Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Oiã: Roubadas duas toneladas de ferro

A Zona Industrial de Oiã é constantemente fustigada por assaltos a empresas. Se, na última semana foi uma, no último fim-de-semana, foram “visitadas” duas: Zinferaço e Trougal, que bate o recorde, uma média de mais de um por ano.
Da Zinferaço levaram os salteadores vigas, cujo montante em peso, o empresário, Paulo Miranda, diz ultrapassar duas toneladas. Além disso, limparam chapa inox que se encontrava em cima de paletes. “É uma pouca vergonha” – lamenta-se e lamenta que a GNR não possa fazer nada. “Não adianta participar”, avança. Em face de roubos anteriores, nomeadamente muita chapa de alumínio, a empresa fez uma vedação em chapa, também do lado poente, rente a um morro que dá acesso à linha-férrea e cuja vedação tem sido cortada para passar o resultado dos roubos para a estrada dos Carris para carregamento. Arrancaram uma chapa. Foi por aí que passaram as vigas. Estão lá marcadas as pegadas. Passaram também a linha-férrea, de material às costas, na direcção da Rua dos Carris, a única saída. Paulo Miranda não se contém de revolta e lembra as vezes que se tem de se levantar para ali acorrer, em face do alerta do alarme, quando o objectivo é o escritório. Há dois meses, limparam-lhe de uma máquina e de um camião todo o gasóleo, “mais de 200 litros”, agora é o ferro e chapa. Sem mencionar nomes, afirma que os grandes culpados são os sucateiros/receptadores, os que compram ao preço de sucata ferro e chapa, em bom estado para ser utilizado, os que vêm carregar, impunemente, à estrada dos Carris ou à rua da Estação. A Zona Industrial de Oiã tem inquilinos, que pelas suas acções, se tornam indesejáveis. Se fosse em Fermentelos nem sequer tinham pousado…
Já na Trougal, o objectivo era o dinheiro. Revoltearam tudo quanto era gavetas e caixas, espalharam papelada. Supostamente terão entrado pela porta principal do escritório, entraram no pavilhão e com um ferro forçaram a porta de acesso ao gabinete de recepção e contabilidade. Feito o trabalho e metido ao bolso algumas moedas de euros, saíram pelo portão do fundo. Comunicado à GNR, foi recebida a resposta na segunda-feira de que, como não tinham roubado nada, não havia necessidade de o NIC actuar, que se fizesse a participação, que não foi feita, porque “não vale a pena e só se perde tempo”.

APM

Uma resposta para “Oiã: Roubadas duas toneladas de ferro”

  1. Anonimo diz:

    O NIC é um circo! Não investigam coisa nenhuma. Apresentamos queixa e nunca mais obtemos resposta. Os assaltos continuam porque a GNR não tem meios a não ser fazer operações stop de vez em quando. Todos em Oiã sabem quem são os assaltantes. Fora com eles!!

Trackbacks/Pingbacks


Deixe um comentário

Ad Code

Blogues recomendados


Cagido

ACIB – ENCONTROS COM COMERCIANTES
ACIB e Juntas de Freguesias promovem encontros com comerciantes dos concelh …


Notícias de Bustos

ADERCUS NA “CORRIDA DO CASTELO” de FEIRA
Santa Maria da Feira foi o palco da 15ª edição da “corrida do castelo”, que …


Portal de Nariz

Nota da Administração
Depois de algum tempo de ponderação e reflexão, o Portal de Nariz informa q …

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com