A Câmara de Aveiro determinou hoje três dias de luto municipal pela morte do antigo presidente da Assembleia Municipal, Rogério da Silva Leitão, anunciou fonte autárquica.

O presidente da autarquia, Élio Maia, manifestou o seu pesar, considerando que “o município perdeu um distinto aveirense, uma personalidade que pautou a sua acção com reconhecido zelo no campo da cardiologia, e na noção da importância do poder local para o desenvolvimento de Aveiro”.

Rogério Leitão foi presidente da Assembleia Municipal de Aveiro entre 1994 e 1997, tendo sido agraciado pela autarquia, em 2005, com a medalha de Mérito Municipal em Prata.

O conhecido médico cardiologista exerceu diversas funções no Hospital de Aveiro, incluindo cargos directivos, e integrou o Conselho Nacional de Ética e Deontologia da Ordem dos Médicos.

Rogério Leitão morreu esta quinta feira, aos 75 anos de idade.

O funeral realiza-se na sexta feira, com missa às 15:00 na Igreja da Misericórdia de Aveiro.