O Comando Distrital da PSP de Aveiro anunciou a detenção de dois homens por suspeita de clonarem cartões de crédito e os utilizarem para comprar equipamentos.

Os dois homens, ambos estrangeiros, desempregados e sem residência fixa, foram detidos cerca das 18:00 de quarta-feira por elementos da Esquadra Policial de Aveiro, por suspeita da prática do crime de falsificação de documento.

Segundo o relato da PSP, um dos suspeitos encontrava-se num estabelecimento de uma grande superfície comercial e tentou efetuar o pagamento de um computador portátil, no valor de 499 euros, com um cartão de crédito clonado, tendo apresentado um bilhete de identidade falso.

O sistema informático da caixa da loja assumiu o cartão como sendo um cartão Visa, enquanto o cartão apresentado correspondia a um MasterCard, pelo que o funcionário concluiu ser um cartão clonado e solicitou a presença da PSP no local.

O suspeito identificou-se à Polícia com o bilhete de identidade verdadeiro e, após revista, foram encontrados outros dois cartões clonados na sua posse, enquanto na viatura que conduzia estavam diversos artigos novos, nomeadamente um telemóvel e um “tablet”, ainda nas embalagens originais, que a polícia suspeitou terem sido adquiridos por aquele processo.

O computador portátil foi devolvido à loja, uma vez que a transação comercial foi anulada, e a PSP apreendeu a viatura, por alegadamente ter sido utilizada na prática do crime, bem como o bilhete de identidade falso e os três cartões clonados.

No decorrer de diligências policiais, a PSP concluiu que o suspeito não atuava sozinho, vindo a intercetar um outro homem, que, numa outra loja, havia feito o pagamento de um GPS, uma máquina fotográfica digital e uma bolsa, tudo no valor de 500 euros, através do mesmo processo.

O segundo homem foi surpreendido na casa de banho daquela zona comercial a tentar esconder uma carteira atrás de uma sanita e foram-lhe apreendidos cinco cartões de crédito clonados, bem como os artigos adquiridos.