A Biblioteca Municipal de Anadia (BMA) reabriu ao público esta segunda-feira, dia 18 de maio, após um período de encerramento, que teve início a 13 de março, motivado pela pandemia de COVID-19. O serviço presencial será prestado de segunda a sexta-feira, das 10h às 13h e das 14h às 18h.

A reabertura implicará o cumprimento de um conjunto de regras e de recomendações de segurança, emanadas pela Direção-Geral da Saúde e pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, destinadas a evitar a propagação do novo coronavírus SARS-COV-2. Assim, cada utilizador deverá aguardar no exterior do edifício a autorização de entrada, e, para este feito, deverá usar máscara e desinfetar as mãos, bem como respeitar o distanciamento físico mínimo de dois metros. No átrio, apenas poderá permanecer um utilizador, mas as crianças menores de 12 anos poderão fazer-se acompanhar por um adulto.

O número de utilizadores, em cada período do dia (manhã e tarde), será limitado a um total agregado de 15 na Sala de Adultos, e cinco na Salas Infantil e de Leitura ao Ar Livre, e implicará registo prévio no Balcão de Atendimento. Os utilizadores não poderão tocar nos documentos (livros, DVD e CD) expostos, e o acesso e a devolução serão mediados pelos funcionários da BMA. Os computadores apenas estarão disponíveis para quatro utilizadores na Sala de Adultos e para outros quatro na Sala Infantil.

Também o empréstimo domiciliário estará sujeito a novas regras. A escolha dos documentos deverá, de preferência, ser feita previamente, mediante consulta do catálogo “online” da Rede de Bibliotecas de Anadia (www.bm-anadia.pt). O utilizador efetuará, aí, a respetiva reserva, podendo também realizar o pedido por telefone (231 519 090), durante o horário da BMA, ou através de correio eletrónico, para o endereço geral@bm-anadia.pt.

O levantamento e a devolução de documentos são feitos de forma presencial. No caso das devoluções, os documentos deverão ser deixados numa caixa, devidamente identificada, colocada à entrada da biblioteca. Daí, estes serão reencaminhados para um espaço, reservado para o efeito, onde permanecerão durante 10 dias. Findo este prazo de quarentena, serão higienizados e devolvidos às respetivas estantes, e, só então, voltarão a estar disponíveis para empréstimo.

A leitura de publicações periódicas em suporte papel (jornais e revistas) não é permitida, estando também interdito, temporariamente, o acesso à Cafetaria e à Bebeteca. Atendendo à reabertura dos serviços presenciais na BMA, a valência “Biblioteca à porta” deu a sua missão como terminada no passado dia 15 de maio.

As sessões de promoção do livro e da leitura para o público em geral – Hora do Livro, Contos & Fraldas e Teatro de Fantoches – continuarão a ser realizada através das plataformas digitais (canal de YouTube e página de Facebook do Município de Anadia), mas apenas ao sábado.