Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "museu"

Anadia: Sábado sai à rua a 10.ª edição do Rallye Museu do Vinho Bairrada


Está aí a 10.ª edição do Rallye Museu do Vinho Bairrada.
Este emblemático Rallye acontece já no próximo sábado, dia 16 de março, em Anadia e Sever do Vouga e deverá trazer ao coração da Bairrada mais de meia centena de concorrentes, que tornam a prova numa das mais participadas, a nível nacional.
A prova, certificada pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, faz parte do Troféu Nacional de Regularidade Histórica.
Em Anadia vão apresentar-se carros clássicos de competição, provenientes de todo o país. Viaturas emblemáticas que brilharam no rally nacional nas últimas décadas.
Pedro Dias, diretor do Museu do Vinho Bairrada, avançou que “uma vez mais, a prova irá cumprir os objetivos: divulgar o Museu do Vinho Bairrada, mas também toda a região e a sua gastronomia, e ainda o patrimómio turístico da região centro”.
A organização convida os anadienses a assistirem ao evento, sobretudo às provas de perícia, sempre muito concorridas.

Programa:
9h30 – Exposição dos carros na Praça do Município, em Anadia
10h – Partida em frente à Câmara Municipal
11h45 – Super-especial de Sangalhos, no parque de estacionamento do Velódromo Nacional
17h30 – Super-especial em Sever do Vouga, na pista do Alto do Roçário
21h – Super-especial noturna, no Complexo Desportivo de Anadia
22h – Jantar de entrega de prémios, no Museu do Vinho Bairrada, em Anadia.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Ação de informação sobre Portugal no Museu do Vinho


O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, recebe a 23 de fevereiro, entre as 9h30 e as 12h30, a ação de informação intitulada “Portugal Presente no Futuro”.
Numa iniciativa da Câmara Municipal de Anadia (setor da Educação e Biblioteca Municipal), esta ação terá o seguinte programa:
9h15: Receção dos participantes
9h30: Sessão de abertura, que terá como moderador Aníbal Marques Silva, do Agrupamento de Escolas de Anadia
9h45: (Painel I)Formação para as novas cidadanias, com Conceição Couvaneiro, Professora Catedrática no Instituto Piaget
11h: Pausa
11h15: (Painel II) Educar para os valores. E que valores? com o jornalista António Marújo
12h30: Encerramento
Todos os interessados devem contactar 231 510 730.
Inscrição gratuita e limitada à capacidade da sala.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Jantar eno-gastronómico juntou à mesa autarcas de Anadia e Penacova


Com o objetivo de promover o festival anual da lampreia, a autarquia de Penacova, em parceria com a congénere de Anadia, realizou no Museu do Vinho Bairrada um jantar temático acompanhado com vinhos Bairrada da Aliança -Vinhos de Portugal.
Cerca de cinquenta “comensais“ marcaram presença para degustarem a iguaria confecionada e servida pela Escola Profissional da Beira Aguieira.
O “repasto“ iniciou-se com os tradicionais peixinhos do rio fritos, também designados por ruivacos, seguindo-se a lampreia de escabeche e a empada de lampreia que finalizaram as entradas, que foram superiormente acompanhadas pelo vinho branco Galeria Bical 2010, da Aliança. Após esta primeira incursão pelos sabores do rio Mondego, chegou a vez de se degustar o arroz de lampreia à moda de Penacova. Para acompanhar este prato “robusto”, nada melhor do que um espumante tinto, neste caso um Aliança Reserva, produzido com as castas Baga e Tinta Roriz. Para terminar o “festim” entraram os doces conventuais do Mosteiro de Lorvão, acompanhados pelo espumante reserva Bairrada Bruto 2009, da Aliança, produzido com as castas Arinto, Bical e Baga. Após o café, foi servida uma aguardente velha da Aliança, que “rematou” da melhor maneira este jantar temático.
Ao longo do jantar, a parceria estabelecida entre a Lampreia e o vinho Bairrada foi largamente elogiada e enaltecida pelos presentes, tendo os presidentes de ambos os municípios, Humberto Oliveira, de Penacova e Litério Marques, de Anadia, reforçado publicamente a ideia de retomar e estreitar os laços entre as duas regiões com a fusão dos seus embaixadores.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Jantar de Lampreia no Museu do Vinho, dia 23


O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, vai ser palco, mais uma vez, de um jantar eno-gastronómico onde se combina a Lampreia e os vinhos da Bairrada.
Numa organização conjunta dos municípios de Anadia e Penacova e da Rota da Bairrada, este evento decorrerá no próximo dia 23 de fevereiro, pelas 20h30.
Da ementa, constam peixinhos do rio, lampreia de Penacova, doces conventuais do Mosteiro de Lorvão, acompanhados pelos vinhos da região da Bairrada.
Esta ação de promoção visa associar a lampreia de Penacova aos vinhos da Bairrada, estreitando laços de cooperação e interligação de produtos regionais.
A autarquia de Penacova vai trazer a Anadia um dos restaurantes aderentes ao seu Festival da Lampreia para confecionar o prato, cabendo ao município de Anadia providenciar os produtores de vinhos da região que ofereçam o vinho para o evento.
As inscrições podem ser feitas para o Museu do Vinho Bairrada, através do contacto 231 519 780, estando limitadas à capacidade da sala, e o custo do jantar é de 25 euros por pessoa.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (2)

José Maçãs de Carvalho expõe no Museu da Misericórdia de Anadia


“Arquivo #0” é o título da exposição do anadiense José Maçãs de Carvalho, que irá inaugurar, no dia 29 de Outubro, às 16h, no Museu da Misericórdia de Anadia.
“Arquivo #0” foi mostrada em Março, no Centro de Artes Visuais de Coimbra e reunia cerca de duas dezenas de fotografias e três vídeos, revelando o incurso de José Maçãs de Carvalho nas entranhas do seu próprio corpo de trabalho, que se foi constituindo no decurso dos 20 anos de prática artística.
“Arquivo #0”, por questões logísticas, será adaptada ao Museu da Misericórdia, e contará com cerca de dez peças.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Câmara assinala Jornadas Europeias do Património no Museu de Etnomúsica


A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, associada ao IGESPAR, vai assinalar, nos próximos dias 23, 24 e 25, as “Jornadas Europeias do Património”, uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia, realizando três eventos que vão decorrer no Museu de Etnomúsica da Bairrada.

Nesse sentido e para cada um dos dias, o Museu de Etnomúsica da Bairrada oferece uma visita temática sob três áreas da sua intervenção e que fazem parte da sua missão enquanto instituição museológica: a Protecção e Salvaguarda do Património, o seu Estudo e Investigação como forma de compreender o passado e a Exposição do espólio e colecções que tem à sua guarda.

A participação é gratuita, sendo aconselhável inscrição prévia, pois cada visita terá um máximo de 20 participantes. Para mais informações e inscrições, contactar o Museu de Etnomúsica da Bairrada pelo telefone 234 757 005 ou pelo email memb@cm-olb.pt.

As visitas demoram cerca de 60 minutos e cada grupo é constituído por 20 participantes no máximo. A entrada é livre.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Aliança Underground Museum assinala Dia Internacional dos Museus


No dia 18 de Maio, comemora-se o Dia Internacional dos Museus, que o Aliança Underground Museum irá assinalar, por meio de inúmeras iniciativas, entre as quais visitas gratuitas entre as 10h30 – 13h (última visita às 11h30) e as 14h – 18h30 (última visita às 16h30), oferta de brindes surpresa e descontos em compras na loja do vinho.

O museu inaugurado há um ano estende-se ao longo das tradicionais caves da Aliança e contempla sete colecções distintas que derivam dos mais variados imaginários, num encontro de povos, lugares, crenças e culturas, em perfeita simbiose com os vinhos, espumantes e aguardentes produzidos pela empresa.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Casa Museu da Pedralva precisa de obras


O restauro da Casa Museu do Grupo Folclórico da Pedralva atinge os 20 mil euros.
Considerada urgente, pelo presidente do Grupo Folclórico, Licínio Coelho, a obra já começou, apesar dos parcos recursos financeiros. Por isso, a direcção do Grupo Folclórico faz um apelo à colaboração da Câmara Municipal de Anadia, na preservação e manutenção de um património que Licínio Coelho diz ser do concelho, para além de ser visitado por muitos grupos de fora da região.
A obra, de acordo com Licínio Coelho, visa restaurar a sede do Grupo e a Casa Museu. “Trata-se de uma casa com cerca de 100 anos e as paredes antigas, em adobos, exigem restauros e manutenções, pois deterioram-se facilmente”, destacou.
O restauro implica picar, rebocar e pintar todo o interior como exterior do imóvel. No entanto, a direcção pretende ainda recuperar a adega, sobrados da casa, a atafona mas também implantar – a obra já está em curso – uma forja antiga que foi recuperada. “As peças da forja, que pertenceu a Arnaldo Coelho, já estão na posse do Grupo. Foram-nos doadas por sua neta Isabel Coelho, radicada nos EUA”, adiantou Licínio Coelho, avançando que na Pedralva existiram, no passado, vários ferreiros e que é intenção do Grupo preservar esta profissão extinta no lugar.
Por outro lado, o Grupo está determinado em reorganizar o seu Museu. Embora vá ficar instalado no mesmo local, o Grupo procede, neste momento, à catalogação de todo o espólio (arte sacra, vestuário, louças e porcelanas, alfaias agrícolas) com a ajuda de Horário Branco, desde há muito amigo do Grupo e especialista nesta área do restauro e preservação de peças antigas. Uma grande empreitada e caminho que este grupo, com 36 anos de história, está determinado a percorrer, por forma a poder ter, num futuro próximo, a Casa Museu aberta ao público, quem sabe, integrada numa das muitas Rotas turísticas existentes na região. Nestes primeiros passos têm contado com a colaboração da JF de S. Lourenço do Bairro. O objectivo é concluir os trabalhos até à data do Festival anual do Grupo, que se realiza a 30 de Julho.

CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Escultura e pintura animam Museu do Vinho Bairrada, em Anadia


O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, inaugurou, no último sábado, um novo núcleo de exposições temporárias, desta feita, tendo como artistas convidados, Paulo Neves e Mário Vitória.
Este novo núcleo de exposições, revela, uma vez mais, uma aposta do Museu em duas linguagens plásticas distintas: escultura e pintura. Por isso, muitos foram aqueles que quiseram estar presentes nesta abertura oficial do novo núcleo que traz, a Anadia, arte contemporânea, através de um magnífico conjunto escultórico (madeira) do escultor Paulo Neves e da pintura do criativo jovem artista plástico Mário Vitória.
De destacar a pintura instalação, com mais de 30m2, feita por Mário Vitória. Uma tela de grandes dimensões que resultou de um projecto criativo do artista plástico Mário Vitória, dando resposta a um desafio feito pelo Museu do Vinho Bairrada. Esta enorme tela, pintada à mão, regista um tributo e uma glorificação à história dos espumantes na Bairrada, procurando enaltecer também o papel verdadeiramente estratégico que esta bebida tem na região e no país.
Pedro Dias, director do Museu não deixou de sublinhar a parceria com o sector vitivinícola da Bairrada (Adega Cooperativa de Cantanhede, Adega Luís Pato, Quinta dos Abibes e Quinta do Ortigão) que assumiram, com o Museu do Vinho Bairrada, a partilha de responsabilidades na organização deste novo núcleo de exposições temporárias.
Na oportunidade, Litério Marques agradeceu aos artistas por proporcionarem aos visitantes a apreciação de obras tão belas, sublinhando que a Câmara de Anadia continua empenhada em promover grandes artistas mas também ajudar a divulgar jovens artistas. O edil não deixaria de sublinhar a colaboração nestes tempos difíceis com empresas e produtores vitivinícolas da região.

CC

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Museu do Vinho inaugura novo núcleo de exposições temporárias


O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, inaugura um novo núcleo de exposições temporárias, no próximo sábado, dia 29 de Janeiro, pelas 16h.
Este novo núcleo de exposições, revela, uma vez mais, uma aposta do Museu em duas linguagens plásticas distintas. Desta vez, serão inauguradas, em simultâneo, duas grandes exposições, uma de escultura e outra de pintura/instalação.
Dando continuidade à aposta nos principais nomes e referências artísticas da arte contemporânea portuguesa, irá o Museu expor um magnífico conjunto escultórico de um dos mais prestigiados escultores portugueses da actualidade. Falamos de Paulo Neves um dos escultores com maior número de obra pública em Portugal, sendo reconhecido, quer pela principal crítica artística nacional e internacional, quer pelos seus pares.
Paulo Neves, expressa nos seus trabalhos uma força incomensurável, suportada por uma inegável originalidade nas linguagens a que recorre e que lhe atribuem especificidade e assinatura distintiva. O prestígio deste autor foi um dos motes para que o sector vitivinícola da Bairrada (Adega Cooperativa de Cantanhede, Adega Luís Pato, Quinta dos Abibes e Quinta do Ortigão) viesse a assumir, com o Museu do Vinho Bairrada, a partilha de responsabilidades na organização deste novo núcleo de exposições temporárias do Museu do Vinho Bairrada. Um forte sinal de participação activa do sector vitivinícola da região, numa aposta concertada na cultura e no enoturismo, fundamentais para uma maior visibilidade dos vinhos Bairrada.

A maior tela nacional pintada à mão, num tributo ao espumante. Mais de 30 m2 tem a pintura instalação, apresentada, agora, em Anadia. Esta tela de grandes dimensões resultou de um projecto criativo do artista plástico Mário Vitória, dando resposta a um desafio feito pelo Museu do Vinho Bairrada. Esta enorme tela pintada à mão regista um tributo e uma glorificação à história dos espumantes na Bairrada, procurando enaltecer também o papel verdadeiramente estratégico que esta bebida tem na região e no país.
Além desta obra, o artista apresenta ainda um vasto leque de pinturas, quase todas de grande dimensão, criadas em torno da temática do vinho e dos motivos associados ao precioso néctar.
Refira-se que Mário Vitória é um dos jovens artistas plásticos da actualidade que tem vindo a assumir-se cada vez mais como uma referência nacional, tendo recebido já a crítica de prestigiados críticos e escritores nacionais, tais como de Valter Hugo Mãe ou Ana Luísa Barão.
Como é habitual, a cerimónia de inauguração contará com um conjunto diversificado de actividades paralelas como por exemplo, poesia, música e lançamento de livros.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Ad Code

Pergunta da semana

Acredita na Astrologia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com