Recortes.pt Leia no Recortes.pt

Tag Archive | "iniciativa"

Anadia: Jantar de Lampreia no Museu do Vinho, dia 23


O Museu do Vinho Bairrada, em Anadia, vai ser palco, mais uma vez, de um jantar eno-gastronómico onde se combina a Lampreia e os vinhos da Bairrada.
Numa organização conjunta dos municípios de Anadia e Penacova e da Rota da Bairrada, este evento decorrerá no próximo dia 23 de fevereiro, pelas 20h30.
Da ementa, constam peixinhos do rio, lampreia de Penacova, doces conventuais do Mosteiro de Lorvão, acompanhados pelos vinhos da região da Bairrada.
Esta ação de promoção visa associar a lampreia de Penacova aos vinhos da Bairrada, estreitando laços de cooperação e interligação de produtos regionais.
A autarquia de Penacova vai trazer a Anadia um dos restaurantes aderentes ao seu Festival da Lampreia para confecionar o prato, cabendo ao município de Anadia providenciar os produtores de vinhos da região que ofereçam o vinho para o evento.
As inscrições podem ser feitas para o Museu do Vinho Bairrada, através do contacto 231 519 780, estando limitadas à capacidade da sala, e o custo do jantar é de 25 euros por pessoa.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários

Buçaco:“Domingos na Mata” com pacote para famílias


O Vale dos Fetos e dos Abetos são o mote para o próximo “Domingos na Mata”, a 7 de Agosto, iniciativa organizada pela Fundação Mata do Buçaco e a empresa Desafio das Letras.
A pensar nas famílias, foi criado um pacote para que miúdos e graúdos usufruam destas visitas.
Com o Verão no seu auge, a sombra, frescura e tranquilidade que sentimos ao entrar no Vale dos Fetos e Vale dos Abetos, na Mata Nacional do Buçaco, são um conforto que convida ao lazer e descanso.
Neste passeio os participantes ficarão a conhecer de onde provêm fetos de dimensões e idade fantásticas, bem como as razões pelas quais só neste vale e poucos outros locais os conseguimos propagar e conservar.
A pensar nas famílias foram criados três pacotes, para que estas possam usufruir da iniciativa. Assim, família de 2 adultos e 2 crianças corresponde a um valor de 30 euros; família de 2 adultos e 1 criança corresponde um valor de 30 euros; família de 2 adultos e 3 crianças corresponde um valor de 30 euros+ 5euros (da terceira criança).
Recorde-se que o preçário estabelecido é de 15 euros/adulto e 5 euros/criança até aos 12 anos, por inscrição prévia até à sexta-feira anterior, incluindo oferta de um mini-ecokit com vaso e sementes relacionados com a temática de cada passeio.
O valor da inscrição inclui ainda entrada de veículo ligeiro na Mata Nacional do Buçaco.

Posted in Mealhada, Por Terras da Bairrada Comentários

Bairrada: Venceu um AVC e espalha esperança pelo país


 

Emanuel Santos é natural de Vila Nova de Gaia, tem 41 anos e há cerca de um ano sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Lutou pela sua recuperação e agora abraçou uma missão que o vai fazer percorrer o país, de bicicleta, a espalhar a esperança a doentes hospitalizados que, tal como ele, sofreram um AVC.
Na última quinta-feira chegou à Bairrada (Sangalhos), de onde já partiu rumo a Coimbra, mas onde deixou novos amigos que, tal como tantos outros, espalhados por esse país, o apoiam e incentivam na sua arrojada aventura. “Tinha colesterol alto, era hipertenso, pesava mais 35 quilos (pesa agora 80) e fumava dois maços de tabaco por dia”, um cocktail perigoso que lhe ia sendo fatal. No dia 6 de Novembro de 2009, sofreu um AVC que lhe virou a vida do avesso.
Foi, agora, em Sangalhos, na pastelaria Doce Café e junto de Luís Aidos, um dos muitos amigos que tem feito através da rede social Facebook, que falou do seu projecto de vida.

Nova vida. Emanuel Santos estava em casa a dormir quando teve o AVC. Ciente de que o socorro nas primeiras horas era determinante para minorar sequelas, acabaria por esperar e desesperar por ajuda. Sozinho e sem ter como pedir apoio, foi o irmão, 10 horas mais tarde, que o encontrou, na cama, paralisado do lado direito do corpo e sem fala. Sempre consciente, logo se apercebeu do que se estava a passar com o seu corpo. “Quando dei entrada no hospital de Gaia, o diagnóstico era desanimador e diziam que ia ficar acamado”, relembra. Inconformado diz que “é preciso uma grande força de vontade para superar tamanha rasteira da vida”. Depois de meses de recuperação, de muita fisioterapia, terapia da fala e terapia ocupacional decidiu, agora, percorrer Portugal continental, a Madeira e os Açores, levando uma palavra de esperança e alento a outros doentes.
“Em Gaia e Espinho, iniciei a minha recuperação, mas a maior terapia está a ser feita por mim. Nunca desisti”, avança. Agora, dedicado a uma causa, é graças a alguns apoios, amigos e desconhecidos que tem conseguido levar para a frente esta sua missão, que só termina a 29 de Outubro de 2011.
A JB, revela que “todos me acarinham, apoiam e incentivam. Não imagina a generosidade que encontro, a solidariedade das pessoas anónimas que já me viram na televisão, nos jornais, nas rádios ou nas redes sociais e, ao reconhecerem-me, acabam por me ajudar, na alimentação, por exemplo”.
Emanuel Santos saiu, no dia 29 de Outubro, da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral, no Porto. Ao longo de 12 meses irá pedalar de norte a sul do país, passando pelas ilhas. “Irei a todos os Hospitais com unidades de AVC. Já passei por Gaia, Santa Maria da Feira, Aveiro e agora rumo a Coimbra e à Figueira da Foz”, diz-nos revelando que, faz cerca de 30 a 40 quilómetros por dia, tarefa árdua já que a sua bicicleta pesa aproximadamente 70 quilos: “ando com a casa às costas, mas faço questão de entrar nos hospitais vestido de ciclista”.
“Gosto de ir aos hospitais e conversar com as pessoas, dar-lhes esperança e conforto, pois senti essa necessidade quando sofri o AVC”. Para além de hospitais, Emanuel Santos fala aos jovens estudantes, sensibilizando-os e fazendo campanhas de prevenção pelas escolas por onde passa.
Nesta sua breve estada pela Bairrada, só encontrou generosidade e muito calor humano. Geralmente, pernoita nas corporações de Bombeiros Voluntários. Em Anadia, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários conseguiu que ficasse a pernoitar no Colégio N.ª S.ª da Assunção, em Famalicão. Durante o final de semana, aproveitou para descansar, visitar a região, tendo ficado admirado com o Velódromo Nacional. Amante das bicicletas e do BTT, foi na companhia dos betetistas “Rijos de Sangalhos” que passou parte do seu tempo livre.
“Foi através do facebook que o Luís Aidos me disse que, se passasse por Sangalhos, para parar na Doce. Aceitei e aqui estou”, revelou, acrescentando que, apesar de não beber bebidas alcoólicas, não resistiu a provar uma sandes de leitão, mas com consentimento médico. O seu derradeiro objectivo é despertar consciências e criar uma Fundação “para ajudar outros doentes. O AVC mudou a minha vida”, diz, “agora quero ser um exemplo e mostrar que apesar do sofrimento é possível recuperar”.

Catarina Cerca

Posted in Anadia, Destaque, Por Terras da Bairrada Comentários

Buçaco: 2500 pessoas abraçaram a Mata


O empenho e entusiasmo tomaram, no último domingo, conta da Mata Nacional do Buçaco. O dia foi memorável, até porque vários municípios, instituições e entidades da região Centro marcaram presença na iniciativa “Abrace o Buçaco”, cumprindo um dos objectivos da organização: reaproximar a população daquela que já é considerada uma das “Maravilha de Portugal”.
Cerca de 2.500 pessoas não faltaram à chamada da Fundação Mata do Buçaco para abraçar, literalmente, a Mata Nacional do Buçaco. Apesar de o objectivo das cinco mil pessoas não ter sido cumprido, a organização da iniciativa não podia estar mais satisfeita com o empenho de toda a região, que se traduziu na presença de várias instituições.
Outros dos objectivos do “Abrace o Buçaco” era apelar ao voto na Mata Nacional do Buçaco para que esta seja eleita uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal. Só no domingo, dia 5, foram contabilizados 2.675 votos, revelando a união de toda a região em torno da Mata Nacional e a vontade de a tornar numa das 7 Maravilhas.

Tarde bateu recorde de visitas. Para além do “Abrace o Buçaco”, o dia ficou ainda marcado pela missa campal, nas Portas de Coimbra, à qual assistiram dezenas de pessoas, e pelas actividades desportivas (ginástica, caminhada e aeróbica), organizadas pela Câmara Municipal de Mealhada, que dinamizaram a tarde na Mata.
O dia foi também memorável, pois (e apesar das entradas terem sido gratuitas até às 14h) as entradas contabilizadas das 14 às 20h bateram todos os recordes, o que demonstra o crescente interesse dos turistas e da população pela Mata Nacional do Buçaco.
A Fundação Mata do Buçaco, em jeito de balanço, agradece não só ao Governo Civil de Aveiro, de Coimbra e Viseu, bem como aos munícipios que não deixaram de estar presentes na iniciativa: Mealhada, Penacova, Mortágua, Ílhavo, Santa Comba Dão, Águeda e Anadia, toda a dedicação demonstrada.
Também as várias juntas de freguesia do concelho de Mealhada e concelhos limítrofes, bombeiros voluntários de Mealhada, Pampilhosa e Penacova e associações locais abraçaram esta iniciativa, não poupando esforços para divulgar a acção.

Posted in Mealhada, Por Terras da Bairrada Comentários

Baile de Primavera juntou 368 idosos em Anadia


Uma grande festa de cor e alegria. Foi assim que alguns dos idosos caracterizaram o Baile de Primavera promovido em parceria entre a Rede Social de Anadia e as IPSS’s do concelho, na tarde do passado dia 29.
O evento, que juntou 368 idosos provenientes de 15 instituições do concelho, teve a coordenação da Casa do Povo de Amoreira da Gândara e do Centro Social da Moita que prepararam uma tarde única e mágica não só para os idosos mas também para os utentes da APPACDM-Anadia.
A iniciativa integrada no plano anual de actividades da Rede Social destina-se, segundo Dora Gomes, responsável da Rede Social de Anadia, a contribuir para o convívio entre as instituições, permitindo aos utentes reencontrar amigos e conhecidos que revêem com grande satisfação neste tipo de encontros.
Por outro lado, o baile assinalou a chegada da Primavera, estando, por isso, todas as 16 mesas colocadas no pavilhão dos desportos de Anadia, muito floridas. Aliás, todo o espaço foi cuidadosamente decorado com flores, assim como cada participante trouxe consigo um “mimo” alusivo à Primavera.
Presente no evento, o autarca anadiense Litério Marques aproveitou para sublinhar a importância deste tipo de iniciativas que, não só aproximam as instituições, como evidenciam que estas estão unidas numa causa comum.
O edil não deixaria de agradecer às instituições pelo cuidado, empenho e dedicação na preparação e realização do evento.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada, Vídeo Comentários

“Dos 8 aos 80 tudo se Movimenta” regressa a Anadia


A Câmara Municipal de Anadia leva a efeito a 5.ª edição do projecto “8 aos 80 Tudo se Movimenta que, durante os meses de Maio (dias 9, 16, 23, 30) e Junho (dias 6, 13, 20, 27), aos domingos de manhã, no horário das 10 às 12h, traz à Praça Visconde Seabra cerca de 200 participantes.
A iniciativa consiste numa caminhadas (onde se explora diversos temas) e ginástica aeróbia. Uma actividade alegre e entusiasta, de cara transpirada, mas contente.
Destinado à população em geral: novo ou menos novo, magro ou menos magro, com ou sem vivências de actividade física e desportiva, o projecto dos “8 aos 80” é, sem dúvida, uma iniciativa de sucesso.
De referir que as sessões iniciar-se-ão, sempre, às 10h na Praça Visconde Seabra (no centro da cidade) e terão, sensivelmente, a duração de duas horas.
Para participar nestas actividades é necessário o uso de equipamento desportivo, boa disposição movimento, alegria e cor!
A organização aconselha a realização de exames médicos regulares para a verificação do bom estado de saúde.

Posted in Anadia, Por Terras da Bairrada Comentários


Pergunta da semana

Um estudo indica que mais de duas doses diárias de álcool por dia aceleram perda de memória. Qual o seu consumo habitual no dia a dia?

View Results

Loading ... Loading ...