Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Utentes da TDT em “bolandas” nos concelhos de Vagos e Mira

Remetida pela comissão de utentes da Televisão Digital Terrestre (TDT) do concelho de Vagos, uma exposição a pedir a intervenção do primeiro-ministro para que fossem corrigidas as alegadas deficiências da má difusão do sinal, nos municípios de Vagos e Mira, parece ter dado resultado.
O documento, que antes fora apresentado a várias entidades, nomeadamente à Portugal Telecom, ANACOM, Provedor do Telespetador, Câmara de Vagos e Junta de Freguesia, foi “parar” ao gabinete de Miguel Relvas que lhe terá dado tratamento adequado. “Estamos realmente satisfeitos, porque a qualidade do sinal melhorou substancialmente”, disse, ao JB, Arsénio Pimentel, um dos subscritores da referida exposição.
Em causa estava, contrariamente ao que seria de esperar face à informação veiculada pela ANACOM, a “quebra de qualidade e cortes de sinal muito longos”. Tal situação “obrigou” muitos utentes a mudar de novo para a analógica, enquanto outros, a braços com problemas na TDT, optavam por “regressar” outra vez à analógica, depois de terem adquirido descodificadores, antenas e televisores de melhor qualidade.
Enquanto isso, colaboradores da PT “cansam as pessoas com tanta pressão e tanta publicidade enganosa, que conseguem fazer contratos MEO até com quem não tem condições para pagar”, lê-se naquele documento, que pede a melhoria da rede TDT.
Alega que o recurso ao satélite “não é a melhor solução”, por ter limitações e exigir parabólica, para além de cablagem nos compartimentos da casa com televisor. “Os recetores de satélite ficam muito caros, a partir do terceiro, e só podem ser vendidos pela PT”, alerta a comissão de utentes.

Ler mais na edição impressa ou digital

Eduardo Jaques/colaborador

Uma resposta para “Utentes da TDT em “bolandas” nos concelhos de Vagos e Mira”

  1. João diz:

    Aqui em Mira continua tudo na mesma a semana passada enviei uns emails para ANACOM, DECO e Portal do Consumidor, o qual deixo aqui:

    Recepção de sinal inconstante, por vezes sem sinal.

    Há uns meses comprei dois receptores à PT. Liguei para lá e disseram-me que só tinha direito a 2, um por 10€ e o outro 20€. Foi-me também dito que a minha residência se encontra numa zona com sinal TDT. O que é certo é que estou pior do agora com a TDT do que estava anteriormente. O que é certo é que actualmente pago taxa audiovisual na factura da EDP e não consigo ver TV em condições, sem ter falhas, e muitas vezes nem consigo ver por falta de sinal.
    Liguei para linha telefónica de apoio da TDT para pedir alguns esclarecimentos e foi-me aconselhado pelos operadores telefónicos que o melhor era chamar um técnico a casa para proceder a instalação. Foi exactamente o que fiz. O técnico instalou uma antena, amplificadores, fez medição de sinal, entre outras coisas e, no final, apresentou-me uma conta que rondou os 200€, sem contar com os receptores, por já os ter adquirido à PT.
    Dadas as constantes falhas e interrupções de transmissão que tenho tido, mesmo após todo o meu investimento, e dadas as promessas por parte dos responsáveis da TDT, de que o serviço iria ser de boa qualidade, bastando apenas comprar um receptor e ligar um cabo à TV, liguei à ANACOM para apresentar as minhas reclamações e aproveitar para esclarecer mais algumas dúvidas, e qual não foi o meu espanto quando me informaram que afinal estou numa zona DTH, e que deveria adquirir novos receptores para televisão digital, tendo direito a comprar dois (um por 72€ e outro por 96€) e, como tenho 3 TV’s ainda teria de comprar outro receptor e pagar o prato e instalação, no valor de 61€. O que acontece é que além de todo o investimento que já fiz, se quiser ter televisão em condições, tenho ainda de investir mais. E caso não tenha mais dinheiro para investir, tenho de deixar de utilizar as televisões que já possuo.
    Dado o exposto, quero mostrar a minha indignação e insatisfação pelo modo como a TDT foi posta em funcionamento, levando as pessoas a gastar cada vez mais dinheiro e a perder direito a serviços que eram de boa qualidade, sem ter opção de escolha. Penso ainda que em tempos de crise como os que vivemos e sentimos, este é um processo demasiado pesado para os bolsos de todos nós, principalmente quando nada por nós foi solicitado.
    Somos mesmo um país de ricos. Pena é que eu sou pobre! Azar o meu!

Trackbacks/Pingbacks


Deixe um comentário

Ad Code

Blogues recomendados


Cagido

19 DE NOVEMBRO – DIA MUNDIAL DAS DOENÇAS PULMONARES OBSTRUTIVAS E DIA DO HOMEM
      Numa sociedade em que cada vez mais se respira menos amor, solidaried …


Notícias de Bustos

CARLA MARTINHO (ADERCUS) VENCEU EM VAGOS
O fim-de-semana desportivo da ADERCUS foi marcado pela participação em comp …


Portal de Nariz

Nota da Administração
Depois de algum tempo de ponderação e reflexão, o Portal de Nariz informa q …

Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com