Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "sangalhos"

Sangalhos: Aceitam-se voluntários para dar apoio ao estudo


O Banco de Voluntariado de Anadia, coordenado pela Câmara Municipal de Anadia, procura voluntários para colaborarem no projeto de acompanhamento ao estudo dirigido às crianças que frequentam a Casa da Criança de Sangalhos (Centro de Acolhimento Temporário para Crianças e Jovens em Perigo).
Este projeto, que o Banco Local de Voluntariado de Anadia dinamiza há já alguns anos, visa o acompanhamento e apoio ao estudo de crianças dos 6 aos 12 anos, constituindo uma grande alavanca no sucesso do seu percurso escolar. No presente ano letivo, o Banco Local de Voluntariado necessita de voluntários que se proponham dar continuidade a este projeto tão importante para as 17 crianças da Casa da Criança de Sangalhos que, atualmente, se encontram matriculadas em escolas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Sangalhos: Feira Outonal fomenta aquisição de bons hábitos alimentares


A Feira Outonal, projeto da iniciativa do Jardim de Infância e das turmas A e F da Escola Básica de Sangalhos, do Agrupamento de Escolas de Anadia, decorreu, no passado dia 17 de outubro, entre as 10h30 às 12h30, no recinto da Escola da Pista, em Sangalhos.
O evento incluiu a promoção das hortas biológicas/pedagógicas existentes na comunidade local e das vantagens existentes destas na sensibilização aos alunos para atingir modos de vida mais saudáveis.
Os produtos hortícolas e outros foram gentilmente oferecidos pelos pais e encarregados de educação. Todos os alunos participaram com entusiasmo e motivação na organização e preparação da feira e fizeram a sua divulgação junto da comunidade local, a qual também aderiu à iniciativa contribuindo com a sua presença e com a aquisição dos produtos expostos.
Desta forma, a feira voltou a encher de cor o “coração” de toda a comunidade escolar, fazendo dos alunos comerciantes por um dia.
Fomentar a aquisição de bons hábitos alimentares, reconhecer a importância de uma alimentação racional e equilibrado desenvolvimento das crianças, fomentar atividades em grupo que visam a socialização, sensibilizar para o excesso de consumo de determinados alimentos, reconhecer a importância das explorações agrícolas familiares e vivenciar experiências do comércio tradicional foram alguns dos principais objetivos desta iniciativa.
Amílcar Costa

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

GNR encerra operador de resíduos em Vila Verde


O Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento Territorial da GNR de Anadia, reforçado pelo Posto Territorial da GNR de Sangalhos, no âmbito de uma Operação Inopinada de fiscalização de operadores de gestão de resíduos, procedeu ao encerramento das instalações de um operador de gestão de resíduos, em Vila Verde, Oliveira do Bairro.
O encerramento das instalações ficou a dever-se à falta de licenciamento, ao abrigo do art.º 8º da Lei nº 54/2012, de 6 de setembro.
Da ação resultou ainda a elaboração de um auto de notícia por contraordenação, enviado à CCDR Centro.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Sangalhos: Seguro escolar cobrado pela Misericórdia aos pais pode ser desnecessário


Os oito euros anuais para seguro escolar cobrados pela Misericórdia de Sangalhos a cerca de 20 encarregados de educação com crianças na EB n.º1 de Sangalhos (Cruzeiro), que almoçam em instalações da Misericórdia (mas não frequentam o ATL), poderá ser desnecessário, já que todas as crianças e jovens que frequentam a rede escolar pública estão abrangidas por um seguro escolar suportado pelo Ministério da Educação e que cobre também a hora do almoço. Assim, o montante que vem sendo cobrado nos últimos anos poderá não ter cabimento.

Trapalhada com o período de almoços. No centro da questão está uma confusão que se prende com o período de almoço. A maioria dos alunos da EB almoça nas instalações do Centro de Bem Estar Infantil da Misericórdia de Sangalhos, no âmbito de um protocolo entre a Câmara de Anadia e a instituição, que dista uns escassos 100 metros da escola.
As crianças vão, a pé, para o local onde almoçam, regressando à escola para as aulas da tarde, sempre acompanhadas por funcionárias da instituição. Ora a questão prende-se precisamente com o hiato de tempo entre o momento em que os alunos saem e regressam à escola, período este em que permanecem nas instalações da Misericórdia.
JB sabe que, na primeira reunião com os pais, em setembro, ter-lhes-á sido pedida pela Misericórdia aquela verba, relativa ao seguro escolar. No entanto, a mesma poderá não passar de uma duplicação de seguro, uma vez que, de acordo com o Despacho n. 18987/2009, referente ao Programa de Generalização do Fornecimento de Refeições Escolares aos Alunos no 1.º Ciclo, “os acidentes decorrentes na prestação do serviço de fornecimento de refeições escolares que envolvam alunos no âmbito da execução do Programa são cobertos por seguro escolar, nos termos legais”.
Manuel Gamboa, provedor da Misericórdia de Sangalhos, explica que a decisão de cobrar o seguro “tem alguns anos” e surgiu quando a instituição foi confrontada com a questão dos acidentes. “Como nunca houve resposta efetiva da escola no momento dos mesmos e para nos precavermos, propusemos este produto aos pais, que até hoje aceitaram, aliás percebendo que era uma melhoria em termos de serviço”, destaca.
Contudo, a questão do seguro foi agora levantada numa reunião pública do executivo de Anadia, tendo a edil Teresa Cardoso sido questionada sobre o seguro e o seu enquadramento. Na altura, a presidente de Câmara mostrou-se surpresa com a questão colocada pela vereadora Lígia Seabra, já que desconhecia tal situação, deixando a promessa de que se iria inteirar do problema.
Agora, o provedor justifica que “perante o risco inerente a este transporte e permanência nas nossas instalações, entendemos que deveria existir um seguro”, exigindo ver a apólice. “Essa apólice tem de vir às nossa mão para, de facto, deixarmos de cobrar esse valor”, diz, admitindo ter já consultado o Instituto Nacional de Seguros: “não é assim tão líquido que essa apólice escolar cubra os riscos todos”.
Embora o protocolo com a autarquia de Anadia especifique o local do almoço (refeitório da Misericórdia), o provedor defende que “têm de nos dizer por escrito como é. Estamos à espera desses esclarecimento por parte da DGEstE para ver qual o procedimento a tomar em caso de acidente e quem contactar”.
Manuel Gamboa admite que “na dúvida fizemos uma opção”, pelo que será feita uma proposta aos pais de manterem o seguro mas, alerta: “se eles não aceitarem, a responsabilidade é remetida para os próprios e para a escola”, estranhando ainda que o assunto tenha sido abordado numa reunião de executivo e não diretamente com a Misericórdia.
Alguns pais dizem que esta embrulhada seria evitada se o Centro Escolar de Sangalhos tivesse aberto no início do ano letivo: as crianças deixariam de andar para trás e para a frente, à chuva e ao frio na hora do almoço, e a questão do seguro já não se colocaria, já que os encarregados de educação da Escola da Pista e da Fogueira não o pagam. “É uma questão de equidade”, defendem.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Município de Anadia homenageia atletas das modalidades do CAR


Realiza-se no próximo dia 17 de outubro ( sexta-feira ), pelas 18h, no auditório do Centro de Alto Rendimento, em Sangalhos, uma homenagem aos atletas das modalidades de Ciclismo, Judo e Ginástica pela prestação de elevado mérito desportivo.
Trata-se de uma iniciativa da Câmara Municipal de Anadia destinada a homenagear os atletas que foram medalhados em competições internacionais, na época desportiva 2013/2014.
De referir nesta cerimónia da presença de Ivo Oliveira, atual campeão do Mundo e campeão Europeu de pista, na prova de perseguição individual na categoria de júnior. Também a representar o ciclismo de pista, vai estar o seu irmão Rui Oliveira, que conquistou uma medalha de bronze no Mundial e no Europeu, na prova de scratch no corrente ano, e em 2013 a medalha de prata no Europeu, na mesma prova e categoria.
A modalidade de Judo, vai estar representada por trinta e oito atletas medalhados em provas internacionais, com destaque para a atual vice-campeã do Mundo, Telma Monteiro, para o campeão Europeu de sub-23, Jorge Fonseca, e para os vice-campeões Europeus, a dupla Conimbricense Pedro Gonçalves e Paulo Moreira, e ainda para o vice-campeão do Mundo de veteranos, o aveirense Alexandre Vieira.
A Ginástica Portuguesa, vai estar representada por trinta e nove atletas, com destaque para Portista Filipa Martins, medalha de ouro no solo, medalha de prata nas paralelas assimétricas e medalha de bronze nos saltos na Taça do Mundo realizada no passado mês de junho em Sangalhos. Também nesta prova destaque para Diana Abrantes que conquistou a medalha de bronze na trave.
O ginasta Pedro Ferreira, medalha de bronze dos Jogos Olímpicos da Juventude, na disciplina de trampolim individual, será um dos atletas em destaque.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Sangalhos: Vinhos Bairrada de excelência à prova durante três dias atraíram milhares de visitantes


 

Assunção Cristas, ministra da Agricultura e do Mar e Hiroshi Azuma, embaixador do Japão presidiram, na tarde da última sexta-feira, dia 3, à inauguração daquela que foi a 2.ª edição do “Encontro com o Vinho e Sabores Bairrada 2014”, que decorreu até domingo, dia 5, no Centro de Alto Rendimento – Velódromo de Sangalhos.
Embora esta tenha sido apenas a 2.ª edição, o certame, que é uma mostra dos vinhos de excelência produzidos na região, é já considerado o mais importante e o mais bem sucedido evento de promoção dos vinhos, gastronomia e turismo da região, ainda que tenha como objetivo potenciar as fileiras da vinha, do vinho, da gastronomia e do turismo da grande Bairrada.
Com organização a cargo da Comissão Vitivinícola da Bairrada, da Turismo do Centro de Portugal e do Município de Anadia, e produção da Revista de Vinhos, por este evento, ao longo de três dias, passaram vários milhares de visitantes que puderam provar vinhos de cerca de 60 produtores, mas também muitos e bons sabores (doces e salgados) da região. Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da BairradaComments (0)

Misericórida de Sangalhos requalifica e amplia instalações


Depois do projeto de requalificação e ampliação do Lar da Misericórdia de Sangalhos ter sido apresentado publicamente na tarde do passado dia 20 de setembro, no auditório do Centro paroquial de Sangalhos, em cerimónia presidida pelo bispo de Aveiro, D. António Moiteiro Ramos, mas onde estiveram também presentes Rui Cruz, diretor do Centro Distrital da Segurança Social de Aveiro, Paulo Gravato, presidente do Secretariado Regional de Aveiro da UMP e Teresa Cardoso, presidente da Câmara de Anadia, agora, foi a vez do projeto ser apresentado no Plenário do Conselho Local de Ação Social de Anadia.
Foi na última quinta-feira, dia 25 de setembro, no auditório do Museu do Vinho, em Anadia.
Na oportunidade, Helena Le Branc, Vera Felício, responsáveis da Misericórdia juntamente com o provedor Manuel Gamboa apresentaram o projeto aos parceiros, sublinhando a importância de uma obra que visa diminuir a lista de espera que é já de 76 pessoas, mas porque o atual edifício apresenta carências de vária ordem. De resto, o provedor salientou a pertinência da obra, porque as atuais instalações não cumprem o normativo em vigor, mas porque é igualmente necessário manter mais de uma centena de postos de trabalho, assim como garantir que os utentes passam a usufruir de um espaço harmonioso e acolhedor. Por isso, o Núcleo Executivo da Rede Social de Anadia não teve dificuldade em emitir um parecer favorável, para o alargamento de acordo de cooperação da resposta social de Estrutura Residencial para Idosos para 30 clientes.
A obra de grande envergadura, que deverá arrancar em 2015, terá um ano para ficar concluída. Orçada em dois milhões e meio de euros (acrescido de IVA), prevê-se que venha a ser objeto de uma comparticipação de fundos comunitários na casa dos 70%.
Este projeto de requalificação e empliação embora urgente, será feito faseadamente começando pela ampliação, na medida em que o Complexo Social de Apoio à Pessoa Idosa, com 32 anos de vida, está desajustado das necessidades atuais.
O complexo passará a ter três pisos – atualmente tem dois – com capacidade para 60 camas, em condições de conforto e segurança completamente distintas, criando também mais postos de trabalho.
Acrescente-se ainda que está previsto que todos os quartos duplos e individuais venham a ter varanda, a construção de uma capela, biblioteca/museu, integrando elevadores e acessibilidades várias, entre muitos outros melhoramentos.
CC

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Sangalhos: Assunção Cristas inaugura sexta-feira “Encontro com Vinhos e Sabores – Bairrada” no Velódromo Nacional


É já amanhã, sexta-feira, que tem início o ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’ (EVSB), evento que se prolonga até domingo no Centro de Alto Rendimento – Velódromo de Sangalhos, em Anadia. A inauguração é às 17h e vai contar com a presença, entre outras individualidades, da Ministra da Agricultura e do Mar. Assunção Cristas vai também marcar presença na entrega de prémios da 4.ª edição do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada’, às 19h30 do mesmo dia.
De recordar que este é um importante evento de promoção conjunta que tem como objectivo potenciar as fileiras da vinha, do vinho, da gastronomia e do turismo da região da grande Bairrada. O EVSB acontece pelo segundo ano consecutivo, sendo a organização da responsabilidade da Comissão Vitivinícola da Bairrada, da Turismo do Centro de Portugal e do Município de Anadia, e a produção a cargo da Revista de Vinhos.

Sessenta produtores com vinhos e sabores à prova

São 60 os produtores de vinhos e sabores da região que têm lugar marcado na 2.ª edição do ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada’. O Velódromo de Sangalhos vai reunir uma mostra de produtos, de onde se destacam os espumantes, os vinhos (tintos, brancos e rosés), as aguardentes, as águas, o leitão da Bairrada, o pão da Mealhada, os ovos moles de Aveiro, os Amores da Curia, as queijadas de Águeda, o Folar de Vale de Ílhavo, entre muitos outros. Vai ainda haver espaço para a divulgação da oferta turística: enoturismo, turismo termal, hotelaria e restauração.
Este certame vai também ser palco de três provas comentadas de vinhos (informação abaixo) e de dois jantares temáticos harmonizados com vinhos e espumantes da região. e comentados pelo crítico gastronómico Fernando Melo. A abrir as hostes, o primeiro jantar é dedicado aos ‘Sabores do Mar’ e é da autoria d’O Rei dos Leitões (eleito pela Revista de Vinhos como o Melhor Restaurante de Cozinha Tradicional em 2013), embora servido no restaurante do Velódromo de Sangalhos. No mesmo espaço, mas no dia seguinte, é a vez do restaurante Mugasa dar cartas nos ‘Sabores da Terra’; o famoso e delicioso leitão da Bairrada não vai faltar!
A entrada na feira é gratuita, sendo que a prova de vinhos implica a aquisição de um copo – no valor de 3 euros ou de 2 euros para quem apresentar convite no acto da compra – com oferta de porta-copo. Os horários variam consoante os dias: das 17h00 às 22h00 na sexta-feira, dia 3; das 15h00 às 22h00 no Sábado, dia 4; e entre as 15h00 e as 20h00 no Domingo, dia 5.

Prova de vinhos míticos: “Os Bairrada que fizeram história – 1985 a 2011”

A monumentalidade e raça dos vinhos da Bairrada vai estar “à prova” no EVSB, com destaque para uma prova inédita – e já esgotada –, que se vai realizar no Sábado, dia 04, às 18h00, no Museu do Vinho Bairrada: são treze os escolhidos de entre os melhores vinhos feitos na região, entre as colheitas de 1985 e 2011. Néctares com história e estórias para contar, que vão surpreender pela sua autenticidade, carácter e identidade; e, no caso dos mais antigos, pela longevidade.
A prova ‘Os Bairrada que fizeram história – 1985 a 2011’ vai ser comentada pelo crítico e director da Revista de Vinhos, Luís Ramos Lopes, que selecionou um conjunto de vinhos raros e grandiosos, como os brancos ‘Frei João 1988’ e ‘Campolargo 2011’ (distinguido recentemente como o melhor branco no International Wine Challenge), ou os tintos ‘Sidónio de Sousa 1985’, ‘Casa de Saima Garrafeira 1990’, ‘Quinta das Bágeiras Garrafeira 1995’ e ‘Quinta do Ribeirinho Pé Franco 2011’, entre muitos outros de idêntico gabarito. Uma mostra de vinhos complexos – declaradamente com perfil fresco, equilibrado e elegante – e muito prazerosos, sobretudo à mesa, onde revelam elevado potencial gastronómico.
Estão ainda agendadas mais duas provas: ‘Bairrada de Excelência | Espumantes’ (sexta-feira às 18h00) e ‘Bairrada de Excelência | Brancos e Tintos’ (Domingo às 16h00), comentadas pelos críticos da Revista de Vinhos João Paulo Martins e Nuno Oliveira Garcia, respectivamente.

Mais de 100 vinhos postos à prova no ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada’

Em paralelo ao evento, vai ter lugar a 4.ª edição do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada’, que vai por à prova de cerca de 20 jurados – entre críticos, jornalistas, escanções e comerciantes de vinho – mais de 100 vinhos, todos eles certificados pela Comissão Vitivinícola da Bairrada. Entre as categorias mais comuns, destaque para aquela que vai eleger o ‘Melhor Espumante de Baga’, a casta bandeira da região, que se destaca pela originalidade e versatilidade para produzir grandes vinhos tintos e frescos espumantes brancos e rosés.
As uvas que dão origem aos vinhos (DO – Denominação de Origem) Bairrada provêm de terrenos de argila, calcário e areia. A proximidade do mar oferece-lhes um clima Atlântico, com temperaturas moderadas, e as suaves colinas que caracterizam a região possibilitam diferentes tipos de exposição solar. Um blend perfeito para vinhos com um estilo muito próprio, uma personalidade fresca, vivaz e consistente. Os especialistas dizem que “beber um Bairrada é como colocar uma pedra de calcário na boca, tal é a frescura deixada por este vinho”.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Local: Centro de Alto Rendimento de Anadia – Velódromo Nacional | Rua Ivo Neves, 405 – Sangalhos
Data: 03 a 05 de Outubro
Horários: 17h00 às 22h00 (dia 03); 15h00 às 22h00 (dia 4); 15h00 às 20h00 (dia 05)
Entrada: gratuita
Copo: compra obrigatória para prova de vinhos | € 3,00 ou € 2,00 (com convite), com oferta de porta-copo

PROGRAMA

SEXTA-FEIRA | 03 OUTUBRO
17h00 Inauguração do ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’ | Abertura da Feira
com a presença de Assunção Cristas, Ministra da Agricultura e do Mar
18h00 Prova de Vinhos ‘Bairrada de Excelência | Espumantes’
comentada pelo crítico João Paulo Martins (no Velódromo)
19h30 Entrega de Prémios do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada’ – por Assunção Cristas
20h00 Jantar Temático ‘Sabores do Mar’ pelo restaurante Rei dos Leitões
harmonizado com Espumantes e Vinhos da Bairrada pelo crítico Fernando Melo (no Velódromo)
22h00 Encerramento da Feira

SÁBADO | 04 OUTUBRO
15h00 Abertura da Feira
18h00 Prova de Vinhos ‘Os Bairrada Que Fizeram História – 1985 a 2011’
comentada pelo crítico Luís Lopes (no Museu do Vinho da Bairrada)
20h00 Jantar Temático ‘Sabores da Terra’ pelo restaurante Mugasa
harmonizado com Espumantes e Vinhos da Bairrada pelo crítico Fernando Melo (no Velódromo)
22h00 Encerramento da Feira

DOMINGO | 05 OUTUBRO
15h00 Abertura da Feira
16h00 Prova de Vinhos ‘Bairrada de Excelência | Brancos e Tintos’
comentada pelo crítico Nuno Oliveira Garcia (no Velódromo)
20h00 Encerramento da Feira

Posted in Águeda, Anadia, Aveiro, Cantanhede, Ílhavo, Mealhada, Por Terras da Bairrada, Região, Sangalhos, VagosComments (0)

Sangalhos: Bairrada mostra raça dos seus vinhos em prova inédita


A monumentalidade e raça dos vinhos da Bairrada vai estar “à prova” no ‘Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2014’, evento que se realiza de 3 a 5 de outubro no Centro de Alto Rendimento – Velódromo Nacional de Sangalhos.
Em paralelo ao evento, vai ter lugar a 4.ª edição do ‘Concurso de Vinhos e Espumantes Bairrada’, que vai distinguir, entre outras categorias, o Melhor Espumante de Baga, a casta bandeira da região, que se destaca pela originalidade e versatilidade para produzir grandes vinhos tintos e frescos espumantes brancos e rosés. Os resultados vão ser conhecidos no dia de abertura do ‘Encontro com o Vinhos e Sabores – Bairrada 2014’ e os prémios entregues pela Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, às 19h30.
Mas em destaque vai estar também uma prova inédita, a realizar-se no sábado, dia 4, às 18h, no Museu do Vinho Bairrada: são 13 os escolhidos de entre os melhores vinhos feitos na região, entre as colheitas de 1985 e 2011. Néctares que vão surpreender pela sua autenticidade, caráter e identidade; e, no caso dos mais antigos, pela longevidade. Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Sangalhos: Ampliação do Lar em 2015 mas sem aumento do número de camas


O projeto de ampliação do Lar da Misericórdia de Sangalhos foi apresentado, com toda a pompa e circunstância, na tarde do último sábado, em cerimónia presidida pelo bispo de Aveiro, D. António Moiteiro Ramos, mas onde estiveram também presentes Rui Cruz, diretor do Centro Distrital da Segurança Social de Aveiro, Paulo Gravato, presidente do Secretariado Regional de Aveiro da UMP e Teresa Cardoso, presidente da Câmara de Anadia.

Obra urgente. Após uma visita às atuais instalações, a apresentação do projeto de ampliação e remodelação do Complexo Social de Apoio à Pessoa Idosa decorreu no Salão Paroquial local, perante a presença de muitos irmãos, familiares de utentes e amigos.
Na ocasião, Amândio Albuquerque, presidente da Assembleia-geral da Misericórdia sangalhense, referiu-se ao evento como “o primeiro passo de um marco decisivo na história futura da nossa Misericórdia”.
Uma obra de grande envergadura que levou também Paulo Gravato a desejar “coragem” à mesa administrativa por forma a conseguir levar a bom porto tamanha empreitada.
Uma das intervenções mais aguardadas era a de D. António Moiteiro Ramos, que assumiu funções na Diocese de Aveiro há apenas duas semanas.
Nesta sua deslocação a Sangalhos, numa das primeiras visitas oficiais que realiza, sublinhou a colaboração do Governo e da autarquia, que considerou serem fundamentais “para meter mãos a este empreendimento”, destacando ainda que neste tempo de desafios às instituições, agravado pela crise, há instituições, como é o caso da Misericórdia de Sangalhos, que não se deixa abater ou resignar perante as dificuldades: “isto é digno de registo, pois é um ato de coragem”, diria.

Conclusão em 2016. A obra, orçada em dois milhões e meio de euros (acrescido de IVA) será, segundo revelou Manuel Gamboa, iniciada em 2015, prevendo-se uma comparticipação de fundos comunitários na casa dos 70%. Uma obra urgente, na medida em que o Complexo Social de Apoio à Pessoa Idosa, com 32 anos de vida, está desajustado das necessidades atuais, não cumprindo o normativo em vigor. O complexo passará a ter três pisos – atualmente tem dois – mantendo, contudo, as atuais 60 camas disponíveis, mas em condições de conforto e segurança completamente distintas. A obra, que deverá ficar concluída em 2016, prevê ainda a construção de uma capela, biblioteca/museu, integrando elevadores, entre muitos outros melhoramentos.
“Será um espaço harmonioso, acolhedor, funcional e onde a vida de cada irmão possa ser digna e feliz”, diria Manuel Gamboa, dando nota de que a obra vai ser alvo de uma candidatura a fundos comunitários, já que o próximo Quadro Comunitário de Apoio favorece a requalificação do edificado.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Ad Code

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com