Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "sangalhos"

Sangalhos: Conclusão das vias de acesso ao pavilhão do SDC


A conclusão das vias de acesso ao pavilhão do Sangalhos Desporto Clube vai ser, em breve, uma realidade.
A edil Teresa Cardoso explicou, na última reunião de câmara, que a obra será feita por concurso público e visa concluir os trabalhos das vias adjacentes ao Pavilhão.
Na ocasião, Litério Marques não deixou de criticar a inexistência de um projeto para que todos os vereadores pudessem ver o que está previsto para o local.
A presidente avançou ainda que a empreitada é para a conclusão dos trabalhos iniciados (pavimentação de zona da rotunda, estacionamento, águas pluviais, passeios, iluminação pública, sinalização horizontal e vertical), enfim, concluir tudo o que está em falta.
A obra tem um prazo de execução de 60 dias e irá custar 157 mil euros (acrescidos de IVA).

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Sangalhos: Construção da Pista de BMX sofre vários reveses


A pista olímpica de BMX de Sangalhos, (orçada em cerca de 400 mil euros) junto ao Velódromo Nacional, desde o início da sua construção, foi tudo menos consensual. Aliás, desde o lançamento da primeira pedra, em setembro de 2013, foram já os vários reveses que a obra sofreu, inviabilizando a sua conclusão no prazo inicialmente definido.
Lançada a primeira pedra, em cerimónia com toda a pompa e circunstância (em vésperas de eleições autárquicas), houve a necessidade de avançar para um segundo concurso público, depois do primeiro ter falhado.
Seguiu-se, mais tarde, a necessidade de remodelar o projeto da pista e agora, mais recentemente, dificuldades na aquisição das restantes parcelas de terreno para a implantação da pista.

Aumento da pista. Uma enorme dor de cabeça para a Câmara Municipal de Anadia que, para além de se ver obrigada a dar cumprimento à nova regulamentação internacional imposta pela UCI (União Ciclista Internacional), que exige o aumento da área para a construção da pista de BMX, está com dificuldades nas negociações dos terrenos.
De acordo com as atas das reuniões do executivo de 5 de novembro e de 10 de dezembro de 2014, a autarquia tem andado às voltas com a aquisição de duas parcelas não havendo entendimento quanto ao valor a atribuir pelas mesmas.
Uma situação que se prende com o facto de se ter registado alteração nas regras internacionais sobre este género de pistas. A autarquia anadiense teve de reformular o seu projeto inicial e redimensionar a extensão da pista, já que a UCI “veio dar novas orientações” para a sua construção, nomeadamente o aumento da área de implantação.

Negociação difícil. Segundo sabemos, foi necessário aumentar 30 metros à pista e, não tendo a autarquia terreno suficiente para dar cumprimento a essas orientações, viu-se obrigada a efetuar a aquisição de mais parcelas de terreno. Um novo revés na construção da obra, já que a aquisição de novos terrenos não tem sido uma tarefa fácil.
Num processo que ainda não terminou e em relação ao qual, apesar da insistência do JB, a edil Teresa Cardoso declinou dar mais explicações, JB sabe que entre compras e expropriações, a obra será oportunamente candidatada a fundos comunitários.
Questionada na última assembleia municipal, de 28 de fevereiro, pelo deputado Artur Salvador, do PSD, sobre esta matéria, a presidente explicou que “a obra não está a concurso” e que, face ao atraso, o executivo está “a tentar enquadrar a Pista numa candidatura ao próximo Quadro Comunitário”.
De qualquer forma, depois de lançada a primeira pedra nesta obra, em setembro de 2013, devendo a mesma ter ficado concluída no verão de 2014, a verdade é que no final do primeiro trimestre de 2015, a sua conclusão está longe do fim.
Esta será a primeira pista olímpica de BMX em Portugal. A pretensão da Câmara Municipal é concentrar no Velódromo Nacional todas as modalidades relacionadas com o ciclismo, ficando este equipamento capacitado para a realização de competições internacionais e nacionais.
Aquando da inauguração do Centro Escolar de Sangalhos, o vice-presidente da autarquia anadiense, Jorge Sampaio, explicou que a primeira reta da pista, por exemplo, tem mais 30 metros e que sendo esta a primeira pista, em Portugal, com as dimensões e especificidades técnicas olímpicas, estão já a ser estabelecidos contactos com outros países interessados em fazer aqui estágios.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in DestaqueComments (0)

Anadia: Presidente da República inaugura Centro Escolar de Sangalhos


O Presidente da República preside, no próximo dia 18, à  inauguração do Centro Escolar de Sangalhos. Aníbal Cavaco Silva irá ainda visitar o Centro de Alto Rendimento (CAR) – Velódromo Nacional de Sangalhos. O novo Centro Escolar, orçado em mais de dois milhões de euros, entra em funcionamento no dia 19 (após interrupção para as mini férias do Carnaval) e vai receber cerca de 150 alunos (Jardim de Infância e 1.º CEB), provenientes das escolas da Fogueira, Cruzeiro e Pista.
Cavaco Silva vai  ainda visitar, pela primeira vez, o Velódromo Nacional (onde será descerrada uma placa alusiva à sua visita). Um equipamento a visitar pelas boas referências e boas prestações alcançadas nesta infraestrutura por atletas nacionais em várias modalidades (Ciclismo, Esgrima, Judo, Ginástica, Trampolins e Desportos Acrobáticos).
Ao JB, a presidente da autarquia anadiense, Teresa Cardoso, avançou que as federações residentes no CAR foram igualmente convidadas e vão estar presentes com um conjunto de atletas que irão fazer demonstrações das várias modalidades.
Teresa Cardoso diz ser “uma honra receber a mais alta figura do Estado em Anadia para a inauguração de um Centro Escolar de excelência”, não deixando de destacar o facto do Presidente da República se ter disponibilizado para visitar o CAR “infraestrutura de referência que permite a muitos atletas alcançar excelentes resultados e representar o país ao mais alto nível”.
A última vez que Cavaco Silva esteve em Anadia foi aquando da inauguração do cineteatro de Anadia.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

VIDOEIRO (Sangalhos) – Ligação do saneamento básico ainda sem data


A falta da ligação do saneamento básico no lugar do Vidoeiro, na freguesia de Sangalhos, voltou à agenda do executivo na última reunião pública.
Lígia Seabra, vereadora do PSD, lamentou que mais de uma década depois da colocação das infraestruturas para o saneamento básico naquele lugar, este não tenha ainda sido ligado.
De resto, este foi um tema que trouxera, há meio ano atrás, a uma outra reunião do executivo. Regressou agora com o tema porque entende que neste meio tempo nada terá mudado. Por isso, questionou a edil Teresa Cardoso se no concelho existem munícipes de 1.ª e de 2.ª.
A edil explicou que o caso não está esquecido, pois está a ser tratado, nomeadamente com o presidente da Junta de Freguesia e que, quando for possível, será feita a ligação ao saneamento, escusando-se, contudo, a responder diretamente às questões colocadas pela vereadora, relativamente à aquisição dos terrenos para a implantação da ETAR.
Refira-se que a ligação do saneamento básico é, há muito, uma reivindicação da população deste lugar. Uma situação que levou a vereadora Lígia Seabra, há meio ano, a desafiar a edil a avançar com uma solução definitiva para este problema. Na altura, Teresa Cardoso avançou que o caso do Vidoeiro era excecional, já que se tratava de uma pequena povoação no limite do concelho com o vizinho concelho de Águeda, dando conta da intenção de aquisição de uma pequena ETAR para servir a população do lugar, deixando ainda a indicação de que a autarquia teria de procurar terreno para implantar este equipamento.

CC

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Sangalhos: Passeios e rotunda inacabados


Em Sangalhos, não passa despercebido a ninguém que a conclusão dos arruamentos, passeios, rotunda e arranjos exteriores ao Complexo Desportivo do Sangalhos Desporto Clube tarda a chegar.
Na última reunião do executivo anadiense, a vereadora Lígia Seabra, do PSD, voltou a questionar a presidente de Câmara Municipal, Teresa Cardoso, sobre esta situação, que considera ser “um feio cartão de visita” a todos os clubes e atletas de outras localidades que semanalmente se deslocam a este complexo desportivo, causando ainda, diariamente, muitos transtornos aos pais e atletas que se deslocam para o pavilhão.
De resto, os vereadores do PSD, já em julho de 2014, trouxeram esta mesma questão a uma reunião do executivo, por se mostrarem preocupados com a interrupção na construção dos arranjos exteriores e acessos ao pavilhão. É que, dois anos após a inauguração do pavilhão de treinos e recuperação do pavilhão principal, obra orçada em cerca de 900 mil euros, a zona envolvente ainda não foi totalmente requalificada.
Assim, a vereadora Lígia Seabra questionou novamente a edil Teresa Cardoso quanto ao atraso na conclusão das obras: “Há sete meses questionei este caso, pela primeira vez. Disse que as obras iam avançar”, referiu, lamentando, contudo, que o que se veja sejam obras por concluir, obras começadas e deixadas ao abandono.
A presidente da autarquia de Anadia explicou que, no que concerne à rampa de acesso aos balneários e passeios, a intervenção está terminada e que oportunamente vai lançar um novo concurso para uma outra empreitada, com vista à conclusão das obras em causa.
Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Autocaravanistas celebram Natal em Sangalhos


Cerca de 140 pessoas, distribuídas por 65 autocaravanas escolheram o Parque de Pernoita para Autocaravanas de Sangalhos, em espaço contíguo à Junta de Freguesia, para celebrar o Natal.
À semelhança de anos anteriores, esta foi a terceira vez que este numeroso grupo passou um final de semana, de 6 e 7 de dezembro, em Sangalhos.
Oriundos de vários pontos do país, autocaravanistas, pertencentes ao Clube Português de Autocaravanismo aproveitaram para conhecer a freguesia e o concelho.
Os almoços e jantares decorreram no salão de festas da Junta de Freguesia, mas o grupo, dadas as magníficas condições do parque inaugurado em maio de 2010 pela autarquia local, acabou por ficar neste local entre duas e três noites.
O autarca António Floro mostrou-se muito satisfeito com a preferência por este espaço disponibilizado pela autarquia, sublinhando que o mesmo tem sido bastante procurado, ao mesmo tempo que revela que, em 2015, já está previsto o regresso deste grupo para mais duas estadias em Sangalhos.
O autarca de Sangalhos reconhece que o espaço tem sido muito procurado e que ao longo de todo o ano se podem ver autocaravanas naquele local, sendo uma mais-valia para a freguesia.

Posted in Anadia, SangalhosComments (0)

Sangalhos: “Calinas” recebe prenda de Natal antecipada


Nesta quadra natalícia, os gestos solidários e a boa vontade assumem uma maior importância, acabando por tocar mais corações.
Em Sangalhos, um grupo de amigos e conhecidos decidiu abraçar uma causa solidária a favor de um filho da terra.
Sob o lema “ Unidos por uma causa”, no passado sábado, dia 13 de dezembro, entregaram a Manuel Fernandes, mais conhecido por “Calinas” uma scooter adaptada à sua mobilidade reduzida, que lhe possibilitará agora uma maior autonomia.
A iniciativa de angariação de fundos decorreu durante o último mês e envolveu amigos da terra e fora dela que, conhecendo “Calinas” há vários anos – alguns andaram na escola primária com ele -, se uniram por forma a ajudá-lo.
Com graves problemas de saúde (diabetes) teve, em 2013, de se submeter à amputação de uma perna, ficando bastante limitado em termos de locomoção. Como reside sozinho, dependia das suas canadianas para todas as deslocações.
Pessoa bastante humilde e de parcos recursos económicos, pode agora deslocar-se com extrema facilidade para vários pontos, já que o veículo, orçado em 2 mil euros, lhe permite essa mobilidade.
Na ocasião, bastante sensibilizado com o gesto, “Calinas” agradeceu a todos aqueles que contribuíram com donativos para a aquisição deste veículo.
Catarina Cerca

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

No 21.º aniversário, Coral Oásis homenageia Hélia Mieiro


O Grupo Coral Oásis comemora o 21.º aniversário e presta homenagem pública à coralista Hélia Costa Mieiro, no sábado, dia 6 de dezembro, a partir das 19h30, na Igreja Paroquial de Sangalhos.
O espetáculo tem início às 19h30 com uma Eucaristia na Igreja Paroquial de Sangalhos em que participará o Grupo Coral Oásis. Pelas 20h30 terá então lugar o concerto de homenagem à coralista Hélia Costa Mieiro com a participação da Soprano Hélia Castro (sua neta), Tuna Souselense e Grupo Coral Oásis.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Voluntários para apoio ao estudo na Casa da Criança, em Sangalhos


O Banco Local de Voluntariado de Anadia (BLVA), coordenado pela Câmara Municipal de Anadia, procura voluntários para colaborarem no projeto de acompanhamento ao estudo dirigido às crianças que frequentam a Casa da Criança de Sangalhos (Centro de Acolhimento Temporário para Crianças e Jovens em Perigo).

Este projeto, que o BLVA dinamiza há já alguns anos, visa o acompanhamento e apoio ao estudo de crianças dos 6 aos 12 anos, constituindo uma grande alavanca no sucesso do seu percurso escolar. Neste momento, são necessários voluntários para acompanhar o estudo de Português e de Matemática das 17 crianças da Casa da Criança de Sangalhos que se encontram matriculadas em escolas dos 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico.

Lembramos que o BLVA pretende ser um espaço de encontro entre pessoas que expressam vontade de ser voluntários, bem como de entidades promotoras que reúnam condições para integrar esses mesmos voluntários.

As informações sobre o BLVA estão disponíveis em www.cm-anadia.pt (Serviços > Ação Social) e os interessados em obter esclarecimentos poderão contactar esta entidade pelo telefone 231510486 ou através do endereço de correio eletrónico voluntariado.anadia@hotmail.com.

 

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Sangalhos: Aceitam-se voluntários para dar apoio ao estudo


O Banco de Voluntariado de Anadia, coordenado pela Câmara Municipal de Anadia, procura voluntários para colaborarem no projeto de acompanhamento ao estudo dirigido às crianças que frequentam a Casa da Criança de Sangalhos (Centro de Acolhimento Temporário para Crianças e Jovens em Perigo).
Este projeto, que o Banco Local de Voluntariado de Anadia dinamiza há já alguns anos, visa o acompanhamento e apoio ao estudo de crianças dos 6 aos 12 anos, constituindo uma grande alavanca no sucesso do seu percurso escolar. No presente ano letivo, o Banco Local de Voluntariado necessita de voluntários que se proponham dar continuidade a este projeto tão importante para as 17 crianças da Casa da Criança de Sangalhos que, atualmente, se encontram matriculadas em escolas dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com