Depois de vencer em Dezembro último em Castelo de Paiva, o Fermentelos alcançou a segunda vitória na condição de visitante, desta vez no reduto do Paços de Brandão. Apesar de mergulhado em zona perigosa, os Pimpões encurtaram distâncias, menos para o Mourisquense que venceu em casa o Cucujães.
Apesar da derrota caseira e quando todos pensavam que seria David contra Golias, o Oiã deixou excelente imagem sobre o candidato Águeda. O Mealhada, que vinha de quatro vitórias, vendeu cara a derrota na casa do candidato Estarreja.
2-Depois de ter jogado com um candidato, o Oiã volta a jogar com outro, o Valecambrense, adversário que nos últimos jogos tem perdido terreno para o líder, a Sanjoanense. Jogo super complicado para os bairradinos, em que tentarão deixar boa imagem.
O Fermentelos recebe o Gafanha, adversário capaz do melhor e do pior, mas que não deixa de ser um opositor complicado face ao seu estatuto de candidato, apesar de algo longe desse desiderato.
Em casa, o Águeda não deverá ter problemas de maior para se desenvencilhar da Ovarense.
O Mealhada, em casa, diante do Mourisquense, tudo fará para regressar às vitórias.

II DIVISÃO

SÉRIE C.1-O trio de líderes não vacilou e cumpriu a sua obrigação. A LAAC voltou a dar chapa sete, desta vez no reduto do Antes. O Águas Boas, em casa, viu-se e desejou-se para vencer o VN Monsarros, tal como o Famalicão, que também venceu à tangente em Bustos.
O Calvão continua na perseguição ao trio da frente, após mais uma vitória, na casa do Troviscalense.
O Couvelha, em Aguim, somou a 5.ª vitória consecutiva e mantém-se tranquilo no 5.º lugar. O Luso subiu ao 6.º posto depois de vencer o Paredes do Bairro, tendo aproveitado o nulo do Carqueijo em Arinhos.
Com algumas mudanças no plantel, o Mamarrosa venceu o CRAC em Parada de Cima e somou a terceira vitória consecutiva.
O Ribeira/Azenha empatou em casa com o Carregosa e ficou cada vez mais último com a subida de forma do Mamarrosa.
2-O trio da frente poderá ser desfeito na próxima jornada, dado que há jogo entre dois deles. A LAAC – Águas Boas é o grande jogo, jogo de candidatos, onde não há favoritos antecipados. À primeira vista, a equipa de Aguada de Cima parece estar melhor, mas, num jogo entre equipas muito semelhantes, tudo pode acontecer.
O Famalicão recebe o Troviscalense, é favorito, e quem sabe se não ficará sozinho na liderança, caso haja empate no duelo de Aguada de Cima.
O Calvão terá de ser igual a si próprio na recepção ao Paredes do Bairro. Couvelha e Carqueijo não devem ter problemas de maior na recepção a Benfica e Arinhos e Antes, respectivamente, embora no último caso se trate de um derby.
A boa onda do Mamarrosa confere-lhe algum favoritismo na recepção ao Aguinense, enquanto que o Bustos, que já não ganha há 7 jogos, joga na casa do moralizado VN Monsarros.
O CRAC, que contabiliza 9 derrotas consecutivas, joga com o Azenha, num jogo que poderá dar empate.
No Carregosa – Luso, a maior experiência dos homens das águas poderá ditar leis.

SÉRIE B.1-Com o Nariz de folga, o Sosense perdeu em casa frente ao Santiais e voltou a descer na classificação. Esta foi a terceira derrota consecutiva da equipa de Machado.
2-A equipa de Soza volta a ter um jogo complicado na deslocação ao terreno do líder Macinhatense, que ainda não conheceu o sabor da derrota. O Nariz joga na casa do Santiais e não deverá ter grandes hipóteses.