O ano de 2017 é para o Quartel das Artes Dr. Alípio Sol o quarto ano de intensa atividade com a manutenção de projetos e novos desafios. Enquanto equipamento cultural gerido pela autarquia, continua a ser encarado como um instrumento estratégico na prossecução das políticas públicas de desenvolvimento cultural definidas pelo executivo, afirmando–se, à partida, como espaço privilegiado de promoção e difusão de atividades culturais e artísticas, quer enquanto espaço de programação quer na qualidade com que se assume como espaço de acolhimento.

Leia mais na edição impressa ou digital