A Universidade de Aveiro é a primeira universidade portuguesa e a 17ª europeia no StuDocu World University Ranking 2020. Este ranking escrutinou 563 instituições de ensino superior europeu e resulta da avaliação dada por mais de 45 mil estudantes e diplomados a 15 tópicos distintos, que vão desde a qualidade dos cursos às instalações, passando pelas oportunidades de emprego e oferta de atividades culturais e desportivas.

“É com satisfação que a Universidade de Aveiro se vê qualificada na 17º posição a nível europeu e obtém a 1º posição a nível nacional no ranking “StuDocu World University Ranking” que analisa, do ponto de vista dos estudantes, as diversas condições oferecidas pelas instituições de ensino superior” diz o vice-reitor Luís Castro. “Em particular, registamos com agrado que a Universidade de Aveiro obteve muito elevada pontuação nos parâmetros relativos à qualidade dos cursos, qualidade de vida, suas instalações (e correspondente acessibilidade), segurança, alojamento (nos campi), desporto e alimentação”, concretiza.

Este primeiro ranking de estudantes para estudantes, da responsabilidade da StuDocu – uma das principais empresas de EdTech do mundo -, pediu aos estudantes que classificassem, numa escala de 0 a 10, as suas próprias universidades nas seguintes 15 categorias:

Reputação académica e oportunidades de trabalho; Ensino a distância; Qualidade dos Cursos; Qualidade de vida; Alimentação; Instalações e áreas comuns; Grupos e associações de estudantes; Cultura e Desporto; Segurança; Localização; Acessibilidade para alunos com deficiência; Diversidade e Inclusão; Apoio financeiro; Alojamento (nos campi); Ambiente romântico.

Entre os vários critérios, os estudantes da UA destacaram os relativos à qualidade dos cursos, ensino a distância, qualidade de vida, das instalações, alimentação, cultura e desporto, diversidade e inclusão e associativismo.

A lista europeia, liderada pela Glasgow Caledonian University, coloca à frente da UA mais nove universidades do Reino Unido, uma alemã, duas francesas, duas suecas e uma italiana.

Nas cinco primeiras posições nacionais estão, para além da UA (17º lugar europeu), a Universidade Nova de Lisboa (39º lugar europeu), Instituto Universitário de Lisboa (44º lugar europeu), Universidade do Minho (119º lugar europeu) e Universidade da Beira Interior (168º lugar europeu).

A lista completa com a posição da cada universidade pode ser consultada aqui.