Excepção ao Mealhada, que venceu em casa a Ovarense, mais ninguém conseguiu pontuar. O Águeda perdeu em Castelo de Paiva diante do Paivense e já está a cinco pontos da Sanjoanense, que venceu em casa o Oiã.
Apesar da derrota, a equipa bairradina teve um bom desempenho e, ao que parece, as goleadas já fazem parte do passado.
Em casa, o Fermentelos, apesar de ter estado a ganhar, não conseguiu desfeitear o Carregosense, um dos 2.ºs classificados, enquanto o Mourisquense perdeu pela margem mínima no terreno do União de Lamas.
Contas feitas, foi uma jornada em falso para as equipas bairradinas.
2-Neste início de segunda volta, o calendário não é favorável ao Fermentelos. Joga em Estarreja, onde mora um dos 2.ºs classificados, única equipa que ainda não perdeu em casa.
O Oiã fará a recepção ao tranquilo Paivense. A equipa de Rufino Polónio tem dado sinais que está melhor, contudo, ainda não conseguiu pontuar. Será desta?
Aparentemente, o Águeda não deverá ter problemas em casa para levar de vencida o Milheiroense. O mesmo se aplica ao Mourisquense na recepção ao Pessegueirense.
O Mealhada é bem capaz de passar um mau bocado em S. Roque, mas tem condições para trazer de lá pontos.

II DIVISÃO

SÉRIE C.1-Numa prova cabal da sua capacidade, o líder Águas Boas foi a Paredes do Bairro aplicar uma goleada das antigas (7-1), num desfecho algo surpreendente face à boa campanha da equipa de Orlando Ribeiro.
O Famalicão, 2.º classificado, não fez por menos e deu oito em casa ao Benfica e Arinhos.
A LAAC também não desperdiçou o factor casa e derrotou o CRAC, tal como Calvão, Couvelha e Carqueijo, que venceram em casa Antes, Ribeira/Azenha e Carregosa, respectivamente.
Ao empatar em casa com o vizinho Bustos, o Troviscalense baixou uma posição, por troca com o Luso que venceu na Mamarrosa.
Em casa, o VN Monsarros somou diante do Aguinense a terceira vitória consecutiva. Os vilanovenses atravessam o melhor momento da época, onde já não perdem há seis jogos.
2-Jogo de candidatos em Águas Boas, com a equipa local a receber o Calvão. As duas equipas têm tudo para proporcionarem um grande espectáculo, num jogo com desfecho imprevisível.
O Famalicão, caso seja igual a si próprio, é favorito em Antes, prevendo-se mais dificuldades para a LAAC na deslocação a Aguim, embora os guinatos já não vençam há três jogos.
Couvelha e Carqueijo devem ser bem sucedidos nos terrenos de Carregosa e CRAC.
Equilíbrio prevê-se no Luso – Troviscalense e no Bustos – Paredes do Bairro. Empates em perspectiva!
O bom momento que o VN Monsarros confere-lhe algum favoritismo no reduto do Benfica e Arinhos.
Na Azenha jogam os dois últimos classificados, com o Ribeira a receber o Mamarrosa, lanterna vermelha. As duas equipas estão separadas por dois pontos e a curiosidade da partida é saber se a lanterna muda ou não de dono.

SÉRIE B.1-Curiosa tem sido a campanha do Nariz. Em casa, a equipa de Manuel Casimiro ainda não somou qualquer ponto, sucedendo o contrário quando joga fora, onde já somou 8 pontos. No passado domingo trouxe três pontos da Borralha.
O Sosense perdeu pela diferença mínima em Aquerubim.
2-A equipa de Soza recebe o Bom Sucesso, 3.º classificado, num jogo que se prevê deveras complicado para a equipa de Machado.
O Nariz também joga em casa, com o Alquerubim. Resta saber se é desta que a equipa soma pontos em casa.