Um assalto a um olival na zona de Amoreira da Gândara, nas imediações da Auto Estrada do Norte (A-1), deixou o proprietário sem 29 oliveiras, na noite de 6 para 7 de março, confirmou ao JB o lesado, que entretanto alertou as autoridades para dar conta do furto.
O proprietário, Carlos Alves, terá sido avisado na quarta-feira, por um vizinho daquela parcela, de que o terreno estaria sem as oliveiras, confirmando que na véspera estaria tudo normal no olival. As árvores, com sete anos de idade, estão avaliadas, pelo lesado, em cerca de 50 euros cada, contas que o próprio fez constar no relatório das autoridades.
O terreno agrícola, que tem também castanheiros, situa-se nas imediações da A1 mas numa zona afastada de aglomerados

Ler mais na edição impressa ou digital