Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "Anadia"

Confraria dos Rojões da Bairrada com Grelo e Batata à Racha


Desfile de Confrarias, em Anadia, no âmbito do II Capítulo da Confraria dos Rojões da Bairrada com Grelo e Batata à Racha, realizado no dia 28 de fevereiro de 2015.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, VídeoComments (0)

Atuação da Orquestra Desigual da Bairrada na BTL, em Lisboa


Atuação da Orquestra Desigual da Bairrada no stand da autarquia de Anadia na BTL, em Lisboa.
Esta jovem orquestra, que fez a sua primeira atuação no passado dia 21, no cineteatro de Anadia, esteve no dia 26, em Lisoa.
Esta jovem orquestra, que fez a sua primeira atuação no passado dia 21, no cineteatro de Anadia, esteve no dia 26, em Lisboa.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, VídeoComments (0)

Presidente da República destaca “marca diferenciadora” do município anadiense


Naquela que foi a sua primeira visita ao Centro de Alto Rendimento (CAR) – Velódromo Nacional de Sangalhos, o Presidente da República reconheceu naquela infraestrutura a ousadia da Câmara Municipal ao dar corpo a este equipamento único no país. “Foi uma ousadia da Câmara Municipal de Anadia criar uma marca diferenciadora em relação aos outros municípios vizinhos, apoiada no desporto”, diria. Foi no passado dia 18, depois de presidir à inauguração do Centro Escolar de Sangalhos, localizado nas imediações do CAR.

Numa visita às instalações do Velódromo, Aníbal Cavaco Silva assistiu à exibição de atletas de várias modalidades que aqui têm as suas federações instaladas (judo, esgrima, ciclismo e ginástica, trampolins e desportos acrobáticos).
Num evento onde não faltaram os judocas Telma Monteiro e Nuno Delgado, a ginasta Filipa Martins, o ciclista Ivo Oliveira e os atletas de trampolins, Ana Rente e Diogo Ganchinho, o presidente da República não deixou de sublinhar que os atletas nacionais, nomeadamente os de alta competição, devem ser um exemplo para os portugueses na superação de dificuldades: “os nossos campeões são um exemplo de superação de dificuldades” e devem inspirar os portugueses no esforço desenvolvido, para consolidar uma nova fase da economia portuguesa. Referindo-se ao crescimento económico que começou em 2014, ao crescimento do emprego e à redução de alguns desequilíbrio (externo e das contas públicas), Cavaco Silva reafirmou que só todos juntos podem contribuir para que o país “entre numa fase de maior coesão e justiça social, para o benefício de todos”, afirmou.
Na ocasião, destacou ainda a capacidade que o município tem ao nível do setor vitivinícola, sendo também um município com forte tradição no turismo de saúde (termalismo), a que se junta agora o turismo de desporto, “complementaridade que Anadia consegue oferecer”, e que permite criar um desenvolvimento sustentável.

Antes, o presidente da República esteve no Centro Escolar de Sangalhos, onde presidiu à inauguração daquele novo equipamento. E referindo-se ao mesmo, destacou “o momento de alegria para todos” e a importância que ele representa para pais e alunos, já que se trata de um equipamento de qualidade que proporciona condições para um melhor aproveitamento escolar. Felicitando a autarquia anadiense pela aposta feita na Educação, que considera ser um “desígnio nacional que deve todos unir”, Cavaco Silva sublinhou o facto destes novos centros escolares proporcionarem melhores condições de aprendizagem.

Em dia de festa e de visita presidencial, a autarca Teresa Cardoso não deixou de tecer algumas críticas e deixar alguns recados ao poder central, não só em relação à Educação, como também em relação a outras áreas estratégicas para o desenvolvimento do município.

E se a renovação do parque escolar desenhada na carta educativa foi possível graças à comparticipação pelos fundos comunitários (permitiram a construção de quatro centros escolares: Anadia, Paredes do Bairro, Avelãs de Cima/Avelãs de Caminho e Sangalhos), rondando o investimento total cerca de nove milhões de euros, a edil anadiense não deixou de se referir ao facto do município ter disponibilizado ao Estado cerca de 42.600m2 de terreno para a construção da nova Escola Básica e Secundária de Anadia, mostrando-se preocupada em relação ao registo desses mesmos terrenos. Tudo porque já passaram alguns anos, estando agora em causa a permuta com os imóveis das escolas que consequentemente encerrarão.
Um acordo verbal, que não passou ainda para o papel, temendo a autarca que estes edifícios devolutos, não sendo entregues à autarquia, “corram o risco de serem esquecidos, abandonados e eventualmente vandalizados, acentuando a degradação que hoje os mina”.
Debruçando-se também sobre a descentralização de competências, avançou que o atual Estado central apressa-se a descentralizar setores cruciais, “reconhecendo a capacidade da Administração Local” mas não acautelando que essa repartição das responsabilidades seja acompanhada da necessária garantia dos recursos financeiros inerentes e adequados à boa prestação dos serviços em causa.
Catarina Cerca
Leia a reportagem completa na edição de 26/02/2015 do Jornal da Bairrada

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Programa da Feira da Vinha e do Vinho 2015 apresentado na BTL


O Município de Anadia apresentou esta quarta-feira, 25 de fevereiro, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), o programa da Feira da Vinha e do Vinho 2015, que se realiza de 20 a 28 de junho.

O programa foi dado a conhecer no stand do município. Aqui ficam os nomes dos artistas que vão animar a Feira deste ano:

– 20 de Junho: Anselmo Raph
– 21 de Junho: Camané
– 22 de Junho: Quim Barreiros
– 23 de Junho: Diabo na Cruz
– 24 de Junho: Jorge Palma
– 25 de Junho: D.A.M.A.
– 26 de Junho: LedOn – Tributo a Led Zeppelin e Algarve Party
-27 de Junho: Gabriel o Pensador
– 28 de Junho: Marchas Populares

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Loja Social precisa de voluntários


O Banco Local de Voluntariado de Anadia (BLVA), coordenado pela Câmara Municipal de Anadia, procura voluntários para colaborarem na Loja Social – Salpicos de Carinho, em Anadia.
A Loja Social – Salpicos de Carinho é uma associação particular de solidariedade social, sem fins lucrativos, criada por três cidadãs de Anadia, com o objetivo de recolher, angariar e redistribuir vestuário, bens e calçado, para cedência gratuita a famílias com dificuldades socioeconómicas, devidamente sinalizadas, e a instituições sociais do concelho de Anadia, no âmbito da Rede Social de Anadia.
Instalada no Mercado Municipal de Anadia, a Loja funciona todas as quartas-feiras de manhã e no primeiro e terceiro sábados de cada mês.
Caso os voluntários não tenham disponibilidade nos dias mencionados, o exercício do voluntariado é também possível de forma mais pontual.
O BLVA é dinamizado pela Câmara Municipal de Anadia, juntamente com o Centro Social, Cultural e Recreativo da Freguesia de Avelãs de Cima e com o Centro Social, Cultural e Recreativo da Poutena, e conta atualmente com a colaboração de 67 voluntários. É um espaço de encontro entre pessoas que expressam vontade de ser voluntários, bem como de entidades promotoras que reúnam condições para os integrar.
As informações sobre o BLVA estão disponíveis em www.cm-anadia.pt (Serviços > Ação Social) e os interessados em obter esclarecimentos poderão contactar esta entidade pelo telefone 231510486 ou através do endereço de correio eletrónico voluntariado.anadia@hotmail.com.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Município duplamente representado na BTL


O município de Anadia vai ter um stand próprio na BTL (Feira Internacional de Turismo de Lisboa) ainda que vá estar também presente no stand do Turismo Centro de Portugal (TCP), onde estão representados os cerca de 100 municípios que integram esta região centro do país.
A edil Teresa Cardos justifica esta opção com o facto do tempo disponibilizado pelo TCP, aos 11 municípios que integram a CIRA (Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro) ser muito reduzido: dia 26, das 14h30 às 16h, para os 11 municípios.
“É um tempo muito reduzido para que cada um dos concelhos possa evidenciar ou apresentar a representação turística do seu território ou o que se entende, por bem, levar a uma mostra desta natureza”. Por isso, foi entendimento do executivo que lidera estar o município representado com um stand próprio na BTL onde será realizada a promoção das riquezas do concelho, com destaque para as Termas da Curia e de Vale da Mó, mas também para o setor mais emblemático – o vitivinícola – e naturalmente o gastronómico.
“Relativamente aos vinhos, vamos dar ênfase a um aspeto que queremos afirmar: Anadia Capital do Espumante”, disse, revelando ainda que esta decisão de estar presente na BTL se deve igualmente a uma manifestação favorável da parte dos hoteleiros e produtores que, desta forma, querem ir ao encontro do que entendem ser necessário para afirmar o concelho no panorama turístico nacional e internacional.
“O nosso espaço vai estar disponível às unidades hoteleiras e produtores que ali queiram mostrar o que de melhor têm para oferecer”, acrescentou. Ainda neste âmbito, a Câmara Municipal de Anadia vai também promover uma visita de autocarro a todos os vereadores e deputados municipais que desejem visitar o certame. Será no dia 26.
Acrescente-se que a BTL 2015 realiza-se de 25 de fevereiro a 1 de março na FIL. Promovida pela Fundação AIP, através da AIP – Feiras Congressos e Eventos, a BTL 2015 pretende captar mais de 68 mil visitantes durante os cinco dias, consolidando assim o crescimento de 5% alcançado em 2014.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Colóquio sobre José Luciano de Castro traz especialistas à Curia


O “Colóquio de Homenagem a José Luciano de Castro”, a realizar na Curia, no próximo dia 28 de fevereiro, entre as 9h30 e as 13h30, no Salão Casino das Termas, vai ser o ponto alto do ciclo evocativo da vida e obra do estadista que a Câmara Municipal de Anadia tem vindo a promover a propósito do centenário da morte do conselheiro.
As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, estando limitadas a 100 participantes.
A Comissão Científica deste encontro é presidida pelo constitucionalista Jorge Miranda, da Universidade de Lisboa, que trará à Curia a comunicação “Sobre o projeto da reforma da Carta Constitucional de José Luciano de Castro”, enquanto António dos Santos Justo, da Universidade de Coimbra, recordará “José Luciano de Castro. Ecos de um Homem de Anadia e de Portugal”. O enquadramento histórico ficará a cargo de Luís Reis Torgal, também da Universidade de Coimbra, que explicará o papel de “José Luciano de Castro em tempo de transição para a República”, e de Nuno Rosmaninho, da Universidade de Aveiro, a quem cabe desvendar a “Anadia de José Luciano de Castro”. Manuel Cardoso Leal, autor de um estudo sobre o estadista, será o moderador do colóquio.
A presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, preside à Comissão de Honra.
Com este encontro, a Câmara Municipal de Anadia pretende contribuir para ampliar o conhecimento científico sobre José Luciano de Castro (1834-1914), nas esferas de ação governativa, jurídica, jornalística e até pessoal, e enquadra-se na série de iniciativas evocativas da figura do conselheiro (edições, exposições, cerimónias de homenagem e outras ações de divulgação da sua vida e obra) que vêm sendo realizadas desde 2013.
O evento conta com a colaboração da revista O Direito, fundada em 1868 pelo homenageado, que foi também seu diretor.
Os interessados em participar neste colóquio podem, desde já, solicitar a respetiva inscrição via e-mail para o endereço cul.turismo@gmail.com.

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Mário Teixeira recandidata-se à presidência dos Bombeiros


Mário Teixeira, atual presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA) vai recandidatar-se para mais um mandato à frente dos destinos daquela associação.
Com eleições previstas para o dia 29 de março (e sem se conhecer para já a existência de mais candidaturas), Mário Teixeira aponta como principais razões que o levam a querer cumprir mais um mandato, até 2017, o facto de pretender “dar continuidade a um projeto iniciado por esta direção e que não deve ser interrompido”, assim como “tendo a nova comandante apenas um ano de casa, entendo que deve ter um apoio efetivo para poder dar continuidade ao plano que idealizou quando assumiu o cargo”.
De facto, a comandante Ana Matias foi escolhida por Mário Teixeira para comandar a corporação anadiense e, por isso, defende que “não fazia sentido sair nesta altura”. Todavia, admite também que se recandidata pelo “apoio incondicional e as muitas pressões” de que tem sido alvo por parte de um grupo de associados, que entendem ser Mário Teixeira o homem com o perfil certo para continuar a liderar esta associação anadiense. Mário Teixeira reconhece ainda que o apoio absoluto da família, nomeadamente da esposa e filhos, também pesam na decisão da sua recandidatura.
Com mais de 30 anos à frente dos bombeiros e 77 anos de vida, admite que é altura de pensar em dar lugar aos mais novos, sendo este o último mandato que se propõe fazer. Em 2017, diz que irá passar a pasta a outros que poderão já, caso vença o ato eleitoral de março, acompanhá-lo neste mandato por forma a “dar, no futuro, continuidade ao trabalho que temos vindo a desenvolver”.
Quanto a listas, reconhece ser ainda muito prematuro avançar nomes até porque hoje, terça-feira, dia de fecho desta edição do JB, irá reunir, à noite, com a direção, estando em cima da mesa o tema da sucessão.
Numa reunião onde Mário Teixeira irá comunicado aos seus pares a disponibilidade de continuar à frente dos bombeiros, JB sabe que o nome de Emanuel Maia é apontado para substituir Carlos Alegre, atual presidente da Assembleia Geral, caso aquele se mostre indisponível para continuar.

Mandato com balanço positivo. Mário Teixeira reconhece que este último mandato (2012/2014) foi “bastante desgastante” mas que, apesar das dificuldades, conseguiu a sua direção “fazer uma gestão cuidada e com o equilíbrio financeiro”, mantendo “a harmonia entre a direção, o comando e o corpo de bombeiros”. Sobre a construção do novo quartel, que não saiu do papel, diz ser uma situação que o deixa “desgostoso” por não ter sido concretizado. “Mas tendo em conta a situação que o país atravessa, não acredito que venha a ser uma realidade nos próximos anos”. Daí o empenho da sua direção em criar no atual quartel as melhores condições para todos os que ali trabalham. “Temos feito obras e vamos continuar a fazer mais obra de fundo, sempre contando com o imprescindível apoio da Câmara Municipal de Anadia”, concluiu.

Homem certo para o lugar. Recorde-se que, em 2009, Mário Teixeira foi homenageado, pela sua vida dedicada aos bombeiros (seis anos como vice-presidente da direção e 24 anos ininterruptos como presidente da direção). Para além do voto de louvor “pela dedicação, honradez, trabalho e responsabilidade que durante 30 anos prestou a favor da AHBVA”, foi-lhe atribuído o Crachá de Ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses. Agora, continua a ser apontado por muitos anadienses como o homem ideal, de consenso, com disponibilidade total para viver a vida da associação.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Bicicletas públicas já circulam mas com limitações


As bicicletas públicas b-AND já circulam em Anadia. A autarquia anadiense acaba de disponibilizar a página eletrónica do serviço de bicicletas públicas b-AND, destinada à divulgação das respetivas regras de utilização, estações, horários e trajetos cicláveis. O acesso é feito a partir do website do Município de Anadia (www.cm-anadia.pt).
O projeto b-AND (bicicletas de utilização pública) foi apresentado em setembro de 2014 mas arranca agora em pleno, com a disponibilização desta nova ferramenta.
Embora não seja uma ideia inovadora, já existe em muitas outras cidades e vilas do país, poderá vir a ser bastante útil e interessante sobretudo num concelho e região com grande historial de deslocações em duas rodas. Tudo depende da recetividade e aceitação que venha a ter junto dos anadienses.
O projeto desenvolvido pela Câmara Municipal de Anadia visa fomentar o uso deste veículo na realização de deslocações urbanas, reduzindo progressivamente a circulação automóvel nos centros urbanos.
O único senão é que as bicicletas “b-AND” – nesta primeira fase apenas 25 – serão disponibilizadas nas respetivas estações (5) de bicicletas que funcionarão em horários pouco flexíveis, na maioria dos casos de segunda a sexta-feira ou até sábado. No domingo, para já, não há b-AND para ninguém.
O b-AND tem enquadramento no Projeto “AND – Mobilidade em Bicicleta no Município de Anadia”, que prevê a criação de um conjunto de infraestruturas destinadas a facilitar a circulação de bicicletas, contemplando uma rede de ciclovias que ligará, numa primeira fase, o Velódromo de Sangalhos à sede do concelho, e, numa segunda fase, Anadia à Curia.

Parqueamento. O serviço b-AND consiste na disponibilização de bicicletas públicas a partir de parqueamentos situados em pontos estratégicos da rede de ciclovias de Anadia. Para já são apenas cinco, em Anadia (na Praça da Juventude e nas Piscinas Municipais), na Curia (na Estação da Curia / sede da Rota da Bairrada e no Curia Tecnoparque), e em Sangalhos (no Velódromo Nacional). A sua gestão integrada assenta numa plataforma digital ligada à respetiva página eletrónica.

Ciclovias. O número de ciclovias pode vir a crescer no futuro, contudo, neste momento está disponível, desde 2012, a Ciclovia da Curia, com uma extensão de 2360m. Esta infraestrutura localiza-se no centro urbano da Curia, circundando o parque da estância termal: percorre toda a avenida dos Plátanos e, chegando ao Largo Dr. Luís Navega, prossegue pela Rua das Tílias, pela Rua dos Plátanos, Rua dos Ulmeiros, cursando as Novas Avenidas da Curia para, de novo, se encontrar no Largo Dr. Luís Navega.
Esta ciclovia pode ser usada tanto por peões e ciclistas como por pessoas que se desloquem de patins, trotineta ou skate. A ciclovia encontra-se assinalada com cor vermelha sobre o pavimento betuminoso, com acabamento em slurry seal.
Aquando da apresentação deste projeto, em setembro, era deixado, pela autarquia, a indicação de que a ampliação da rede de ciclovias deverá ser alvo de uma candidatura a fundos comunitários. Um projeto que, sendo viabilizado, dará, com certeza, uma outra dinâmica e visibilidade às b-AND.

Como requisitar?
Para requisitar gratuitamente uma bicicleta, basta dirigir-se a uma das cinco estações e mostrar um documento de identificação (Cartão de Cidadão, Carta de Condução, Passaporte, etc), podendo depois entregá-la em qualquer uma das estações, sem obrigatoriedade de a devolver no mesmo sítio onde a levantou. As bicicletas podem circular nas ciclovias do concelho de Anadia, bem como nas vias de trânsito habituais.
Esta rede será inicialmente servida pelas cinco estações de parqueamento de bicicletas públicas b-AND.

Horários limitados
Praça da Juventude – Anadia, de segunda-feira a sexta-feira (exceto feriados), das 9h às 19h30;

Sede da Rota da Bairrada – Curia, em horário de Verão, de segunda-feira a domingo, das 10h às 18h e em horário de Inverno, de segunda-feira a sábado, das 10h às 18h;

Complexo das Piscinas Municipais – Anadia, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h30 às 21h, e ao sábado, das 9h às 13h e das 15h às 19h30;

Centro de Alto Rendimento – Sangalhos, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h;

WRC – Agência de Desenvolvimento Regional – Curia, de segunda-feira a sexta-feira , das 9h às 18h.

 

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Tribunal da Relação do Porto rejeita recurso interposto pela Quercus contra Litério Marques


O ex-presidente e atual vereador da Câmara Municipal de Anadia equaciona agir judicialmente contra a Quercus (Associação Nacional de Conservação da Natureza), na sequência da decisão sumária proferida pelo Tribunal da Relação do Porto, que rejeitou o recurso apresentado por aquela associação.
A Quercus pretendia ver revogada a sentença (processo crime) que absolveu, no Tribunal de Anadia, Litério Marques da prática de um crime de poluição, em terrenos localizados em Vale Salgueiro (Arcos).
A decisão conhecida pelo ex-autarca na última semana, poderá agora dar lugar a uma ação movida por si contra a Quercus. O ex-presidente da Câmara Municipal de Anadia diz ter sido alvo de um “massacre”, durante uma década, enquanto presidente de Câmara Municipal.
“Não me recordo de ver qualquer Câmara vizinha ser alvo de tantos processos interpostos pela Quercus como foi Anadia”, sublinha. Por isso, diz sentir-se “tremendamente penalizado na honra e na dignidade, fora os prejuízos que estes processos trouxeram para o município”, numa clara alusão a outras ações movidas pela Quercus contra a Câmara Municipal.
“O arrastar deste processo desde 2005, o tempo perdido com recursos atrás de recursos, inviabilizando a Câmara Municipal de desenvolver normalmente a sua atividade” são apenas algumas das razões que poderão levar o ex-edil a mover uma ação contra a Quercus.
Recorde-se que o Tribunal de Anadia absolveu, em julho de 2014, Litério Marques de um crime de poluição, no âmbito de uma ação movida pela Quercus, relacionado com intervenções realizadas pela Câmara Municipal, em 2005, em cerca de 21 hectares de terrenos localizados em Vale Salgueiro.
(ler mais em edição impressa)

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com