Seis ex-presidentes de Junta de Freguesia e quatro ex-presidentes de Assembleia de Freguesia foram homenageados pelo atual executivo da Junta de Freguesia de S. Lourenço do Bairro, no âmbito das comemorações dos 500 anos do Foral Manuelino, atribuído a 5 de abril de 1514.
Foi no último sábado, dia 5 de abril, no final da missa de ação de graças, realizada na Igreja Matriz de S.Lourenço do Bairro que, perante várias dezenas de convidados, os ex-autarcas (um deles do período anterior ao 25 de Abril), receberam das mãos do atual autarca Mário Marinho, uma medalha alusiva à efeméride.

Emoção e gratidão. Uma cerimónia carregada de emoção e gratidão por tudo o que fizeram pelo desenvolvimento desta freguesia .
No final da eucaristia, celebrada pelo padre Nicolau Barroqueiro, a edil anadiense Teresa Cardoso mostrou-se bastante sensibilizada com a homenagem aos autarcas que passaram por esta Junta de Freguesia, considerando ser “um privilégio” assistir a tão significativo gesto, que evidencia ainda “a humildade do autarca Mário Marinho” que, ao homenagear os seus antecessores, está disponível a aprender com todos aqueles que deram o seu melhor pela freguesia, não esquecendo a importância da comunidade, das associações e coletividades locais, que tornam a freguesia grande: “gente que dá seu melhor pela freguesia, por forma a manter a comunidade coesa e unida, em prol do melhor para todos”, diria Teresa Cardoso.
No palco onde, pouco depois, atuaria o Grupo Folclórico da Pedralva e o Grupo K7, teve lugar a também sentida e justa homenagem a todas as associações e coletividades da freguesia.
Na ocasião, Mário Marinho sublinharia a importância da carta de Foral, “ao reconhecer a importância estratégica de S. Lourenço do Bairro, freguesia que se foi adaptando, no sentido de responder às necessidades e anseios das populações”, mas também realçaria o valor de todos aqueles que serviram os outros na Junta ou na Assembleia de Freguesia.
“Gente abnegada e altruísta, exemplos que honram todos os fregueses”.

Autarquia definiu priodidades. Apesar das expetativas ambiciosas que tem para o presente mandato, mas ciente das dificuldades atuais e desafios que o país e o concelho atravessam, Mário Marinho diz não esmorecer e que o ânimo se mantém na medida em que o atual executivo está empenhado em definir prioridades, potencializar esforços, mas também estar mais disponível e solidário pelo melhor para todos.
Ainda neste ambiente de festa, onde não faltou o cantar dos “parabéns à freguesia” e um lanche aberto à população, foi descerrada uma placa alusiva à efeméride.

Autarca apela à união e coesão. Teresa Cardoso, que se fez acompanhar pelos vereadores Jorge Sampaio, Litério Marques e Lino Pintado (presente esteve ainda o vereador eleito pelo PSD, Jorge São José), evidenciou ser um dia histórico para a freguesia, que pode agora fazer uma retrospetiva e concluir que nestes anos muita coisa mudou e que as populações, hoje, têm qualidade de vida. Melhorias alcançadas graças ao trabalho de vários autarcas, mas também devido à grande participação de associações e coletividades que “se foram construindo e souberam dar o seu melhor às populações”. Admitindo muito haver ainda a fazer, reconheceu que, hoje, “as autarquias se debatem com limitações e dificuldades a vários níveis, sendo preciso estar alerta”, nomeadamente, para as questões sociais. Por isso, lançou um desafio a todos os dirigentes associativos, e em especial aos jovens da freguesia para que, em colaboração, em união com a autarca e câmara, unidos e próximos, trabalhem pelas diferentes vertentes no concelho na defesa dos interesses das populações e que, congregando energias, deem o melhor para ter um concelho com mais progresso.

Exposição “Coisas que falam da Bairrada”. Associado às comemorações, a artista plástica Maria Emília Cristiano expôs, no salão da Junta de Freguesia, uma mostra de trabalhos alusivos exclusivamente à Bairrada. Intitulada “Coisas que falam da Bairrada”, a mostra integrou algumas dezenas de óleos, em que as memórias, as casas antigas (Quinta de Santa Luzia, Quinta do Ribeirinho), a matança do porco e a vinha, temas queridos à região, foram retatados.
A JB a artista revelou que os quadros, alguns dos quais para venda, são fruto do trabalho desenvolvido nos últimos anos.

Homenageados

∑ ex presidentes de Junta de Freguesia: Luís Varandas; António Marinha; Virgílio Coelho; Eduardo Castelão; Manuel Almeida; Leonildo Macedo.
∑ ex presidentes de Assembleia de Freguesia: Lino Araújo; Carlos Santiago; Luís Varandas; Paula Gonçalves.
∑ Associações e coletividades: Agrupamento Escuteiros de S.Lourenço do Bairro; Rouxinóis do Outeiro de Baixo; Centro Social e Recreativo do Outeiro Baixo; Centro Cultural e Desportivo de Couvelha; Grupo Folclórico da Pedralva; Centro Social da Pedralva; Associação dos Amigos de Levira e Câmara Municipal de Anadia.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt