O Município de Anadia aprovou, na última sexta-feira, um pacote de medidas extraordinárias para apoiar o tecido social e económico do concelho, tentando reduzir os efeitos da crise causada pela pandemia.
“ANADIA estamos JUNTOS” é o slogan deste pacote de medidas que pretende ajudar a devolver a estabilidade às famílias e empresas.

Benefícios
No âmbito da ação social, além das diversas linhas de atuação de que a Câmara já dispunha e que se mantêm ativas, alargou as mesmas a famílias cuja situação socioeconómica tenha sofrido alterações provocadas pela pandemia, resultando em perda, parcial ou total, de rendimentos do agregado. Estas famílias podem beneficiar de uma linha específica criada, que pode ir até três meses de apoio em dinheiro e/ou bens alimentares, que estará disponível através de candidatura nos Serviços de Ação Social da Câmara Municipal.
Outra das medidas aprovadas, e que tem um impacto transversal a toda a sociedade (cidadãos, comércio, indústria, instituições e outras) está relacionada com faturação dos serviços básicos de abastecimento de água, drenagem de águas residuais e recolha de resíduos urbanos. Serão três meses (maio, junho e julho) em que a fatura da água chegará com reduções ou, em muitos dos casos, isenção total de pagamento, com especial incidência para famílias carenciadas, Bombeiros Voluntários, IPSS, Comércio, Indústria, Juntas de Freguesia e Associações. Redução que também se fará sentir na fatura de todos os consumidores domésticos.
A Câmara Municipal tomou ainda a decisão de antecipar o reforço financeiro, através de um apoio extraordinário quer para os Bombeiros quer para as IPSS com estrutura residencial para idosos e/ou serviço de apoio domiciliário.

Ler mais na edição impressa ou digital