcançadas, mas também pela forma como percorremos o caminho. E nós queremos percorrer este caminho com humildade, tolerância e dedicação. A CALCOB tem uma longa história, com projetos encetados, que temos de dar continuidade. O investimento na nova unidade tem de ser rentabilizado. Temos agora todo um trabalho de prospeção de mercado e criação de carteira de clientes para os produtos da IV Gama. À semelhança da antiga direção não descuraremos as lojas, acompanhando-as de perto e iniciaremos a elaboração do projeto de reestruturação da loja de Vagos e de Cacia. Mas como sabem, temos de ir com calma, pois queremos continuar a ser sustentáveis e ponderados. Nunca tivemos medo de inovar e esta direção procurará traçar a melhor linha de conduta para que os resultados da CALCOB sejam reflexo do trabalho e empenho de toda esta equipa.

O número de associados tem vindo a aumentar?
Sim, penso que os agricultores se vão consciencializando de que se estiverem agrupados numa organização, como a nossa Cooperativa, só têm a ganhar. A nossa atuação pretende valorizar o associado e o seu produto, dando-lhe uma maior projeção no setor agroalimentar. O nosso trabalho é o de acompanhar o agricultor desde o planeamento da produção até à entrega nas nossas instalações. Procuramos inovar, encontrar novas soluções e alargar os nossos serviços para que colmatemos possíveis lacunas que existam nesta cadeia produtiva. E constato que este trabalho realizado tem vindo a ser reconhecido, para quantificar o número de associados podemos dizer que atualmente contamos com 4771 associados e 88 destes foram inscrições desde 2014.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

Oliveira Bairro: Debate PES & Contras muito interventivo

Oliveira Bairro: Debate PES & Contras muito interventivo

No passado sábado, dia 28 de março, no Auditório do Espaço Inovação, realizou-se o III Encontro de Profissionais do setor de Economia Social e Solidária que tinha como principal objetivo o debate de ideias e de opiniões que pretendem a promoção da prestação de serviços de excelência nas OESS (Organizações de Economia Social e Solidária).
A mesa de debate foi moderada por Oriana Pataco (Diretora do Jornal da Bairrada), tendo como oradores Rui Monteiro (representante do Centro Distrital de Segurança Social de Aveiro), Ania Reis (representante da União Concelhia de IPSS`s de Águeda), Luciana Gravato (ex-Vice Provedora da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa), Maria Emília Santos (presidente da Delegação Centro da Associação dos Profissionais de Serviço Social), Cristina Arnaut (consultora e formadora na área de marketing em OESS), Luísa Coelho (Diretora Técnica da Bela Vista de Águeda), José Ignácio Martin (responsável pelas disciplinas ligadas à gestão de serviços de saúde e sociais para os seniores na Universidade de Aveiro). É de salientar a participação dos elementos da plateia, que intervieram ativamente nos temas abordados, ajudando a dinamizar o debate.
O tema em discussão no I Painel direcionou-se para as exigências no perfil dos Dirigentes das OESS – Ética vs Interesses Instalados. Sobre esta temática, Maria Emília Santos salientou que “não há um perfil, há perfis. Não há uma realidade social, há várias. O dirigente social voluntário assenta num modelo do bem-fazer, mas se queremos passar para um modelo remunerado, devemos dar prioridade à formação.”
As temáticas do debate giraram em volta do financiamento e sustentabilidade das OESS, do regime de voluntariado ou remuneração das Direções das OESS, a intervenção e papel da Rede Social, o poder das Misericórdias Portuguesas vs poder das IPSS (relativamente a esta questão um elemento da plateia justificou: “estamos no mesmo setor a lutar com armas diferentes”), a igualdade de oportunidades para todos os clientes das OESS, bem como no cálculo do rendimento per capita do agregado familiar, a qualidade dos serviços prestados e a sua humanização, a aproximação das organizações às pessoas, ponderação, prudência, proatividade e transparência na gestão das OESS.
Este debate foi rico em opiniões, ficando, no entanto, por clarificar questões como o Perfil emergente dos Diretores Técnicos/Diretores Gerais nas OESS e a alteração dos Estatutos das IPSS´s ao abrigo do Decreto-Lei n.º 172-A/2014 de 14 de novembro, tendo ficado a promessa de um próximo agendamento para debater estas questões.
O III Encontro PES foi ainda marcado pelos momentos musicais proporcionados pelo grupo Coimbra Gospel Choir.
A ACIB e a Pegada Social (2.ª Edição da Especialização em Direção Técnica e Coordenação Pedagógica) deixam um agradecimento a todos os intervenientes, parceiros, patrocinadores e participantes do evento.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da Bairrada0 Comentários

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com