Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "feira"

Anadia: Marchas Populares vão ter apoio da Câmara Municipal


A atribuição de apoio financeiro às Marchas dos Santos Populares foi aprovada pela Câmara Municipal de Anadia na sua reunião de 12 de março último.

O executivo deliberou atribuir uma verba de 4.500 euros a cada entidade que se proponha organizar uma marcha e com ela participar nas atividades a promover pela autarquia, nomeadamente no programa da XII Feira da Vinha e do Vinho, que decorrerá em Anadia, de 20 a 28 de junho próximo, estando o desfile das marchas agendado para o último dia do certame.

Responsável pela coordenação dos desfiles das Marchas dos Santos Populares em Anadia, a Câmara Municipal tem tido como missão organizar o evento, definindo previamente os moldes de participação. É também a principal entidade financiadora do mesmo, já que, para além de assegurar a logística que possibilita a exibição dos marchantes, cabe-lhe conceder os subsídios destinados a auxiliar cada uma das marchas a fazer face aos elevados encargos com guarda-roupa, músicos e adereços, entre outros.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Comissão Vitivinícola da Bairrada aposta na promoção da região na Prowein


No que toca ao setor mundial do vinho, de 15 a 17 de março, todos os caminhos vão dar a Düsseldorf.
Como acontece anualmente, a cidade alemã é palco da Prowein, a maior e mais importante feira de vinhos internacional.

Seminário sobre o terroir Bairrada. Na edição deste ano, a presença dos vinhos da Bairrada destaca-se pela realização do seminário “Understanding The Great Terroir Of Bairrada”, promovido pela Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB) e conduzido pela opinion leader Christina Fischer.
O seminário acontece no primeiro dia do certame e a conceituada jornalista Christina Fischer – que escreve para publicações como a Vinum, a Sommelier e a Allgemeine Hotel- und Gastronomie-Zeitung – vai, ao longo de quarenta e cinco minutos, “seduzir” profissionais do setor e compradores internacionais, ao mostrar as valências do terroir e dos vinhos da Bairrada e ao apresentar uma requintada seleção de vinhos espumantes, brancos e tintos da região.
Para Pedro Soares, presidente da CVB, “a escolha de uma embaixadora alemã, sendo ela uma jornalista de vinhos e gastronomia, é a melhor forma de explicar e transmitir a peculiaridade do terroir e dos néctares da região da Bairrada”.
O responsável acrescenta que “trouxemos a Christina à região para fazer trabalho de campo e poder transmitir da forma mais fidedigna a magnificência da Bairrada”.
Com esta ação, a Comissão Vitivinícola da Bairrada pretende acrescentar valor à presença dos vinhos da região na Prowein.
Aliança, Campolargo, Caves Arcos do Rei, Caves da Montanha, Caves São João, Luís Pato, Lusovini, Niepoort, Quinta do Encontro e Vadio Wines são alguns dos produtores que vão ter os seus vinhos à prova no espaço Wines of Portugal, que a ViniPortugal reservou para promover o que de melhor o setor do vinho tem para oferecer.

Certame é palco estratégico para o setor. Pedro Soares corrobora da opinião de Jorge Monteiro, presidente da ViniPortugal, que afirma que “a Prowein é hoje o maior ponto de encontro entre quem vende e quem compra no mercado mundial de vinhos, sendo por isso um palco estratégico para a promoção e afirmação dos vinhos portugueses no panorama internacional”, sendo de extrema importância uma presença cada vez mais forte e concertada dos vinhos da Bairrada neste certame.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Mealhada: Feira do município é agora FESTAME


É a mais tradicional feira do concelho da Mealhada e já tem data marcada e um novo nome. A partir deste ano, a conhecida Feira de Artesanato e Gastronomia passa a chamar-se FESTAME – Feira do Município da Mealhada e vai realizar-se de 9 a 14 de junho no mesmo local, na Zona Desportiva. As inscrições para a FESTAME já estão abertas. Os artesãos e os empresários do setor agrícola, industrial e comercial que estejam interessados em participar deverão efetuar a sua candidatura até ao dia 16 de abril, preenchendo a ficha que está disponível online no site da autarquia.
Começou por ser um evento dedicado exclusivamente ao artesanato e à gastronomia, que ocupava a zona central da cidade, o Jardim Municipal, durante nove dias do mês de junho, mas depressa foi ganhando outra dimensão. A Feira de Artesanato e Gastronomia do concelho foi crescendo e o recinto foi ficando pequeno para o que o certame pretendia ser. O evento mudou de sítio em 2013, por causa da empreitada de requalificação da zona central da cidade, e já não saiu mais do seu novo local, a Zona Desportiva da Mealhada. Foi lá que se expandiu, duplicando o número de expositores, que passaram a ser não só de artesanato, mas também empresariais e agrícolas. A feira ganhou ainda espaço para as 4 Maravilhas, com destaque para o leitão da bairrada, que o ano passado já teve o seu próprio restaurante. O cartaz passou a ser uma aposta da organização e o palco foi ocupado com conhecidos nomes da música portuguesa.
Para este ano, dada esta aposta de alargamento do certame, a organização decidiu alterar o nome do evento para outro mais geral. E assim surge o nome FESTAME – Feira do Município da Mealhada.
As inscrições devem ser enviadas, por e-mail, para festame.mealhada@gmail.com ou, por correio, para Câmara Municipal da Mealhada, Largo do Município 3040 – 001 Mealhada, ao cuidado da Organização FESTAME, impreterivelmente até dia 16 de abril.
João Paulo Teles

Posted in Mealhada, Por Terras da BairradaComments (0)

Nova Feira da Palhaça inaugurada a 1 de março


A Feira da Palhaça, que custou 2,5 milhões de euros, vai mudar, no próximo dia 1 de março, para um novo espaço. A inauguração oficial está marcada para as 10h, na presença de entidades locais. No dia 29 de junho, a Feira da Palhaça comemora 300 anos de existência. “Vai ser uma data memorável”, afirma Manuel Martins, presidente da Junta de Freguesia da Palhaça. O autarca está orgulhoso do novo espaço da feira, que resulta de uma incansável “luta” das gentes da Palhaça. “Uma conquista que demorou 12 anos e que atravessou o mandato de Acílio Gala, que começou a comprar os terrenos, e Mário João Oliveira, que terminou a obra. Na Junta, Manuel Carvalho, Fernando Tomé e agora Manuel Augusto Martins foram os autarcas locais que lutaram por esta mais-valia.

“É mais um marco histórico nos quase 300 anos de vida da Feira da Palhaça, que se assinalam dia 29 de junho”, afirma Manuel Augusto Martins, presidente da Junta de Freguesia, ao mostrar, orgulhosamente, ao JB, o novo espaço da Feira, que será um dos melhores do distrito de Aveiro.

A nova Feira da Palhaça, acessível através da Rua da Bica ou da Rua das Feitosas (rua da Feira do Gado), compreende um conjunto de trabalhos que se desenvolveram numa área de aproximadamente 41.000 m2, contemplando a execução de um mercado com zona de venda indiferenciada e de peixe, módulos destinados para bancas dos feirantes, zona de churrasco, zona de pintos, zona de flores, instalações sanitárias, duas lojas, cafetaria, zona técnica e sala administrativa.
Esta obra contemplou ainda trabalhos de movimentação de terras, estruturas de betão armado e metálica, infraestruturas de abastecimento, drenagem e elétricas, rede de incêndio, rede de rega, serralharias de ferro e de alumínio, carpintarias, revestimento e pintura de pavimento, paredes e tetos e arranjos exteriores (colocação de espécies arbóreas e tratamento da vala hidráulica).
Quantos aos lugares de estacionamento, Manuel Augusto estima que serão cerca de 4 mil, no entanto, no dia 1 de março, apenas estará concluído o parque de estacionamento sul, que tem capacidade para mil viaturas. “Até ao dia 29 de junho, altura em que a Feira comemora 300 anos, serão concluídos todos os acessos exteriores”, acrescenta o autarca, sublinhando que a Feira da Palhaça é um património que é pertença de todas as gerações ao longo dos três séculos.

Pedro Fontes da Costa

Leia a reportagem completa na edição de 26/02/2015 do Jornal da Bairrada

Posted in Destaque, Oliveira do Bairro, Palhaça, Por Terras da BairradaComments (0)

Nova Feira da Palhaça custou 2,5 milhões e vai ser inaugurada a 1 de março


O novo espaço da Feira da Palhaça, resultante de um investimento de 2,5 milhões de euros, vai ser inaugurado no dia 1 de março de 2015. A construção da feira da Palhaça decorreu em duas fases. A primeira arrancou em setembro de 2009. O início da segunda fase da empreitada sofreu um atraso significativo, uma vez que o projeto, apresentado pelo arquiteto Veiga Camelo, previa, para a obra, um valor de cerca de 1 milhão de euros, que a Câmara Municipal de Oliveira do Bairro considerou inaceitável, tendo solicitado a revisão em baixa desse mesmo valor. “Depois de ultrapassadas várias vicissitudes, alheias à vontade da autarquia, o arquiteto responsável pela obra reviu o projeto e o valor fixou-se em cerca de metade do inicial”, explicou ao JB, o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Bairro, Mário João Oliveira.
O novo espaço da Feira da Palhaça compreende um conjunto de trabalhos que se desenvolveram numa área de aproximadamente 41.000 m2, contemplando a execução de um mercado com zona de venda indiferenciada e de peixe, módulos destinados para bancas dos feirantes, zona de churrasco, zona de pintos, zona de flores, instalações sanitárias, duas lojas, cafetaria, zona técnica e sala administrativa.
Leia mais na versão digital do seu JB.

Posted in Oliveira do Bairro, Por Terras da BairradaComments (0)

Feira de Livro na Biblioteca Municipal de Anadia


 A Câmara Municipal de Anadia inaugura no próximo dia 1 de dezembro mais uma edição da Feira Municipal do Livro, que decorrerá até 27 deste mês, na Biblioteca Municipal de Anadia.
Nesta quinta edição do certame, e ao longo de quatro semanas, os leitores terão ao seu dispor milhares de livros das mais prestigiadas e conhecidas editoras nacionais, disponíveis a preços convidativos. Graças à participação de editoras, de distribuidores e de uma livraria de Anadia, os leitores poderão, ainda, usufruir de promoções especiais em novidades editoriais e adquirir publicações a preço de saldo.
Com esta iniciativa, a Câmara Municipal volta a proporcionar aos munícipes, a possibilidade de adquirirem e de oferecerem livros durante a época natalícia, contribuindo, desta forma, para a promoção do livro e da leitura no Município.
A Feira Municipal do Livro de Anadia poderá ser visitada de segunda-feira a sábado, das 10h às 13h e das 14h às 19h, na Biblioteca Municipal de Anadia.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Sangalhos: Feira Outonal fomenta aquisição de bons hábitos alimentares


A Feira Outonal, projeto da iniciativa do Jardim de Infância e das turmas A e F da Escola Básica de Sangalhos, do Agrupamento de Escolas de Anadia, decorreu, no passado dia 17 de outubro, entre as 10h30 às 12h30, no recinto da Escola da Pista, em Sangalhos.
O evento incluiu a promoção das hortas biológicas/pedagógicas existentes na comunidade local e das vantagens existentes destas na sensibilização aos alunos para atingir modos de vida mais saudáveis.
Os produtos hortícolas e outros foram gentilmente oferecidos pelos pais e encarregados de educação. Todos os alunos participaram com entusiasmo e motivação na organização e preparação da feira e fizeram a sua divulgação junto da comunidade local, a qual também aderiu à iniciativa contribuindo com a sua presença e com a aquisição dos produtos expostos.
Desta forma, a feira voltou a encher de cor o “coração” de toda a comunidade escolar, fazendo dos alunos comerciantes por um dia.
Fomentar a aquisição de bons hábitos alimentares, reconhecer a importância de uma alimentação racional e equilibrado desenvolvimento das crianças, fomentar atividades em grupo que visam a socialização, sensibilizar para o excesso de consumo de determinados alimentos, reconhecer a importância das explorações agrícolas familiares e vivenciar experiências do comércio tradicional foram alguns dos principais objetivos desta iniciativa.
Amílcar Costa

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, SangalhosComments (0)

Anadia: Feira Social mostra concelho cada vez mais solidário


O balanço desta 5.ª edição da Feira Social de Anadia não poderia ser mais positivo. Realizada, pela primeira vez, no CAR – Velódromo Nacional, em Sangalhos, foi uma verdadeira montra do que no concelho se vai fazendo no setor da solidariedade.
Realizada entre os dias 16 e 18 de outubro, a Feira Social, que vai já na 5.ª edição, vestiu uma nova roupagem e, para além dos stands de cada uma das instituições de solidariedade social existentes no concelho e que integram a Rede Social de Anadia, enquadrou inúmeras atuações de utentes das várias instituições, exposições permanentes, workshops temáticos, animação infantil, muita música, dança, até circuito de prevenção rodoviária e uma ação solidária “Ajude-nos a ajudar. Traga um género alimentar”.

Trabalhar em prol da comunidade. Durante a sessão de inauguração do evento, Humberto Carneiro, representante da União das Misericórdias Portuguesas (UMP) deixou uma mensagem de apoio, referindo-se ao evento como uma iniciativa que apraz registar até porque evidencia a interacção existente entre a autarquias e o sector social.
Para este responsável, “todos temos os mesmos objetivos e trabalhamos para as mesmas pessoas”, desde a infância à terceira idade.
Humberto Carneiro explicou que todos os que trabalham no social “trabalham em prol da comunidade, sendo que as Misericórdias têm sabido cumprir a sua missão tornando-se muitas vezes a almofada social, que dá resposta às solicitações das populações, sobretudo dos mais carenciados e desprotegidos.”

Paixão pelas pessoas. Na ocasião, Rui Cruz, diretor distrital da Segurança Social de Aveiro, mostrou-se bastante agradado com a moldura e o calor humano que se respirava dentro do Velódromo.
A Feira, mais uma grande festa, possível de concretizar “porque as instituições têm crianças e idosos”, sendo esta mostra “um exemplo claro da paixão da autarquia e das instituições concelhias pelas pessoas, pelo setor social.” Deixou uma palavra de apreço em relação a todas aqueles que se dedicam, de corpo e alma, a esta causa, que trabalham e se entregam ao social.

Um concelho cada vez mais solidário. E, de facto, a área social tem sido uma das bandeiras levantadas bem alto pelo executivo liderado por Teresa Cardoso.
A presidente da Câmara Municipal de Anadia agradeceu as palavras de incentivo e de reconhecimento ao trabalho realizado no concelho, na área social, sem esquecer de deixar algumas palavras de conforto e agradecimento à disponibilidade das instituições presentes, pela partilha e vontade de ajudar a promover o trabalho social e solidário que, a seu ver, é o trabalho mais difícil de mostrar porque é aquele que é menos visível.
A edil anadiense deixou ainda um apelo para que a comunidade esteja próxima das suas instituições, junto das suas crianças e idosos.
Referindo-se em concreto ao certame, avançou ser esta uma montra do trabalho que é feito nas instituições junto das crianças e idosos. Por isso, deixou a todos a mensagem de que “juntos temos construído um caminho mais social”, sendo estes três dias uma boa oportunidade para que a comunidade possa partilhar, conviver e tomar conhecimento do trabalho que é desenvolvido no concelho.
A autarca destacou ainda outras políticas e projetos sociais que a autarquia tem em marcha para ajudar quem mais precisa e apontou um desafio: continuar a construir o caminho e fazer de Anadia um concelho cada vez mais solidário.

Catarina Cerca
catarina@jb.pt

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Feira Social mostra Anadia solidária


Abre portas amanhã, dia 16, pelas 14h30, a 5.ª Feira Social de Anadia, mostra de projetos sociais, organizada pela Câmara Municipal de Anadia, que estará patente no Velódromo Nacional, em Sangalhos, até 18 do corrente, entre as 14 e as 18h, com entrada gratuita.
Promovida em parceria com o Núcleo Dinamizador do certame, esta bienal contará com a participação ativa das IPSS e Misericórdias do concelho, bem como outras entidades que integram a Rede Social de Anadia.
Para além de dar a conhecer os projetos sociais desenvolvidos e implementados no concelho de Anadia, a Feira vai disponibilizar aos visitantes um vasto leque de atividades. Uma dessas iniciativas está já a decorrer e designa-se “Ajude a Ajudar, Traga um Género Alimentar!”, uma ação solidária que, a propósito do Dia Internacional contra a Erradicação da Pobreza e da Exclusão Social (17 de outubro), visa a recolha de géneros alimentares, que serão entregues a famílias cuja carência económica se encontra comprovada e sinalizada por entidades da área social do concelho. Os donativos podem ser deixados nas instituições sociais e, no decorrer da Feira, no recinto da mesma.
No âmbito desta 5.ª Feira Social de Anadia, serão também dinamizados diversos workshops, estando ainda previstas outras atividades, nomeadamente atuações a cargo das instituições sociais, bem como animação infantil, circuito de prevenção rodoviária, demonstração de karaté, e os projetos “Livraria Social” e “Árvore da Sabedoria Social”.
No dia 18 de outubro, entre as 16 e as 18h, junto ao edifício do Velódromo, os visitantes poderão realizar um voo cativo em balão de ar quente, graças a uma parceria com a CIRA.

Posted in Anadia, Por Terras da BairradaComments (0)

Anadia: Feira Social, no Velódromo, arranca no dia 16 de outubro


A Câmara Municipal de Anadia inaugura, no próximo dia 16 de outubro, pelas 14h30, no Velódromo Nacional, em Sangalhos, a quinta edição da Feira Social de Anadia, mostra que estará patente até 18 do corrente, entre as 14 e as 18h, com entrada gratuita.
Organizada pela autarquia, em parceria com as instituições concelhias, esta será a quinta mostra global de projetos sociais desenvolvidos e implementados, junto da sociedade civil, no concelho. Nela participarão todas as Instituições Particulares de Solidariedade Social e Santas Casas da Misericórdia existentes no concelho, bem como outras entidades que integram a Rede Social de Anadia.
Durante os três dias da Feira, o público terá a oportunidade de assistir ou de participar num vasto leque de atividades. Uma dessas iniciativas está já a decorrer: trata-se da ação solidária “Ajude a Ajudar, Traga um Género Alimentar!” que, a propósito do Dia Internacional contra a Erradicação da Pobreza e da Exclusão Social (17 de outubro), tem como objetivo a recolha de géneros alimentares, que serão entregues a famílias com comprovada carência económica, devidamente sinalizadas por entidades da área social do concelho. Neste momento, os donativos podem ser entregues nas instituições sociais, e, no decorrer da Feira, poderão também ser entregues no recinto da mesma. Para além de ajudar famílias desfavorecidas, esta ação visa igualmente sensibilizar a comunidade em geral para a problemática da pobreza e da exclusão social.
No âmbito desta 5.ª Feira Social de Anadia, serão também dinamizados diversos workshops, bem como outras atividades de caráter diverso, que passam por atuações a cargo das instituições sociais, bem como animação infantil, circuito de prevenção rodoviária, demonstração de karaté, e os projetos “Livraria Social” e “Árvore da Sabedoria Social”. No dia 18 de outubro, entre as 16h e as 18h, junto ao edifício do Velódromo, os visitantes terão também a possibilidade de realizar um voo cativo em balão de ar quente, graças a uma parceria com a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro.

Posted in A. da Gândara, Aguim, Anadia, Ancas, Arcos, Avelãs de Caminho, Avelãs de Cima, Mogofores, Moita, Óis do Bairro, Paredes do Bairro, Por Terras da Bairrada, S. Lourenço Bairro, Sangalhos, Tamengos, V. Nova de Monsarros, Vilarinho do BairroComments (0)

SFImobiliaria

Pergunta da semana

Portugueses praticam cada vez mais exercício ao ar livre. É o seu caso?

View Results

Loading ... Loading ...
Newsletter Powered By : XYZScripts.com